Como reduzir a toxicidade de metais pesados ​​para uma saúde ideal

Como reduzir a toxicidade de metais pesados ​​para uma saúde ideal

Quando se trata de toxinas, a maioria das pessoas reconheceria os perigos associados a pesticidas, gases de escape e água contaminada. Mas, até hoje, a população em geral não está ciente dos metais tóxicos em nosso suprimento de alimentos e em muitas vacinas.

Quando falamos de metais pesados em alimentos processados ou vacinas, como, por exemplo, o alumínio e mercúrio, chamado hoje de timerosal nas vacinas, as agências reguladoras e organizações de saúde, dizem que são "níveis seguros", no entanto, qualquer que seja a quantidade do veneno, é mortal para saúde a longo prazo. O acumulo dessas neurotoxinas vem desde o nascimento, pois, a partir dai, existe um protocolo de vacinação que vai até o fim da vida de um ser humano, pois leva o tal, não ter imunidade real, mas virtual, criada por uma vacina, e isso, gera acumulo de toxinas no corpo, portanto, doenças surgem, e mortes prematuras acontecem.

Na realidade, uma das maiores ameaças à nossa saúde é a superabundância de metais tóxicos encontrados em nossos alimentos, como chumbo, arsênico e cádmio - que podem danificar o sistema nervoso central e muitos sistemas orgânicos da saúde.

Embora os metais pesados ​​estejam em toda parte, há muitas coisas que podemos fazer para nos proteger dos danos. Naturalmente, para evitar a toxicidade de metais pesados ​​e melhorar sua saúde, é recomendável começar uma dieta composta principalmente por alimentos não processados.

Simplificando, alimentos processados ​​produzidos comercialmente colocam você em maior risco à saúde - especialmente quando você considera a falta de nutrientes encontrados em alimentos altamente processados. Obviamente, outra estratégia inteligente é consumir ervas e suplementos nutricionais de alta qualidade por suas propriedades protetoras da saúde.

Melhores maneiras de se proteger da toxicidade de metais pesados


Verifique cuidadosamente sua dieta para garantir que ela tenha todos os nutrientes essenciais que você precisa. Uma dieta adequada não apenas impede que você desenvolva deficiências, mas também reduz o risco de ser afetado por metais pesados.

Além disso, devemos considerar a purificação da água potável e do espaço aéreo imediato (interno) , evitar o uso de produtos tóxicos para cuidados pessoais e, acima de tudo, fazer perguntas antes de comprar qualquer produto ou item alimentar.

Não tenha vergonha de ligar para o fabricante de suas comidas favoritas e perguntar" você já testou sua comida para metais pesados?" Isso pode parecer um aborrecimento, mas, se você estiver lidando com uma sensibilidade química ou um sério problema de saúde - o esforço vale a pena a recompensa.

Apenas esteja avisado, a maioria das empresas não está testando - o que deve motivá-lo a comprar alimentos locais (cultivados organicamente), tanto quanto possível, ou comprar sua comida de uma fonte respeitável que satisfaça suas preocupações.

Seu corpo absorve metais pesados ​​através dos mesmos mecanismos de transporte que utiliza para certos nutrientes, como o cálcio. Por exemplo, quando você é deficiente em ferro ou zinco, seu corpo é mais capaz de absorver metais pesados, como o cádmio!

Uma dieta equilibrada deve incluir muitas frutas e vegetais orgânicos, pequenas quantidades de laticínios ou carne criados a pasto (100% alimentados com capim) (se você preferir), nozes e sementes germinadas, ervas e cogumelos medicinais, para citar alguns Itens. Naturalmente, para reduzir a absorção de contaminantes indesejados - uma dieta rica em fibras, vegetais verdes folhosos escuros como couve, além do consumo regular de super alimentos como a espirulina havaiana são uma escolha sábia.

Outra coisa, muitas vezes esquecida, são as suas panelas: que podem estar liberando metais tóxicos em suas refeições. Para obter melhores resultados, convém investir em um conjunto de panelas de cerâmica. Frequentemente dito, mas vale a pena repetir, a maior exposição de uma criança a metais ocorre na forma de vacinas e recheios de prata à base de mercúrio. Para evitar a exposição, procure um profissional de saúde em que possa confiar.

E por último, mas não menos importante, exercite-se (ou use uma sauna de infravermelho distante) regularmente - porque a transpiração é uma das melhores maneiras de se livrar de detritos tóxicos.

Suplementos nutricionais projetados para proteger nossa saúde


Infelizmente, sua dieta pode não ser suficiente para promover a saúde ideal e talvez você não consiga evitar toda a exposição a metais pesados. No entanto, uma variedade de suplementos nutricionais pode ajudar.

  • Os suplementos de óleo de peixe podem fornecer os ácidos graxos essenciais que você precisa, mas não se esqueça de perguntar ao seu médico sobre os testes de metais pesados. Uma empresa respeitável deve ser capaz de fornecer resultados.
  • A suplementação de selênio pode ajudar a diminuir os efeitos de metais pesados ​​tóxicos, como cádmio, tálio e mercúrio.
  • O silício dissolvido em água mineral pode ajudar seu corpo a excretar metais como cádmio, mercúrio e chumbo.
  • A vitamina C e E são poderosos antioxidantes que protegem contra danos oxidativos de metais pesados, como mercúrio, cádmio e chumbo.
  • Os probióticos são bactérias promotoras da saúde que podem aprisionar e metabolizar metais pesados, como cádmio e chumbo, para impedir que eles tenham um efeito tão grande na sua saúde. As melhores fontes alimentares incluem chucrute cru, kombucha e outros produtos fermentados como tempeh e missô.

Todos os anos, vemos toxinas ambientais se tornando uma preocupação maior para a saúde - especialmente porque conhecemos essas substâncias que se bioacumulam e causam sérios problemas de saúde, como náuseas e vômitos, anemia, câncer, doenças cardíacas e muitos distúrbios cerebrais como demência.

Originalmente em: Naturalhealth365.com/
Estamos preocupados com a censura e exclusão da nossa página no Facebook. Por isso, incentivamos todos que desejam continuar a receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar.
Siga-nos nas redes para atualizações - (Instagram) (Facebook) (Twitter)




Amazon prime