Coquetel Tóxico: água da torneira pode estar relacionado a mais de 100.000 casos de câncer

Compartilhar - estamos no |Telegram
Coquetel Tóxico: água da torneira está relacionado a mais de 100.000 casos de câncer

A chamada "maior conquista de saúde pública do século XX" já foi exposta há muito tempo como uma fraude total. Estamos falando sobre o golpe conhecido como fluoretação artificial da água, que desde muitas décadas atrás foram reveladas em estudos como um causador de danos cerebrais e reduz a inteligência humana.

De acordo com estudos, mulheres gravidas que são expostas ao flúor, acabam atingindo seus filhos na gravidez, as crianças expostas aos níveis recomendados pelo governo de 0,7 variando entre 0,6 a 0,9, miligramas de flúor por litro de água sofrem drásticas reduções na função cerebral e no QI - e o dano é especialmente grave em meninos jovens. Recomendado: Estudo alerta, água engarrafada contém microplásticos tóxicos

Com base nessas evidências a seguir, e considerando o fato que o Brasil é o país que mais usa agrotóxicos em todo o mundo, no qual contamina os lençóis freático da água de todo o país, podemos afirmar que por aqui não é muito diferente dos EUA, mas terrivelmente pior a situação. De fato um estudo do Ministério da Saúde, revelou que toda a água do Brasil para consumo humano, está contaminada com mais de 27 tipos de agrotóxicos.

Tirando os agrotóxicos, flúor e outros contaminantes relacionados, de onde mais está vindo os metais pesados que estão contaminando a água de todo o mundo? Todos esses contaminantes químicos e  metais pesados, estão sendo dispersos na atmosfera para programas de geoengenharia climática (Manipulação do Clima) e consequentemente tem contaminado a aguá de todo o mundo

Mais de 100.000 futuros casos de câncer relacionados a poluentes químicos na água


Um estudo recente relaciona mais de 100.000 futuros casos de câncer nos Estados Unidos
 a poluentes químicos em milhares de sistemas comunitários de água. A concentração desses poluentes nos sistemas hídricos está na faixa considerada legal, segundo pesquisadores do Grupo de Trabalho Ambiental (EWG), uma organização sem fins lucrativos de pesquisa e defesa com sede em Washington.

“A grande maioria dos sistemas de água da comunidade atende aos padrões legais”, disse a coautora Olga Naidenko, vice-presidente do 
Grupo de Trabalho Ambiental  para investigações científicas. “No entanto, as pesquisas mais recentes mostram que os contaminantes presentes na água nessas concentrações - perfeitamente legais - ainda podem prejudicar a saúde humana.”

Coquetel tóxico de poluentes representam risco de câncer


Os pesquisadores usaram uma nova estrutura analítica para calcular o impacto combinado sobre a saúde de 22 carcinógenos em mais de 48.000 sistemas comunitários de água, que fornecem água para 270 milhões de americanos. A estrutura permitiu aos pesquisadores avaliar os riscos para a saúde dos poluentes da água da torneira como um todo, em vez de isoladamente. As agências governamentais empregam a última abordagem em suas investigações, disse o autor principal Sydney Evans, analista científico do 
Grupo de Trabalho Ambiental. Ela acrescentou que avaliar os poluentes um por um não é o ideal porque, no mundo real, as pessoas estão expostas a uma combinação de produtos químicos.

“[É] importante que comecemos a avaliar os impactos na saúde observando os efeitos combinados de vários poluentes”, acrescentou Evans.

Os pesquisadores usaram concentrações de contaminantes de referência estabelecidas por agências de saúde, como a Agência de Proteção Ambiental (EPA) dos EUA e o Escritório de Avaliação de Perigos para a Saúde Ambiental da Califórnia. Esses conjuntos indicam o nível de contaminantes na água que deve causar um caso de câncer ao longo da vida de um milhão de pessoas. A equipe combinou esses conjuntos com dados do mundo real sobre a quantidade de contaminantes nos sistemas de água.

Eles descobriram que os contaminantes representam um alto risco de câncer para pessoas que bebem água da torneira. Este efeito foi devido principalmente ao arsênio, subprodutos da desinfecção e elementos radioativos, como urânio e rádio. 

Enquanto isso, grandes sistemas de água de superfície contribuem com uma parcela significativa do efeito geral do risco de câncer, porque atendem a populações maiores e são rotineiramente expostos a subprodutos da desinfecção. Enquanto que as águas subterrâneas são mais propensas a boa saúde, pois tendem a servir a comunidades menores.

Impondo regulamentos de segurança da água mais rígidos


A equipe disse que essas descobertas servem como um lembrete para os legisladores imporem padrões mais rígidos aos sistemas de água. A 
 Agência de Proteção Ambiental estabeleceu os limites legais para mais de 90 contaminantes na água da torneira dos EUA, incluindo aqueles examinados no estudo. No entanto, esses limites podem ser insuficientes para proteger o público dos efeitos nocivos dos contaminantes, sugeriram os pesquisadores.

Gerald J. Kauffman, diretor de projetos do Centro de Recursos Hídricos da Universidade de Delaware , acredita que as normas de segurança atuais precisam ser revisadas. Ele lamentou que a postura adotada pelas agências americanas, que é “inocente até provar que se são o contrário”, empalidece em comparação com a abordagem de precaução adotada por outros países na regulamentação dos contaminantes da água. Tal abordagem requer a aplicação de medidas de segurança enquanto os cientistas ainda realizam pesquisas.

“Na dúvida [sobre os riscos à saúde], se há uma substância em nosso abastecimento de água potável, ela deve ser monitorada”, disse Kauffman, que não fez parte do estudo.

Nesse ínterim, as pessoas podem olhar para o estudo como um lembrete de que, embora a água da torneira tenha passado por redes de segurança legais, isso não significa que seja segura para beber. Aqueles que se preocupam com os produtos químicos na água da torneira podem instalar um filtro de água . Existem disponíveis no mercado filtros de água que podem ser montados na torneira, embaixo da pia ou até mesmo em toda a casa.

Fontes:

Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se inscrever acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Siga nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Compartilhar

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram