A humanidade viverá em uma "distopia infernal" à medida que os robôs assumirem bilhões de empregos - Coletividade Evolutiva

A humanidade viverá em uma "distopia infernal" à medida que os robôs assumirem bilhões de empregos


À medida que as capacidades dos robôs e da IA ​​continuam a crescer, um cientista líder advertiu que a aquisição da máquina levará a humanidade a uma "distopia infernal".

O Dr. Subhash Kak, especialista em informática da Universidade de Oklahoma, diz que o emprego oferece às pessoas uma sensação de auto-estima e valor.

Ele acredita que essa auto-estima será perdida à medida que os robôs assumirem o controle, levando os humanos a uma vida de miséria "sem sentido".

Ele afirma que o surgimento de grupos extremistas são um presságio precoce de um futuro distópico.

"Haverá um enorme desemprego. As pessoas querem ser úteis e o trabalho fornece significado, e assim o mundo se afundará no desespero ".

Isso já está acontecendo, ele disse.

Um relatório no ano passado afirmou que 800 milhões de trabalhadores poderiam ser substituídos por máquinas até 2030.

O Dr. Kak disse: "Os decisores políticos começaram a falar de uma renda mínima garantida para todos, desde alimentos, abrigo e um telefone inteligente, e isso não abordará o coração do problema.

Em novembro, a empresa de consultoria de gestão, McKinsey, publicou um relatório intitulado "Empregos perdidos, empregos adquiridos: transições da força de trabalho em um momento de automação". 

O relatório centrou-se na quantidade de empregos que seriam perdidos para a automação e quais as profissões que mais estão preste a ser automatizadas. 

TRABALHOS EM RISCO DE IA

Um relatório  previu que empregos físicos em ambientes previsíveis - incluindo operadores de máquinas e fast food - são os mais propensos a serem substituídos por robôs.

Mas acrescentou: "Coletar e processar dados são duas outras categorias de atividades que cada vez mais podem ser feitas de maneira melhor e mais rápida com as máquinas.

"Isso poderia deslocar grandes quantidades de trabalho - por exemplo, na originação de hipotecas, trabalho paralegal, contabilidade e processamento de transações de back office".

Por outro lado, os empregos em ambientes imprevisíveis tem menos riscos.

Disse: "Profissões como jardineiros, encanadores ou provedores de cuidados infantis e de idosos - terá menos automação até 2030, porque são tecnicamente difíceis de automatizar e muitas vezes geram salários relativamente baixos, o que torna a automação uma proposta de negócio menos atrativa . ' 

Falando sobre a evolução contínua falando da  IA, o Dr. Kak disse: "Alguns dizem que a atual fase de automação criará novos tipos de empregos que nem sequer pensamos.

"A revolução atual está substituindo o pensamento humano e seu impacto na sociedade será enorme". 

O relatório afirmou que haverá trabalho suficiente para manter o pleno emprego até 2030, mas haverá transições desafiantes à frente e que em cerca de 60% dos empregos, pelo menos um terço das atividades poderia ser automatizado.

Disse: "Estimamos que entre 400 milhões e 800 milhões de indivíduos irão perder seus empregos pela automação e precisam encontrar novos empregos até 2030 em todo o mundo".


Se inscreva por e-mail e receba nossas novas atualizações em seu e-mail


Author Image

Autor: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um ávido pensador livre, eu partir em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais


Deixe um comentário sobre isto!