Audiência do Subcomitê sobre a Pandemia Expõe falta de segurança de vacinas COVID

A deputada Marjorie Taylor Greene explodiu na audiência sobre vacina COVID-19 e disse: 'Não sou médica, mas reconheço uma mentira quando ouço'

Coletividade EvolutivaCoronavírusAudiência do Subcomitê sobre a Pandemia Expõe falta de segurança de vacinas COVID

EUA: Audiência do Subcomitê sobre a Pandemia Expõe falta de segurança de vacinas COVID

Na última quinta-feira, o Subcomitê Seleto sobre a Pandemia de Coronavírus  dos Estados Unidos realizou a primeira parte de uma série de audiências intitulada "Avaliando os Sistemas de Segurança de Vacinas da América, Parte Um".  A deputada Marjorie Taylor Greene explodiu na audiência sobre vacina COVID-19 e disse: 'Não sou médica, mas reconheço uma mentira quando ouço'.

Presidida pelo deputado Brad Wenstrup (R-Ohio), a audiência teve como objetivo analisar a eficácia dos relatórios de segurança da vacina, resposta a lesões e mecanismos de compensação após a controversa distribuição das vacinas COVID-19.

Um ponto crucial discutido foi a crítica ao sistema de vigilância do governo federal, responsável por monitorar lesões causadas por vacinação. Especialistas alegam que esse sistema falhou em informar adequadamente o público sobre relatórios de lesões vacinais, contribuindo para a erosão da confiança na segurança das vacinas.

O presidente Wenstrup destacou a coerção do governo para cumprir "mandatos de vacinas não científicos" sem um sistema robusto para proteger e compensar aqueles que sofreram danos devido à vacinação. A audiência foi vista como um passo importante para aumentar a transparência e garantir a compensação adequada para vítimas de lesões vacinais no futuro.

Em 2022, o Gateway Pundit relatou que, embora os Estados Unidos tenham um programa de compensação por danos causados por vacinas, muitos americanos que apresentaram reclamações após serem prejudicados pelas vacinas COVID experimentais não receberam compensação. O programa enfrentou críticas por aparentes ineficiências em lidar com a onda de alegações relacionadas à nova vacina.

Durante a audiência, a deputada Marjorie Taylor Greene (R-GA) prestou um depoimento inflamado, questionando a rápida autorização das vacinas contra a COVID-19 e destacando o alto volume de relatórios de eventos adversos submetidos ao Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS).

"Não sou médico, mas tenho um Ph.D. em reconhecer mentira quando ouço", disse Greene.

Ela citou números alarmantes de relatos de lesões e mortes por vacinas, destacando a disparidade entre esses números e a compensação limitada fornecida pelo Programa de Compensação de Danos por Contramedidas (CICP).

Os dados do CICP para os Exercícios de 2010 a 2024, atualizados em 1º de janeiro de 2024, mostram um total de 13.406 reclamações registradas, das quais 12.854 estão relacionadas a lesões por COVID-19.

"Das 12.854 reivindicações de contramedidas COVID-19, 9.682 alegam ferimentos/mortes por vacinas COVID-19 e 3.172 alegam ferimentos/mortes por outras contramedidas COVID-19. Essas 3.172 reivindicações incluem aquelas em que não está claro após a apresentação inicial da reivindicação se a lesão/morte é alegada de uma vacina ou de uma contramedida COVID-19 não vacinal", escreveu a Health Resources and Services Administration (HRSA) em seu site.

Tudo isso aconteceu após a liberação da vacina contra a COVID-19. Até o momento, apenas 11 deles receberam indenização. Este número representa um aumento de três desde 1 de novembro de 2023 e um aumento de oito desde 1 de outubro de 2022.

O deputado Greene reconheceu a presença de Brianne Dressen, uma participante de um ensaio clínico de vacinas que sofreu ferimentos e enfrentou despesas médicas significativas. O caso de Dressen foi apresentado como um exemplo dos desafios enfrentados por aqueles que buscam ajuda no sistema de compensação de lesões.

Em sua crítica, Greene também apontou a autorização estendida das vacinas para crianças, incluindo bebês de até seis meses, como uma decisão vergonhosa. Ela enfatizou a necessidade de ser honesto sobre a vacina e interromper a administração em crianças.

A audiência destacou preocupações significativas sobre a segurança das vacinas, instigando um debate contínuo sobre a eficácia dos sistemas de monitoramento e compensação nos Estados Unidos. - Artigo de referência: 
 Gateway Pundit
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Siga-nos: | | e | Nos Apoie: Doar

OBTENHA aqui o Extrato de Própolis Verde com essa combinação: Vitamina B, E, C, D3, A, Selênio e Zinco. Aumente suas defesas naturais! Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui. Fortalece o sistema imunológico, Poderosa ação antioxidante (antienvelhecimento), Atua contra o processo de inflamação do organismo - anti-inflamatório, Combate problemas de saúde ocasionados nas vias respiratórias e Tem poderosa ação antifúngica, antibiótica, acelerando a cicatrização
Fechar Menu
Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco, Imunidade e Proteção, Fortalvit, 60 Cápsulas

VER

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR