Furação Florence nos Estados Unidos pode atingir 12 usinas no clear - Veja o qual é o causador do furação Florence!


Furação Florence nos EUA pode atingir 12 usinas no cleares - Veja o qual é o causador do furação Florence!Já imaginou em sua vida, o que aconteceria se uma usina nuclear explodir? Como foi o caso da usina nuclear de Fukushima Daiichi, que ocorreu na Central de Fukushima em 11 de março de 2011, causado pelo derretimento de três dos seis reatores nucleares da usina. A falha ocorreu quando a usina foi atingida  por um tsunami provocado por um maremoto de magnitude 8.7. 

A usina começou a liberar quantidades significativas de material radioativo em 12 de março, tornando-se o maior desastre nuclear desde o acidente nuclear de Chernobil, em abril de 1986, e o segundo (depois de Chernobil) a chegar ao nível 7 na Escala Internacional de Acidentes Nucleares, inicialmente liberando cerca de 10-30% da radiação do incidente anterior. Em agosto de 2013, uma enorme quantidade de água radioativa foi um dos maiores problemas mais urgentes que afetaram o local, que dura décadas. Houve contínuos vazamentos de água contaminada na usina e alguns no mar. 

Esse é o tipo de pior cenário possível, e os eventos de Fukushima provaram ao mundo que isso pode acontecer mesmo quando estamos todos certos de que isso não acontecerá. 

Segundo relatos e sobreviventes, muitas pessoas morreram na hora com a radiação de forma horrenda, outros logo mais tarde começaram a ter vários problemas de saúde como câncer diversos, e morreram, como sobreviventes nesse documentário relata: A MÍDIA NÃO PODE MAIS ESCONDER A VERDADE SOBRE FUKUSHIMA; O MUNDO INTEIRO ESTÁ EM PERIGO 

Temos que nos preparar pelo o pior a qualquer momento

Enquanto a chance do pior cenário se desenrola, as chances são pequenas . E se você não estiver preparado para todos os possíveis resultados, poderá se machucar gravemente com desenvolvimentos inesperados. Na verdade, como vimos com Fukushima, você pode até ser morto por esses eventos. Além da ameaça nuclear, há também a ameaça de inundações, falhas de infra-estrutura, saques, falta de suprimentos e muito mais. 

Mesmo que você não esteja no caminho direto do furacão, muitos desses efeitos podem se espalhar pela paisagem e causar impacto em outras formas. A radiação, por exemplo, pode se espalhar por centenas de quilômetros. A escassez de combustível pode ter impactos em todo o país Americano. Falhas na água podem afetar milhões de residentes em grandes áreas metropolitanas. Segundo autoridades dos Estados Unidos já ordenaram a evacuação de mais de 1,7 milhão de pessoas das Carolinas do Sul e do Norte e da Virgínia por causa da iminente chegada do furacão Florence

O furacão Florence aproxima de mais de 12 usinas nucleares 

O furacão Florence, atualmente um furacão de categoria 4, está se aproximando de mais de 12 instalações de usinas nucleares ao longo da costa leste dos EUA . O impacto pode ser direto devido serem de baixa altitude, e construídas do mesmo projeto fracassado que levou Fukushima ao fracasso total. 

Furação Florence nos Estados Unidos pode atingir 12 usinas no clear
De acordo com projeções atuais de NOAA o furação vai atingir terra firme nesta sexta feira. A localização exata  ainda não é conhecida, é claro, mas um ataque de pior impacto poderia colocar o olho do furacão muito perto da usina de Brunswick, causando uma forte onda de tempestade na água do oceano.   
Segundo a Comissão de Regulamentação Nuclear dos EUA, que oferece um mapa interativo de reatores nucleares ativos , duas usinas são vulneráveis ​​tanto a fortes chuvas quanto à esperada tempestade que pode levar a um surto de até 20 pés de água do mar nas áreas costeiras. 
Colapsos nucleares liberam o Iodo-131 radioativo
Colapsos nucleares liberam o Iodo-131 radioativo 

Qual é a importância das usinas nucleares derretendo e liberando radioisótopos na atmosfera? O problema é encontrado na mistura tóxica de radioisótopos liberados em tais catástrofes. Vários isótopos são liberados, mais notavelmente incluindo o iodo-131 e o césio-137 (juntamente com alguns outros isótopos de urânio e plutônio, dependendo da composição elementar do combustível usado). 

O iodo-131 e o césio-137 são extremamente perigosos devido à sua meia-vida relativamente curta. No campo da física, uma meia-vida mais curta significa que o elemento libera radiação mais rapidamente , liberando mais energia nos ecossistemas ou organismos circundantes (o que pode incluir você). De fato, os radioisótopos mais seguros são aqueles com meia-vida muito longa, uma vez que liberam radiação relativamente pequena em qualquer período de tempo. 

Guerra da geoengenharia climática contra a humanidade?

Hoje em dia a guerra já não faz sentido com armas e bombas, hoje estão com tecnologias super avançadas, capazes de causar catástrofes ambientais controladas ou descontroladas, com no meu artigo anterior,  Porque tantas secas, incêndios descontrolados, chuvas exageradas, furacões, terremotos, maremotos, plantações sendo devastadas, o ar seco, etç etç...?


Governos em todo o mundo há muito tempo implantaram totalmente a engenharia climática global em uma escala que não pode ser verdadeiramente compreendida. Eles decidiram (sem conhecimento público) que eles tinham o direito de usar a atmosfera do nosso planeta para servir suas próprias agendas, o que equivale a nada menos que tempo e guerra . 

Em 14 de agosto de 2015, houve um grande evento no norte da Califórnia que foi organizado com o propósito de expor e deter os programas globais de engenharia climática que estão dizimando nosso planeta e toda a teia da vida. Numerosos especialistas falaram neste evento, incluindo advogados, ex-cientistas do governo, um ex-técnico da indústria de defesa, ex-militares, um proeminente neurologista do norte da Califórnia e um CEO de uma das maiores empresas de consultoria ambiental e de engenharia do mundo. Aproximadamente 1000 pessoas participaram deste evento. 

A tentativa da humanidade de manipular o clima da Terra e os sistemas de suporte à vida é o epítome absoluto da arrogância descontrolada. O contínuo ataque global de geoengenharia colocou nosso planeta sob um estado de sítio. O mundo próspero que conhecemos não é mais o mesmo, estamos acelerados a uma velocidade ofuscante para uma realidade completamente nova e inimaginavelmente desafiadora. O que podemos fazer para expor e deter o assalto à guerra do tempo? As operações de engenharia de clima de destruição em massa em andamento estão expostas atacando tudo e todos de baixo nível. 
Author Image

Autor: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Finalmente, como muitos de vocês, eu min sentir carregado, irritado e descrente, e decidir parar de assistir, e fazer algo positivo para ajudar a mudar o status do qual viv emos. Esse foi o dia em que o Coletividade Evolutiva nasceu! Saber Mais