Vacinação Covid-19 em massa irá liberar um vírus incontrolável, alerta cientista ao mundo

- Coletividade Evolutiva

Vacinação Covid-19 em massa irá liberar o monstro incontrolável, alerta cientista ao mundo

Um especialista em virologia e microbiologia desenvolvedor de vacinas insta a OMS a interromper a vacinação em massa contra o coronavírus, alertando sobre o “escape imunológico viral” mortal. Esse é um dos principais virologistas do mundo, apesar de ser um forte defensor das vacinas, ele está soando o alerta ao mundo sobre como as injeções contra o coronavírus Covid-19 vão desencadear uma catástrofe global de proporções épicas. 

Esse especialista é reconhecido mundialmente no desenvolvimento de vacinas, Geert Vanden Bossche PhD em Virologia e Microbiologia e desenvolvedor de vacinas. Em outras palavras, você dificilmente encontrará alguém que seja mais qualificado e experiente como esse especialista em Desing de vacinas e desenvolvedor de vacinas que já atuou para grandes entidades do mundo. Ou seja, sabe os impactos de vacinas específicas no mundo.

Dr. Geert Vanden Bossche, PhD, DVM, que trabalhou para grandes indústrias de vacinas como a GlaxoSmithKline (GSK), Novartis, a Fundação Bill & Melinda Gates e a Aliança Global para Vacinas e Imunização (GAVI), diz que a vacinação global contra a Covid-19 irá desencadear um fenômeno conhecido como "escape imune viral" que irá transformar "um vírus bastante inofensivo em um monstro incontrolável."

Ele acredita que:

  • Ele acredita que os bloqueios e o uso de máscaras fortaleceu o vírus.
  • Implantações de vacinação em massa em andamento são "altamente prováveis ​​de aumentar ainda mais o escape imunológico 'adaptativo', pois nenhuma das vacinas atuais impedirá a replicação / transmissão de variantes virais"
  • Assim, “quanto mais usarmos essas vacinas para imunizar pessoas no meio de uma pandemia, mais infeccioso (mutante) se tornará o vírus”.
  • E “Com o aumento da infecciosidade, aumenta a probabilidade de resistência viral às vacinas”.
De fato, no Brasil e no mundo, os idosos foram vacinados, e "misteriosamente" os casos aumentaram e continuam aumentando com uma infecção mais brusca na população. Como revelamos, as vacinas são as novas variantes experimentais carregadas com uma cepa viral real que não os matam necessariamente na hora exata, mas que podem tornar essas pessoas vacinadas os condutores infecciosos do vírus.

Dr. Bossche escreveu uma carta aberta à Organização Mundial da Saúde (OMS) instando o organismo das Nações Unidas (ONU) a suspender imediatamente todas as campanhas de vacinação contra o vírus chinês em todo o mundo. Se isso não acontecer, as variantes virais “muito mais infecciosas” que já estamos vendo surgir, apenas se intensificarão, resultando em um evento de vítimas em massa.

O escape imunológico significa que um vírus mutante superou a imunidade inata do corpo, e essas variantes são um exemplo disso. À medida que mais pessoas são infectadas com a gripe de Wuhan, essas variantes continuarão a surgir e se tornarão cada vez mais infecciosas. O especialista e PHD, em desenvolvimento de vacinas e virologista alerta o mundo em entrevista para os riscos da vacinação global contra o coronavírus que pode provocar novas e perigosas variantes, como as atuais, além de debilitar o sistema imunológico da população.

Variantes anteriores de escape imunológico já surgiram por causa de intervenções não farmacológicas impostas pelo governo, como bloqueios e coberturas faciais, adverte Bossche. Isso só vai ampliar agora que a vacinação em massa contra o vírus Chinês estar a todo vapor.

“Como virologista dedicado e especialista em vacinas, só faço uma exceção quando as autoridades de saúde permitem que as vacinas sejam administradas de maneiras que ameacem a saúde pública, muito certamente quando as evidências científicas estão sendo ignoradas”, diz a carta de Bossche sobre por que ele decidiu se pronunciar contra esta campanha de vacinação.

“A atual situação extremamente crítica obriga-me a divulgar esta chamada de emergência. Como a extensão sem precedentes da intervenção humana na pandemia Covid-19 está agora em risco de resultar em uma catástrofe global sem igual, este apelo não pode ser ignorado ”

As Pessoas vacinadas irão se tornar os super modificadores de mutação do vírus


De acordo com o especialista em vacinas, o Dr. Bossche, a vacinação em massa para o vírus chinês é “altamente provável de aumentar ainda mais o escape imunológico 'adaptativo', pois nenhuma das vacinas atuais impedirá a replicação / transmissão de variantes virais”. Isso faz sentido, considerando que nenhuma das vacinas previne a infecção ou a transmissão do vírus, e apenas supostamente diminuem os sintomas associados à doença.

Além disso, o especialista Bossche diz que vacinar as pessoas contra a Covid-19 bem no meio de uma “pandemia” só fará com que o vírus se torne mais infeccioso. E com isso, a resistência viral às vacinas só vai continuar a aumentar.

Esses são os princípios básicos da vacinologia que o Dr. Bossche diz serem ensinados durante o primeiro ano de educação do aluno. As vacinas profiláticas nunca devem ser usadas em populações que já foram expostas à alta pressão infecciosa, que é o caso global atual nesta fase do jogo.

A única coisa que um vírus altamente mutável precisa para "escapar totalmente" é algum catalisador "para adicionar mais algumas mutações em seu domínio de ligação ao receptor". Com base nas condições atuais com a vacinação em massa, é apenas uma questão de tempo antes que isso se torne perceptível em larga escala.

O Dr. Bossche diz que está "muito preocupado" com o que essa fuga viral fará. A humanidade sofrerá graves danos à imunidade inata (natural) graças a essas vacinas mortais, e esses danos se estenderão além de apenas aqueles que forem vacinados. Os vacinados espalharão vírus mutantes para os não vacinados, criando uma crise de saúde pública global muito pior do que qualquer coisa que teria acontecido naturalmente com o vírus.

Existe até o potencial de que a imunidade inata seja perdida completamente - a imunidade inata se refere à capacidade natural do corpo de afastar os patógenos por meio de uma imunidade rica e inespecífica para variantes.

“Evidências científicas suficientes foram apresentadas. Infelizmente, ele permanece intocado por aqueles que têm o poder de agir. Por quanto tempo se pode ignorar o problema quando há atualmente evidências massivas de que o escape imune viral está agora ameaçando a humanidade? Dificilmente podemos dizer que não sabíamos - ou não fomos avisados ​​”, diz Bossche.

“Para aqueles que podem ter alguma dificuldade em entender como a vacinação em massa conduz o escape imunológico viral, será suficiente observar as taxas de infectividade e morbidade nesses países [que] já conseguiram vacinar milhões de pessoas em apenas algumas semanas (por exemplo, Reino Unido , Israel, EUA). 

Considerando que esses países estão agora desfrutando de taxas de infecciosidade em declínio, eles sem dúvida começarão a sofrer uma forte inclinação nos casos de Covid-19 nas próximas semanas. O declínio acentuado que estamos vendo agora pode ser seguido por um platô de curta duração, mas uma subida íngreme de casos de doenças (graves) é inevitável.

Pessoas que são "totalmente vacinadas" são criadoras de "super cepas" de patógenos infecciosas ainda mais mortais


O Dr. Bossche prossegue documentando como sinais importantes já estão aparecendo e que apontam para um resultado catastrófico se as vacinações em massa continuarem. Na página 12 de sua apresentação em PDF, ele cita essas "estranhas observações" sobre a atual pandemia covid-19:

  • Curso atípico / ondas de pandemia
  • Surgimento de várias cepas muito mais infecciosas
  • Eliminação viral (de variantes mais infecciosas) em indivíduos totalmente vacinados

Como ele explica, isso significa que a vacina está acelerando a resposta adaptativa do vírus que forma novas cepas que são muito mais infecciosas e potencialmente mortais ... e que essas "super cepas" estão emergindo de "indivíduos totalmente vacinados".

Ele resume este ponto com a declaração:

As medidas de contenção em massa e a vacinação em massa em NACs(
“portador não assintomático”) aceleram o escape imune INATA (natural), enquanto a vacinação em massa de não NACs acelera o escape imune INATA e ADAPTATIVO.

Lembre-se: “NAC” significa “portador não assintomático” ou uma pessoa que apresenta sintomas e é portadora do patógeno.

O fenômeno de “escape imune adaptativo” significa que as vacinas estão fornecendo pressões de adaptação natural ao vírus que resultam na criação de vírus mutante e depois na eliminação por aqueles que já foram vacinados. No entanto, essas pessoas não são imunes às novas super-linhagens, então até mesmo os vacinados são infectados com a nova super-linhagem. 

E como seus sistemas imunológicos nunca tiveram a oportunidade de derrotar ativamente a primeira cepa, eles têm muito pouca esperança de lutar contra a nova super cepa, e muitas dessas pessoas morrerão. (Essa é a minha conclusão, não a do Dr. Bossche, mas seu trabalho implica esta conclusão.)
Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade
Tags:[Coletividade Evolutiva] Bill gates | Coronavírus | Covid-19 | Governo | medicina | Pandemias | Saúde e medicina | Sociedade | Vacinação
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Por favor, considere apoiar o nosso site.

Você pode nos ajudar e ajudar você mesmo, comprando o E-book (Cultivando Horta Orgânica)- Nessa "pandemia" um colapso está chegando, principalmente de alimentos, - Cultive seus próprios alimentos em casa enquanto há tempo, mesmo sendo iniciante produza alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos e fique preparado para o colapso...COMPRAR AGORA!

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram