Mais de 600.000 pessoas assinam petição contra Bill Gates, por crimes contra a humanidade

Compartilhar - estamos no |Telegram
Mais de 600.000 pessoas assinam petição contra Bill Gates, por crimes contra a humanidade

Mais de seiscentas mil pessoas assinaram uma petição pedindo que o co-fundador da Microsoft Bill Gates seja investigado por "crimes contra a humanidade". Não é novidade que o Bill Gates está empenhado em vacinar a população global contra coronavírus Covid-19, além de implementar um sistema de rastreamento contendo dados, e um chamado passaporte da imunidade, que permitirá as pessoas voltarem as suas integrações sociais, tais como escolas, viagens, compras e comércios entre outros.

De fato, como à própria petição relata,  Bill Gates, participou do  "Evento 201", evento este, que antes da pandemia, realizaram uma "simulação de uma pandemia", como a que estamos  vivendo agora com a Covid-19, e  o outro, são os "Jogos Mundiais Militares", realizados em ninguém menos que na cidade da China, Wuhan onde a pandemia se originou supostamente de um animal. Desde então, foi iniciado um esforço mundial por vacinas e rastreamento biométrico.

Na linha de frente, está Bill Gates, que declarou publicamente seu interesse em "reduzir o crescimento da população" em 10 a 15%, por meio da vacinação. Gates, UNICEF e Organização Mundial de Saúde (OMS) atualmente sendo financiado por Gates, já foram credivelmente acusados ​​de esterilizar intencionalmente crianças quenianas através do uso de um antígeno HCG oculto em vacinas contra o tétano.

A petição contra Bill Gate e sua declaração de redução populacional por meio de vacinas


A petição está hospedada no site We the People da Casa Branca, EUA, que é uma plataforma de relações públicas que permite que os cidadãos americanos se expressem. O site permite que as pessoas criem uma petição pedindo à Casa Branca residencia oficial do presidente dos Estados Unidos, que tome medidas sobre um assunto específico. De acordo com a Casa Branca, qualquer petição que receber 100.000 assinaturas em 30 dias será vista pelos especialistas em políticas apropriadas e receberá uma resposta oficial da Casa Branca em 60 dias.

A petição excedeu em muito o requisito mínimo, atualmente com 611.393 assinaturas. A descrição da petição diz que muitas perguntas permanecem sem resposta sobre o Gates e o impulso global por vacinas e rastreamento biométrico.

A petição continua afirmando que o Congresso e outros órgãos governamentais estão “abandonados em funções até que uma investigação completa e pública seja concluída”.
Gates e outros oligarcas como ele,  estão extremamente preocupados em reduzir a populacional global.

A petição se refere a uma declaração feita por Gates durante uma conversa do TED em 2010. Ele disse: “O mundo hoje tem 6,8 bilhões de pessoas ... isso representa cerca de 9 bilhões. Agora, se fizermos um ótimo trabalho em novas vacinas, serviços de saúde e serviços de saúde reprodutiva, poderíamos diminuir isso em talvez 10 ou 15%. ” referindo-se, a um tipo de vacina anti-reprodutiva da população humana, ou uma vacina conhecida, obtendo o antígeno anti-reprodutor.

Esse comentário veio depois que ele deu à Organização Mundial de Saúde US $ 10 bilhões. A Associação de Médicos Católicos do Quênia acusou a OMS, alguns anos depois, de esterilizar quimicamente milhões de mulheres quenianas através de sua campanha de vacina contra o tétano. Verificou-se que a vacina que as mulheres receberam continha uma fórmula de esterilidade.

Uma pessoa que há muito critica Gates por seu comportamento é Robert F. Kennedy Jr., sobrinho do ex-presidente John F. Kennedy e fundador da Children's Health Defense .

Ele escreveu em sua conta no Instagram: "A obsessão de Gates por vacinas parece alimentada por uma convicção messiânica de que ele está ordenado a salvar o mundo com tecnologia e uma vontade divina de fazer experimentos com a vida de seres humanos inferiores".

Enquanto falava em uma recente cúpula de filantropia da Forbes, Melinda Gates disse que acha que os negros deveriam receber a vacina COVID-19 primeiro, o mais incrível, é que toda a grande mídia veio tentar, interver essa fala, dizendo que não foi isso que ela queria dizer, realmente a mídia está seguindo a agenda dos genocidas, uma declaração controversa à luz do fato de que qualquer vacina será apressada e praticamente não testada, colocando assim aqueles que receba-o em grande risco. A fundação do casal, a Fundação Bill & Melinda Gates, tem financiado pesquisas sobre uma vacina contra o coronavírus.

Os Gates foram conectados a muitas vacinas diferentes e a outros experimentos médicos anti-éticos que prejudicaram a saúde de mulheres e crianças africanas. Por exemplo, sua fundação financiou o estudo de fase 3 de uma vacina experimental contra a malária em 2010, que deixou 1.000 bebês africanos com efeitos colaterais graves, como convulsões e paralisia; 151 dos bebês morreram.

Eles doaram US $ 71 milhões 
entre 2009 e 2013 para a Planned Parenthood, (Paternidade Planejada, uma organização de aborto, responsável pela metade dos abortos nos EUA) - , outro movimento que pode ser visto como parte de seu interesse no despovoamento. As clínicas de aborto da Paternidade Planejada tendem a situar-se em bairros que são majoritariamente afro-americanos, e a taxa de aborto para mulheres negras na América é quatro vezes maior do que em mulheres brancas.

Não há dúvida de que Bill Gates está frequentemente ligado a controvérsias envolvendo vacinas e pessoas negras, e será interessante ver que tipo de resposta essa petição popular recebe da Casa Branca, vamos ficar atentos, e vamos ver se pelo menos a grande mídia fala alguma coisa sobre, provavelmente tentará encobrir tudo isso, já que estão em favor dos bilionários e da redução populacional em massa. Recomendado: Teoria da conspiração que se revelou real: A redução populacional começou.

As fontes deste artigo incluem:
Naturalnews.com
NeonNettle.com
Petitions.WhiteHouse.gov
LifeSiteNews.com

Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se inscrever acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Siga nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Compartilhar

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram