Como criar uma falsa pandemia

Receba nosso conteúdo no | Telegram
Como criar uma falsa pandemia

Não tenha dúvidas, que a oligarquia globalista de super poderosos, que praticamente criam o dinheiro, controlam o mundo,  tem poder para orquestra algo dessa magnitude. O mundo que vemos hoje é movido pelo poder do dólar, é aquele velho ditado, quem tem dinheiro manda, e quem tem juízo obedece.

De fato não é novidade, que a oligarquia globalista vem planejando seu golpe final na humanidade, em 2009 houve um encontro em secreto considerado informal, entre os homens mais bilionários do mundo, entre eles o eugenista Bill Gates, Warren Buffett, David Rockefeller, Eli Broad, George Soros, Ted Turner, Oprah, Michael Bloomberg e outros.  A reunião secreta ocorreu em 5 de maio de 2009 na Universidade Rockefeller, em Nova York, para discutir o futuro da humanidade, mas como eles costumam dizer, para discutir suas filantropias. Certamente todo esse dinheiro e poder em um quarto tinham que significar problemas para o resto de nós.

O jogo é simples:

  • Execute uma simulação coordenada da pandemia planejada para amarrar as pontas soltas (Seminário ). - Momentos selecionados do exercício de pandemia de mesa do Evento 201 antes da pandemia da COVID-19 começar, - Foi organizado pelo Centro Johns Hopkins para Segurança da Saúde, em parceria com o Fórum Econômico Mundial e a Fundação Bill e Melinda Gates, em 18 de outubro de 2019, em Nova York, NY. O exercício ilustrou os esforços necessários de preparação para uma futura pandemia para diminuir as consequências econômicas e sociais em larga escala de uma pandemia grave, que aparentemente é a COVID-19 agora. Partindo de eventos reais, o Evento 201 identifica importantes questões políticas e desafios de preparação que podem ser resolvidos com suficiente vontade e atenção política. Essas questões foram elaboradas em uma narrativa para envolver e educar os participantes e o público. Para mais informações visite: Evento 201
  • Projete a definição de COVID-19 para permanecer em aberto. Mantenha a precisão desconhecida. Embora a definição de SARS, um pânico anterior do coronavírus, tenha sido autolimitada, a definição de doença de COVID-19 é aberta, permitindo que a pandemia imaginária cresça.
  • Redesigne os sintomas de uma infecção bacteriana, gripe ou algo tão simples quanto uma reação alérgica (como coriza ) como sintomas de COVID-19. (projetar e diagnosticar como sintomas, todas as outras infecções como COVID-19) (Recomendado: Coronavírus: A humanidade está sofrendo um golpe eugenista de interesses oligárquicos)
  • Use uma campanha de mídia enganosa coordenada, projetada para aterrorizar os espectadores a acreditarem que há um vírus hiper-contagioso mortal que mata tudo à vista.(Projetar propaganda de medo em massa repetidamente, resume-se em lavagem cerebral, repetir várias e várias vezes um mentira, passar ser levada como verdade).
  • Use uma técnica de fabricação de DNA como teste e manipule os procedimentos operacionais do teste para obter resultados imprecisos e fraudulentos.
  • Alegar que esses resultados são prova de uma infecção viral.
  • Ofereça incentivos financeiros aos hospitais para redesignar o diagnóstico de pneumonia (no valor de apenas US $ 4.600) (o que vale o valor mencionado por muitos que os hospitais do Brasil recebem para diagnosticar pacientes como COVID-19, em reais um pouco mais de 14 mil reais) - como "pneumonia COVID-19" (no valor de US $ 13.000) e para colocar os pacientes em ventiladores mecânicos (US $ 39.000) com alta taxa de mortalidade. Combine a ventilação mecânica com o uso de sedativos mortais.
  • Manipule essas estatísticas por meio de técnicas enganosas de contagem de casos no nível mais alto, como o CDC. Promova essas estatísticas para causar mais medo.
  • Libere esse plano mortal para os fracos e vulneráveis, como aqueles em casas de repouso. (Recomendado: Anthony Fauci - ignorar hidroxicloroquina para manter o genocídio de pobres, doentes e velhos)
  • Manipular os atestados de óbito do falecido como tendo morrido de COVID-19, independentemente de qualquer condição pré-existente. Promova essas estatísticas para causar mais medo.
  • Use os resultados dessas maquinações para mudar a sociedade através da introdução de medidas de controle autoritário obrigatórias. (Recomendado: Combatendo a humanidade em nome de combate ao coronavírus)
  • Use os resultados negativos de algumas dessas medidas autoritárias de controle, como máscaras obrigatórias e suas consequências negativas à saúde associadas, como um diagnóstico provável do COVID-19 para manter o número crescente.
O resultado final disso?
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram

Talvez você goste