Sociedade e governo

Exposto: o plano globalista do Fórum Econômico Mundial é criar "ditadores Covid" para colapsar nações... para forçar o Grande Reset

Sociedade e governo: Exposto: o plano globalista do Fórum Econômico Mundial é criar "ditadores Covid" para colapsar nações... para forçar o Grande Reset... Plano impressionante dos globalistas do Fórum Econômico Mundial, para entregar aos globalistas o controle do mundo usando a pandemias.

Fabio Allves
Compartilhe:
Exposto: o plano globalista do Fórum Economico mundial é criar "ditadores Covid" para colapsar nações... para forçar o Grande Reset

O plano é bem simples, é colapsar todo o sistema global, sociedade, economia e governos democráticos para reconstruir de novo na linha da agenda globalista da Nova Ordem Mundial nefasta, apresentada pelo 
Fórum Econômico Mundial como o Grande Reset / ou Reinicialização/ Restauração.

O fundador do 
Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab (que representa os globalistas dos bastidores), está no centro da última trama para uma aquisição globalista e está usando a pandemia COVID-19 como veículo, de acordo com um novo relatório chocante que expõe o esquema.

De acordo com a RAIR Foundation USA , o plano é criar "ditadores COVID" que executem o roubo de liberdades civis sob pretexto de nos "proteger" de um vírus (de nós mesmos para não nos unirmos contra a tirania) — Além disso, COVID pode ser facilmente tratado com protocolos de ivermectina comprovadamente eficaz, seguro e barato, como mostra um dos maiores estudos já realizados em uma cidade inteira do Brasil.

O relatório observa que o esquema gira em torno do Fórum Econômico Mundial, que Schwab criou na Suíça em 1971 aos 32 anos.


O economista, jornalista e autor alemão Ernst Wolff revelou alguns fatos sobre a escola “Young Global Leaders”(Jovens Lideres Globais) de Schwab que são relevantes para a compreensão dos eventos mundiais durante a pandemia do Comitê Corona Alemão. 

Embora Wolff seja conhecido principalmente como um crítico do sistema financeiro globalista, recentemente ele se concentrou em trazer à luz sobre como a agenda oculta por trás das medidas anti-Covid que estão sendo promulgadas em todo o mundo como se estivessem seguindo uma "cartilha" bem elabora, e de fato estão, inclusive o Brasil está até o pescoço nisso.

“O Fórum Econômico Mundial é mais conhecido do público pelas conferências anuais que realiza em Davos, na Suíça, em janeiro, que têm como objetivo de reunir líderes políticos e empresariais de todo o mundo para discutir os problemas do momento. Hoje, é uma das redes mais importantes do mundo para a elite do poder globalista, sendo financiada por cerca de mil corporações multinacionais”, afirma o relatório.

Embora o 
Fórum Econômico Mundial inicialmente atraísse apenas economistas, ele cresceu nos últimos anos de forma não eleita e democrática, se espalhando para a superelite nas áreas de negócios, entretenimento e mídia.

“Em 1992, a Schwab estabeleceu uma instituição paralela, a escola "Líderes Globais" para o Amanhã, que foi restabelecida como Jovens Líderes Globais em 2004. Os participantes da escola devem se inscrever para admissão e, então, são submetidos a um rigoroso processo de seleção”, explica o relatório, passando a nomear os primeiros e recentes formados: a chanceler alemã Angela Merkel, o presidente francês Emmanuel Macron, bem como os formados mais recentes, governador da Califórnia, Gavin Newsom, e o secretário de transporte de Biden, Pete Buttigieg.

Outros formados incluem os bilionários Jeff Bezos e Bill Gates, observa o relatório.

“Dado o crescente descontentamento com as medidas anti-Covid postas em prática pelos formandos da escola que agora são líderes nacionais, Wolff acredita que é possível que essas pessoas tenham sido selecionadas devido à sua vontade de fazer tudo o que lhes é mandado, e que estão sendo estabelecido para fracassar para que a reação subsequente possa ser explorada para justificar a criação de uma nova forma global de governo”, diz o relatório.

“Na verdade, Wolff observa que políticos com personalidades únicas e pontos de vista fortes e originais se tornaram raros, e que o caráter distinto dos líderes nacionais dos últimos 30 anos tem sido sua mansidão e adesão a uma linha globalista estrita ditada de cima,” o relatório adiciona.

Isso ajudaria a explicar porque todos os esquerdistas que frequentaram a escola de Jovens Líderes Globais nunca se desviaram das “soluções” públicas para os mesmos problemas e questões. Eles foram selecionados manualmente por meio de um processo que os identificou como homens e mulheres 'sim' para a causa globalista, o que nos traz de volta à pandemia COVID e por que todas essas pessoas escolheram as mesmas medidas para "diminuir a propagação da COVID" (nenhuma funcionou, mas todas deram-lhes poder adicional) — (Diminuíram, na verdade, a propagação das liberdades e direitos democráticos).

“Como é que mais de 190 governos de todo o mundo acabaram lidando com a pandemia COVID-19 quase exatamente da mesma maneira, com bloqueios, mandatos de máscara e passaportes de vacinação sendo agora comuns em todos os lugares?” 

Agora sabemos: tudo faz parte de uma marcha de décadas para o globalismo autoritário e o COVID-19 é o veículo mais recente lançado para concretizar a agenda globalista de colapsar/ Destruir para reconstruir tudo novo nos moldes de uma governança global, a Nova Ordem Mundial nefasta para todos nós despertos.
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Veja mais sobre:

apocalipse Bill gates Brasil descobrindo dinheiro Governo Mundo Nova ordem mundial Sociedade Sociedade e governo
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Se você gosta de informações como as que publicamos, por favor, considere fazer uma doação para nos ajudar a manter nosso trabalho e o Coletividade Evolutiva disponível | FAZER UMA DOAÇÃO |

MAIS RECENTES