Notícias Recentes

A ligação entre fluoreto e osteoartrite

A ligação entre fluoreto e osteoartrite

Como já temos relatado, a fluoretação no abastecimento de água "publica", e o flúor nos cremes dentais populares, é uma grande farsa da humanidade, e um dos grandes fatores no declínio do QI, principalmente das crianças, levando até mesmo a déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), autismo Alzheimer e outros problemas mais. Apesar de fatos e estudos provarem os problemas sérios com o flúor, a Organização Mundial de Saúde, e os Centros de Controle é Prevenção de Doenças dos EUA, insistem que ajuda a reduzir a cárie dentária - também consideram como "uma das dez maiores conquistas em saúde do século 20".

Agora novos estudos, descobriram uma nova ligação entre a fluoretação da água e osteoartrite, no qual é uma condição das principais causas de incapacidade em milhares de pessoas pelo mundo. A medicina ocidental enumera diversas causas de artrite - como envelhecimento, lesões e estresse nas articulações - muitos especialistas em saúde natural mantêm que a exposição ao flúor na água potável é um dos principais contribuintes para essa epidemia.

A osteoartrite é uma condição potencialmente debilitante que causa degeneração da cartilagem óssea e do tecido ósseo. Os sintomas podem incluir dor, rigidez, inchaço e sensibilidade nas articulações afetadas, além de perda de flexibilidade e mobilidade. Esporões ou consequências ósseas - também conhecidos como osteófitos - também podem ocorrer.

Como a osteoartrite, a fluorose esquelética é manifestada por sintomas de dor e rigidez nas articulações, juntamente com consequências ósseas e calcificação da cartilagem. Mas, sua semelhança com a osteoartrite pode fazer com que a fluorose esquelética seja facilmente diagnosticada - às vezes por anos!

Por exemplo, um estudo mostrou que uma mulher de 35 anos com histórico de alta ingestão de flúor (produzida pela água potável com concentrações de flúor de 1,9 ppm partes por milhão) desenvolveu artrite soronegativa, um tipo de artrite em que os sinais de artrite reumatoide (RA) estão presentes - mas os auto anticorpos que indicam RA não estão.

Isso significa que os médicos podem facilmente identificar mal a condição - juntamente com a sua ligação com a fluoretação da água. No entanto, como claramente indicado pelo seu nome, não há dúvida sobre a causa real da fluorose esquelética.

 Especialistas alertam que a fluorose esquelética é progressiva e insidiosa


A fluorose esquelética pode ser uma doença muito "sorrateira", capaz de causar osteoartrite antes mesmo de ser reconhecida. De fato, à medida que a consciência dessa condição aumenta, os pesquisadores a chamam de "progressiva", "insidiosa" e "incapacitante".

Em um estudo turco, os pesquisadores observaram que os participantes apresentaram artrite nos joelhos antes mesmo de demonstrar as alterações ósseas da coluna vertebral que determinam o diagnóstico de fluorose esquelética. Na maioria dos casos, a fluorose ocorre naqueles com insuficiência renal e doença renal avançada - mas isso nem sempre é verdade.

Em um estudo surpreendente conduzido pela prestigiada Clínica Mayo, a fluorose estava ligada ao consumo habitual de chá. Tenha em mente que os chás preto e verde contêm quantidades substanciais de flúor.

A equipe observou que uma participante do sexo feminino de 35 anos desenvolveu dor musculoesquelética e outros sintomas de artrite depois de beber regularmente grandes quantidades de chá instantâneo comercial feito com água fluoretada. Após anos de erros de diagnóstico, a mulher conseguiu aliviar sua dor, reduzindo a ingestão de chá.

Outra participante de 36 anos - que relatou beber cerca de um galão por dia de Nestea de força tripla - também teve resolução dos sintomas da artrite após reduzir o consumo de chá. Se deseja reduzir o consumo de fluoretação, então busque por purificadores de água de alta qualidade.

Receba as notícias do Coletividade Evolutiva em primeira mão. Siga-nos nas redes sociais! Facebook - Twitter - Instagram - Receber por e-mail



Fabio Allves

Fundador:Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Ao longo da vida busquei explorar os mistérios e os conhecimentos ocultos que cercam o planeta e as origens da humanidade, questionando as raízes do que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao despertar a sociedade (Saber Mais)