AVISO - Estamos vivendo tempos de extrema censura on-line, por isso entre para o nosso > CANAL DO TELEGRAM

ACORDEM: está declarado guerra total contra a humanidade, seu objetivo é redução populacional

ACORDEM: está declarado guerra total contra a humanidade,  seu objetivo é redução populacional

Os gigantes da tecnologia, indústria farmacêutica e a Grande Mídia agora estão ativamente conspirando para censurar todos os médicos, sites, vídeos e conteúdo on-line que explica sobre medicamentos ou terapias, - como, por exemplo, a hidroxicloroquina pode salvar vidas e acabar com a pandemia de coronavírus em poucas semanas. De fato, se você postar alguma informação sobre o nome cura Covid-19, é rapidamente censurado, não se pode mais promover qualquer medicamento barato, seja comprovado ou não para Covid-19, se não for mencionar uma vacina de Bill Gates.

Se a humanidade quiser sobreviver, esses gigantes corporativos malignos precisam ser desmantelados. Chegamos agora ao ponto em que o próprio futuro da civilização humana corre o risco de ser destruído por esses monstros corporativos malignos que estão conspirando para destruir nossas economias, nossas liberdades e nossas vidas.

Nos últimos dias, os gigantes da tecnologia e da Grande Mídia farsista, conspiraram para censurar todos os vídeos do grupo de “Médicos da Linha da Frente da América”, nos EUA, que revelaram como a hidroxicloroquina está salvando milhares de vidas em salas de emergências por toda a América (e pode até ser usada como medicamento preventivo).

No Brasil, o  presidente Bolsonaro, considerado do grupo de risco, combateu o vírus tomando apenas Hidroxicloroquina, e azitromicina, e estar bem atualmente, já teria se curado muito mais rápido se tomasse com Zinco, e mesmo em tratamento, nem se quer precisou ser entubado, já parou para pensar o porquê? Não seja enganado pela narrativa farsante de dizer que não é cientifico, ou pelo rótulo de notícias falsas. 


Se as organizações mundiais que aparentemente estão mandando até mesmo no governo, quisesse realmente combater o vírus, não seria o certo continuar os protocolos de tratamento com Hidroxicloroquina? Assim que removeram a hidroxicloroquina, e outros medicamentos baratos, as mortes dispararam e tem aumentado exponencialmente. De fato está provado que a Hidroxicloroquina mais azitromicina, mais zinco cura e previne a Covid-19.

Como tenho alertado as organizações e as autoridades estão combatendo bilhões de pessoas mundo afora sobre o pretexto de combater o coronavírus Covid-19, que, na prática, mais parece ser considerado as pessoas como o vírus. Ficar em casa, usar máscara, lavar as mãos, manter distanciamento social, fechar comércios, empresas, indústrias, futuras vacinas obrigatórias etc, etc, essas são apenas algumas das muitas regras que as autoridades tem tomado sobre a população, e que tem levado a crises sem precedentes. 


Conferência dos médicos da linha de frente da América


A conferência dos médicos da linha de frente da América, com mais de 17 milhões de visualizações em suas 8 primeiras horas após ser hospedado no Facebook, foi excluída em todos os lugares nas plataformas dos gigantes da tecnologia, em um esforço desesperado para garantir que as pessoas fiquem no escuro, para continuar sofrendo e morrendo enquanto aguardam uma vacina que possa ser uma outra arma finalizante biológica de escravidão fisiológica.

No entanto, os gigantes da tecnologia e os editores da grande mídia decidiram que ninguém têm permissão para assistir a este vídeo de médicos que oferecem informações comprovadas que podem salvar vidas e que podem acabar com essa pandemia. Em vez disso, Google, YouTube, Twitter, Facebook e até Vimeo preferem ver as milhares de pessoas sofrerem e morrerem, para que uma narrativa de vacina possa ser agressivamente estimulada, o que enriquece a Indústria farmacêutica, ao mesmo tempo, em que implementa regras draconianas contra a humanidade.

Em outras palavras, a Grande Mídia/Tvs, organizações reguladoras, organizações que se dizem de "saúde", e os gigantes da tecnologia, agora são um coluio e cúmplices no assassinato em massa de milhares de pessoas, a fim de proteger os interesses lucrativos da indústria farmacêutica, e dos seus investidores. São também cúmplices, na agenda de redução populacional intencional, e destruição da liberdade de expressão, da liberdade em geral, da crise econômica sem precedentes, e da destruição da democracia, e de todos os aspectos da vida dessa geração e futura geração. Recomendado: Dra. alerta que a vacina Covid-19 alterará seu DNA, e empresas patenteará seres humanos

É aqui que estamos agora no Brasil e no mundo: uma conspiração criminosa de corporações poderosas que está guiando a maiorias das nações ao buraco sem volta. Eles estão fazendo isso de propósito. Eles sabem que as pessoas vão morrer por causa de suas ações e não se importam.


Apenas para confirmar, em um comentário no Twitter, diz; o YouTube fica feliz em continuar hospedando vídeos que promovem um estudo "científico" que há muito tempo foi retirado e exposto como uma fraude completa, mas o YouTube não permitirá que médicos legítimos com experiência em primeira mão falem sobre o que eles têm feito trabalhando para salvar vidas no pronto-socorro.


As sociedades têm que acordarem antes que seja tarde demais



As sociedades têm que acordarem antes que seja tarde demais, e entender que todos os funcionários que trabalham para os gigantes da tecnologia, para os gigantes da indústria farmacêutica e para a Grande Media farsista, são, de fato, são inimigos da humanidade, terroristas e atores maliciosos de má-fé que estão envolvidos em uma conspiração criminosa para assassinar em massa milhões de seres humanos. Recomendado: Combatendo a humanidade em nome de combate ao coronavírus

Toda pessoa que trabalha para o Google é cúmplice em assassinato em massa. Todo "jornalista" de notícias falsas que faz propaganda de vacina, e ajuda a suprimir medicamentos que funcionam, é um criminoso traidor que trabalha contra os interesses da humanidade. Toda pessoa que trabalha para a grande indústria farmacêutica, que promove o eugenista Bill Gates para empurrar vacinas inseguras, passaporte de imunidade, rastreamento biométrico, para bilhões de pessoas está, na realidade, trabalhando para destruir vidas humanas e causar sofrimento e morte em massa, mesmo que tenha que ver milhões de pessoas mortas no processo de ajuntar suas ações obscenas. Lucros.

É hora de dizermos diretamente: há uma guerra sendo travada contra a humanidade e essa guerra está sendo financiada por pelo menos 269 empresas como Google, Netflix, Nike, Apple e Amazon, fundação Bill e Melina Gates. O objetivo é alcançar o massacre de bilhões de seres humanos, a redução populacional, seja através de abortos, vacinas mortais, fome projetada ou a provocação deliberada do caos social e da guerra civil eminente.

Isso torna essas empresas inimigas da humanidade e um perigo claro e presente para o futuro da civilização humana em nosso planeta. Eles não planejam terminar os bloqueios - nunca! - porque estão lançando um esquema global de redução populacional para assassinar em massa 90% dos seres humanos que vivem hoje.

A humanidade deve se erguer e derrotar esses demônios corporativos, ou seremos destruídos por eles.

Como alcançamos a derrota e o desmantelamento dessas empresas más que agora representam uma ameaça existencial para a humanidade? Para começar, precisamos exigir que nossos líderes políticos os derrubem por violar leis antitruste e legislação de direitos civis.

Estamos preocupados com a extrema censura dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos, que todos que desejam continuar a receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar.
Siga-nos nas redes para atualizaçõe apesar da censura | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram