Nitrito de sódio em carnes processadas : experimento do Texas revela seu poder cancerígeno

Nitrito de sódio em carnes processadas : experimento do Texas revela seu poder cancerígeno

Como muitos estados do sul, o Texas tem um problema com porco selvagem, e pesquisadores da vida selvagem passaram anos tentando encontrar uma maneira eficaz de eliminar os porcos selvagens sem matar outros animais selvagens. Seu mais recente experimento envolve o uso de iscas de nitrito de sódio que mata os suínos com a toxicidade do nitrito de sódio. Sim, este é exatamente o mesmo produto químico adicionado às carnes processadas em sua mercearia local. Ele mata porcos mais rapidamente do que mata seres humanos, mas também é responsável por décadas da epidemia de câncer no mundo. 

O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) foi alertado sobre o problema do nitrito de sódio por causar câncer nos anos 70, mas foi pressionado pela indústria da carne a manter o ingrediente legal no fornecimento de carne. A Administração de Comida e Droga também dos Estados Unidos (FDA) também não fez nada para investigar ou proibir o produto químico tóxico, uma vez que produz milhões de novos pacientes com câncer a cada década, gerando lucros inesperados para a indústria de câncer que a FDA serve. (Sim, é tudo sobre dinheiro, assim como você sempre suspeitou). 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que também é vinculada com o Ministério da Saúde, também sabe dos problemas relacionados com esse veneno cancerígeno, que dá formas bonitas para a carne dos super-mercado para o consumidor, segundo ela existe uma regulação do produto, o que é claro, não a uma inspeção verdadeiramente rigorosa sobre isso, pois o que mais vemos em prateleiras do super-mercado, são carnes superbonitas e conservadas por anos, principalmente as processadas.

A aplicação desses sais acima do limite máximo estabelecido pela legislação brasileira (Portaria nº 1004/1998-ANVISA), 0,015g/100g e 0,03g/100g do produto, respectivamente para nitrito e nitrato de sódio, pode acarretar sérios riscos à saúde humana, pela possibilidade de manifestações de efeitos tóxicos agudos e crônicos. 

Experimento de envenenamento por suínos selvagens acidentalmente mata centenas de pássaros amigáveis


No ano passado, os gênios da ciência em um condado anônimo no norte do Texas decidiram testar em campo um novo produto de isca de porco que contém nitrito de sódio. O produto é chamado de “Hog-Gone”, e é feito de alguns dos mesmos ingredientes encontrados em um típico cachorro-quente de mercearia que os pais alimentam seus filhos. Quando os porcos selvagens consumiram a isca, eles morreram. Mas também centenas de pássaros causaram uma onda de mortes não intencionais de aves. 

“Justin Foster, Coordenador de Parques e Vida Selvagem do Texas para a Região 2, disse que vem realizando pesquisas sobre porcos selvagens há mais de 10 anos e nunca viu um pássaro ser morto dessa magnitude”, relatou o Times Record News no ano passado . Esse mesmo artigo também admite que o nitrito de sódio está sendo testado como uma alternativa preferida ao uso da varfarina, um medicamento receitado por milhões de americanos. 

Qualquer pessoa curiosa deve, neste momento, estar se perguntando por que esses produtos químicos (varfarina e nitrito de sódio) são aprovados pelo FDA para uso em medicamentos e o suprimento humano de alimentos se eles são tão tóxicos para suínos selvagens, que também são mamíferos. É uma questão razoável, especialmente considerando o consumo generalizado de carnes processadas em toda a América e a vasta coleção de evidências científicas ligando o consumo de carne processada com o aumento dos riscos de câncer.

Acontece que o nitrito de sódio é tóxico tanto para porcos selvagens quanto para seres humanos , mas é mais tóxico para os porcos devido a uma predisposição genética que não permite que os porcos removam o veneno tóxico de seus corpos com tanta eficiência quanto os humanos. Mas ainda é veneno, e não podemos deixar de nos perguntar se os globalistas estão reduzindo a população humana por meio de uma “isca alimentar” de nitrito de sódio, e muitos outros químicos encontrados na nossa água, ar, alimentos vegetais etc...


Notícia Em: / /
Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais