VÍDEO: A "Pão e Água"... Vocês estão matando, quem querem trabalhar...

Sociedade: VÍDEO: A "Pão e Água"... Vocês estão matando, quem querem trabalhar...... A manifestação espontânea do movimento A Pão e Água que ocorreu em 25 de novembro, tinha como objetivo conseguir chegar à Assembleia da República

Fabio Allves
Compartilhe:

Empresários da restauração da noite e funcionários de bares, discotecas, e organização de eventos de Braga e Guimarães, promovem protesto em Lisboa, Portugal. A manifestação espontânea do movimento A Pão e Água que ocorreu em 25 de novembro, tinha como objetivo conseguir chegar à Assembleia da República e transmitir ao Governo que eles são parceiros e importantes para a economia do país. O protesto, convocado pelo movimento "A Pão e Água", pretendia exigir mais apoios do Governo face à quebra de atividades causada justamente pelos bloqueios das autoridades em prol de tentar conter a suposta pandemia Covid-19.

“A intenção de nos associarmos à manifestação espontânea do movimento Pão e Água é conseguir chegar à Assembleia da República e transmitir ao Governo que somos parceiros e que queremos voltar a ser importantes para o país, declarou hoje Daniel Serra, presidente da associação nacional de restaurantes PRO.VAR.

O chefe de cozinha, Ljubomir Stanisic, tem sido um dos rostos mais conhecidos do movimento de empresários, que exigem a adoção imediata de um conjunto de medidas já apresentadas, nomeadamente a atribuição de apoios a fundo perdido, aos restaurantes, bares, discotecas, organizadores de eventos, músicos, atores, produtores, entre outros, pela redução de horário, bem como, a todos os seus fornecedores diretos e indiretos, de forma a atenuar as enormes dificuldades e assegurar, tanto a sobrevivência dos vários setores, como dos milhares de postos de trabalho que lhes estão associados.

Compartilhe:

EXPLORE MAIS SOBRE:

Coronavírus | Covid-19 | Governo | Notícias alternativas | Sociedade
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.