Estão vindo a todo o vapor para nos calar- PF quer ajuda do FBI para combater noticias falsas

PF quer ajuda do FBI para combater noticias falsas

Se você não se juntar à nossa lista de e-mails, talvez nunca veja nosso conteúdo valioso novamente via Facebook, Google ou YouTube. A CENSURA já alcançou níveis EXTREME na rede. A verdade está sendo sufocada. Inscreva-se agora se quiser escapar da bolha delirante da falsa realidade sendo pressionada pelo Google e pelo Facebook.Inscreva-se Grátis no nosso boletim informativo de e-mail

Já sabemos muito bem que o combate a “noticias falsas”, na verdade, é combater as pessoas que falam a verdade na internet, como, por exemplo, difundir alguma notícia de escândalo de algum político corrupto, ou qualquer outra coisa que o sistema não quer que as pessoas saibam. 

Já vimos, por exemplo, que pessoas por trás dos governos e o próprio twitter quer que remova a conta do próprio presidente americano Donald Trunp para silenciá-lo - então você já começa a perceber que tem um plano maquiavélico por trás desse intuito que eles dizem que querem combater noticias falsas.
Saiba realmente o que esta relacionada com as chamadas( noticias falsas ) Com Julian Assange que divulgou varias informações das mídias Corporativas - Eles sim são Fake news!
O gigante do motor de busca Google, já teve decisões de combater noticias falsas, disseram que não só renovarias suas diretrizes para os avaliadores, mas também ajustaria seus algorítimos para bloquear sites “ofensivos” promovendo assim aqueles de mais conteúdo autoritário, ou seja, seus sites que muitas vezes dão as notícias distorcidas - enquanto os independentes como o caso aqui do Coletividade Evolutiva – que fala a verdade sem censura serão atrasados ou até mesmo bloquear como já venho vendo isso acontecendo em muitos sites de notícias independentes, pelos algorítimos deles.

Agora a Polícia Federal espera a ajuda dos americanos do FBI para combater as chamadas notícias falsas durante a campanha eleitoral deste ano no Brasil. O pedido já foi feito oficialmente. A ideia é que investigadores venham ao país para compartilhar a experiência adquirida durante a corrida eleitoral americana de 2016, em que um esquema de propagação de informações falsas, supostamente fabricadas por agentes do serviço secreto russo, atuou contra a candidata democrata Hillary Clinton.

Nos próximos meses, os representantes do FBI devem se reunir com integrantes de um grupo de trabalho criado no fim do ano passado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para definir as estratégias de combate às fake news nas eleições brasileiras. Esse mesmo grupo definirá, até março, um conjunto de normas prevendo punições a quem difundir notícias falsas que possam interferir no processo eleitoral.

O combate às chamadas fake news  terá um novo capítulo nesta eleição: o usuário de redes sociais que publicar ou compartilhar notícias falsas poderá ter o conteúdo retirado do ar....


O objetivo é que, nesse encontro com os investigadores americanos, sejam discutidas ferramentas de investigação para identificar a atuação de robôs que disseminam notícias falsas sobre candidatos e propaganda paga com conteúdo difamatório e direcionado.
Saber mais sobre as punições? Acesse aqui

Estamos preocupados com a censura e exclusão da nossa página no Facebook. Por isso, incentivamos todos que desejam continuar a receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar.
Siga-nos nas redes para atualizações - (Instagram) (Facebook) (Twitter)

Meu Trabalho Online - Guia passo a passo de como ganhar dinheiro trabalhando em casa através da internet, usando seu Celular ou Notebook!- Quer Saber Como? Clique Aqui!