Coletividade Evolutiva - Seja a Mudança , DARPA desenvolve arma do "fim do mundo genético" para exterminar populações sob demanda , DESCOBRIR , MUNDO , NOTICIAS ,

DARPA desenvolve arma do "fim do mundo genético" para exterminar populações sob demanda

As ferramentas de edição de genes de ponta, como o Crispr-Cas9, funcionam usando um ácido ribonucleico sintético (RNA) para cortar as costas de DNA
As ferramentas de edição de genes de ponta, como o Crispr-Cas9, funcionam usando um ácido ribonucleico sintético (RNA) para cortar as costas de DNA

A agência militar dos EUA conhecida como DARPA (Agência Secreta de Projetos de Pesquisa Avançada da Defesa) está investindo US $ 100 milhões nas chamadas "tecnologias de extinção genética" que poderiam ser implantadas para exterminar populações humanas específicas.

O jornal  The Guardian  informa que os e-mails adquiridos sob a Lei de Liberdade de Informação (FOIA) "sugerem que a Agência secreta de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos Estados Unidos (Darpa) tornou-se o maior financiador mundial da pesquisa de" movimentação de genes ",. "O uso de tecnologias de extinção genética em armas biológicas é a matéria de pesadelos ...".

A divulgação desta tecnologia de extinção já veio ser divulgada aqui  pelo o CE , esse programa  é  apito de um programa global de eugenia para atacar e exterminar pessoas de procedência africana como parte de uma agenda de despovoamento global em curso .

O sistema genômico de armas do dia do juízo final que está sendo desenvolvido pela DARPA baseia-se na técnica de edição de genes Crispr-Cas9 , que permite que laboratórios simples e de baixo custo consigam objetivos de edição genética anteriormente impossíveis em quase qualquer organismo ... inclusive humanos. " como o The Guardian explica por  exemplo, que distorcer a proporção sexual de mosquitos para efetivamente destruir as populações de malária" . Mas eles também poderiam ser usados ​​para destruir sub-espécies genéticas específicas de seres humanos também.

"A natureza dupla de alterar e erradicar populações inteiras é uma ameaça para a paz e a segurança alimentar, pois é uma ameaça para os ecossistemas", explicou Jim Thomas, co-diretor do grupo ETC, conforme relatado por The Guardian . "A militarização do mecanismo de geração de genes pode até mesmo contravenir a convenção de Enmod contra usos hostis de tecnologias de modificação ambiental".

Porque grande parte do financiamento para a ciência moderna provém de militares e do governo, os cientistas estão se forçando a trabalhar em programas de "armas" ou enfrentar uma perda de financiamento. 

Todd Kuiken, que trabalhou com o programa GBIRd , que recebe US $ 6,4 milhões da Darpa, disse que a centralidade dos militares dos EUA para o financiamento de tecnologia de genes significava que "os pesquisadores que dependem de bolsas para a pesquisa podem reorientar seus projetos para se adequarem aos objetivos estreitos dessas agências militares ".

A armação da tecnologia de transmissão de genes - transformar a genética em uma arma do dia do juízo final - é amplamente conhecida por ser capaz de se espalhar através de uma população e causar uma extinção deliberada. "Pense nisso como uma maneira de superar a evolução, forçando uma modificação genética para se espalhar por toda uma população em poucas gerações", relata WIRED . A tecnologia é tão potencialmente devastadora que o ex-diretor de inteligência nacional James Clapper classificou a tecnologia de movimentação de genes como uma das muitas "armas de destruição em massa e proliferação", de acordo com a WIRED, que também disse:

Levando em consideração as coisas com a frequência com que a edição de genes Crispr estraga e a probabilidade de ocorrência de mutações protetoras, seu trabalho mostra como as unidades de genes podem ser implacavelmente agressivas.

Como de costume, o cientista Mike Adams do site  Natural News que de longa data vem denunciando muitos fatores do mundo em geral, estava anos à frente da comunidade científica atrasada ao soar o alarme sobre a armação da tecnologia de engenharia genética. Em um artigo de 2012 intitulado " SOS alert: Ajuda a parar,Ciência Fora de controle , de destruir todos nós ".

A humanidade atingiu um ponto de inflexão no desenvolvimento de tecnologia tão profunda que pode destruir a raça humana; Contudo, este surgimento da "ciência" não foi de modo algum compatível com o aumento da consciência ou da ética. Hoje, a ciência opera com total desprezo pelo futuro da vida na Terra, e se preocupa com a idéia de equilibrar o "progresso" científico com cautela, ética ou salvaguardas razoáveis. Experiências desenfreadas, como os OGMs, desencadearam poluição genética auto-replicante que agora ameaça a integridade das culturas alimentares em todo o mundo, potencialmente ameaçando o abastecimento global de alimentos.

A CIÊNCIA deve existir para servir os interesses de longo prazo da humanidade e não para servir os lucros a curto prazo das corporações. Para proteger o futuro da vida na Terra, a ciência deve operar sob o Princípio de Precaução.

A categoria dessa tecnologia de engenharia genética, esta-se classificando  como um risco de "Nível IV" para a humanidade porque é auto-replicante. Outros riscos colocados à humanidade por uma ciência fora de controle  incluem inteligência artificial, nanotecnologia, produtos químicos para interrupção de polinizadores, vacinas armadas e armas nucleares .

Ajude o CE alcançar mais pessoas: comente compartilhe nas redes sociais, vamos todos em frente, nessa batalha pela a vida!

Author Image

Autor: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Finalmente, como muitos de vocês, eu min sentir sobrecarregado, irritado e descrente, e decidir parar de assistir, e fazer algo positivo para ajudar a mudar o status do qual viv emos. Esse foi o dia em que o Coletividade Evolutiva nasceu! Saber Mais


0 Participe da discussão :

Postar um comentário