ESPECIALISTA RECOMENDA NÃO USAR CALCINHA POR MUITO TEMPO, POIS PODE LEVAR IRRITAÇÕES E INFECÇÕES VAGINAL



Usar roupas íntimas pode aumentar o risco de uma mulher desenvolver uma levedura e outros tipos de infecção vaginal, advertiu um ginecologista. 
As calcinhas acumulam calor e suor na área genital, o que cria um campo de cultivo para bactérias, de acordo com a especialista em saúde das mulheres de Nova York, Dr. Donnica Moore.
E se sua calcinha é de renda ou feita de material não respirável, o risco é aumentado.
Estes materiais podem irritar a pele delicada da vagina e causar erupções cutâneas e reações alérgicas.
A especialista sugere dormir sem calcinha durante a noite, é uma opção fácil para a maioria das mulheres, afirma o Dr. Moore.
Falando de  saúde , a ginecologista Dr. Moore explicou: "Não é bom ter sempre as peças da senhora trancadas. Elas precisam de ar como todas as outras partes do seu corpo. 


Cuidado com as calças apertadas

No entanto, existe um potencial problema de saúde a considerar ao abandonar suas roupas intimas.
As costuras que correm ao longo da virilha de calças apertadas, como jeans e calças magras, podem esfregar e irritar os lábios e a vulva e, de acordo com a Dr. Moore, pode levar a pequenos cortes na pele que atuam como portais de bactérias.
"Você corre o risco de irritação e irritação quando você usa roupas não destinadas a entrar em contato com sua vulva", explicou. 
Se você usar calças apertadas, ela aconselha o uso de roupas íntimas de algodão e algodão.
A boa notícia é que, se você está preocupado com "pegar algo" enquanto usa saia ou vestido e comando, a Dr. Moore disse que não há nada a se preocupar.
É improvável que os insetos, poeiras ou partículas de sujeira entrem na sua virilha. 

Avisos de higiene prévia

Pesquisas anteriores sugerem que as mulheres que usam géis de banho e sabões em áreas íntimas estão se colocando em maior risco de desenvolver infecções sexualmente transmissíveis, advertiram os especialistas.
Acadêmicos da Universidade da Califórnia, Los Angeles, revelaram que sabões e lubrificantes podem danificar os tecidos sensíveis e aumentar a chance de uma mulher se infectar com herpes, clamídia e HIV.
O líder do estudo, Joelle Brown, disse que há "evidências crescentes" de que o uso desses produtos internamente pode aumentar o risco de vaginose bacteriana - uma condição que ocorre quando o equilíbrio bacteriano se perturba - e infecções sexualmente transmissíveis


Author Image

Autor: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Finalmente, como muitos de vocês, eu min sentir carregado, irritado e descrente, e decidir parar de assistir, e fazer algo positivo para ajudar a mudar o status do qual vivemos. Esse foi o dia em que o Coletividade Evolutiva nasceu! Saber Mais