Publicidade

As burocracias da medicina convencional suas farsas e ilusões

A medicina convencional é entendida como um conjunto complexo de burocracias. O que é uma burocracia?  Nossas burocracias médicas são amplas e profundas, geralmente consistindo de grupos de funcionários corporativo…

As burocracias da medicina convencional suas farsas e ilusões

A medicina convencional é entendida como um conjunto complexo de burocracias. O que é uma burocracia? Nossas burocracias médicas são amplas e profundas, geralmente consistindo de grupos de funcionários corporativos e governamentais no topo do poder mundial, dando orientação a organizações menores em todo o planeta, e a indivíduos.

“ O método burocrático pode ser definido como aquele que:

  • Administra seres humanos como se fossem coisas e administra as coisas em termos quantitativos e não qualitativos ...
  • regido por dados estatísticos…. Basear suas decisões em regras fixas chegou a partir de dados estatísticos, e não em resposta aos seres vivos que estão diante deles ... com o risco de ferir os 5 ou 10 por cento daqueles que não se encaixam nesse padrão. 
  • Os burocratas temem a responsabilidade e buscam refúgio por trás de suas regras; sua segurança e orgulho estão em sua lealdade às regras, não em sua lealdade às leis do coração humano. "

Nenhum livro de referência médica contém uma definição de cura. Embora alguns usem a palavra cura - não há consistência nos significados aplicados às curas. Os livros de referência médica documentam “doenças” e “tratamentos” sem qualquer indicação sobre se eles levam o paciente para o estado de saúde ou se estão longe de um estado de cura. As doenças não infecciosas podem ser consideradas incuráveis, por falta de uma definição científica de cura

A Grande Pharma e comerciantes :dizem que todos os meios de tratamento são as Drogas químicas da Grande Pharma . Os fabricantes de medicamentos são uma indústria, e como qualquer outra indústria o seu real negocio são lucros -  Mais pessoas doentes=Mais vendas = mais lucro . As empresas farmacêuticas querem produtos que produzam altas vendas e altos lucros, enquanto eles mesmos fabricam as doenças, espalhando por meio de vacinas ou pela as suas próprias drogas químicas, e até mesmo organizações como Monsanto que envenena o povo, como deixei claro no meu artigo anterior. Em geral, isso leva a “ novas”Drogas químicas da indústria que não cura, que são então comercializadas , porem não comprovadas  para serem eficazes. Também fazem de tudo para bloquear as tentativas honestas de curas naturais comprovadas, levando as a censuras e até prisões dizendo que não são aprovadas por suas próprias organizações corruptas. 

Pesquisadores : Os pesquisadores clínicos de hoje, apesar de todo o seu rigor pseudo-científico, são agências burocráticas trabalhando para obter aprovação de organizações burocráticas como a FDA. Quase todas as pesquisas atuais são projetadas, escritas, aprovadas e executadas sem uma definição de “curado”. Como resultado, se um paciente é curado dentro do estudo, a cura não pode ser documentada, não pode ser notada oficialmente. Pesquisas hoje estudam “ tratamentos ” em preparação para o mercado, mas raramente tentam estudar curas. As curas, exceto as doenças infecciosas, não podem passar na escala burocrática.

Revistas Médicas : revistas médicas publicam pesquisas pela burocracia. A pesquisa deve referenciar a doença e deve apresentar dados estatísticos sobre um tratamento. No passado, muitas revistas médicas publicavam “estudos de caso” para compartilhar informações encontradas pelos médicos no decorrer de seu trabalho. Mas hoje, a maioria dos periódicos se recusa a publicar estudos de casos , porque eles contêm “ evidências anedóticas ”. Naturalmente, cada caso de cura é um caso único, uma anedota, por isso nenhuma revista médica aceitará para revisão de qualquer pesquisa sobre uma cura realizada.

Fundo da Raiz do problema : Milhões de dólares são angariados todos os anos para “ encontrar uma cura ” para muitas doenças diferentes. Mas nenhum desses captadores de recursos tem uma definição do CURA para a doença que supostamente estão combatendo. Eles estão levantando fundos para pesquisas burocráticas, que buscam tratamentos não-curativos para serem aprovados por burocratas como o  FDA. Nenhuma agência de financiamento de doenças está trabalhando para definir “curado” para sua doença. Não há necessidade e nenhum interesse em definir a cura - a burocracia que os emprega funciona perfeitamente bem sem uma definição. Se curas forem encontradas - a burocracia da captação de recursos pode perder milhões. Eles estão ocupados arrecadando fundos e gastando fundos sob o pretexto de uma “cura” sem intenções de curar nada.

Os burocratas da medicina oficiais


A Organização Mundial de Saúde (OMS) é a burocracia de alto nível do mundo em relação a doenças e enfermidades. A palavra "saúde" em seu nome é uma reviravolta orwelliana. Embora possuam a definição de saúde oficialmente reconhecida, escrita há 79 anos e não atualizada desde então. A definição de saúde da OMS é simplista e inútil no que diz respeito à medição da saúde. A OMS estuda doença e morte exclusivamente. A produção primária da Organização Mundial de Saúde é a estatística das doenças. As palavras healthicine e healthiness não estão em seu dicionário . Não possuem técnicas de avaliação ou mensuração da salubridade sem referência à doença.

CID10 - CID11 - A Classificação Internacional de Doenças: A Organização Mundial da Saúde mantém a CID10, a Classificação Internacional de Doenças e Desordens Associadas e atualmente trabalha para lançar a próxima versão, a CID11. O CID10 contém mais de 70.000 códigos de doenças - mas nenhuma definição de doença. De fato, suas páginas introdutórias afirmam claramente “ Um ponto crítico no envolvimento com o CDI é que a inclusão ou exclusão não é um julgamento sobre a validade de uma condição ou a eficácia do tratamento. “A burocracia da CID documenta códigos para doenças de todo o mundo, em perfeito estilo burocrático, não reivindicando a validação de nenhuma delas como doenças reais ou condições médicas.

FDA é uma agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos,: O FDA é a agência burocrática de aprovação oficial que aprova medicamentos. De acordo com a burocracia do FDA, apenas uma droga pode “reivindicar” prevenir, tratar ou curar qualquer doença. É um perfeito absurdo burocrático - estendido ao extremo. Ainda mais que o extremo. A FDA não limita a definição burocrática de um medicamento a uma pílula médica - qualquer tratamento que alegue prevenir, tratar ou curar uma doença é oficialmente uma “droga”. É óbvio para qualquer um que a desnutrição, em suas muitas variações - beri-beri, escorbuto, obesidade e mais, não pode ser evitada ou curada por uma droga, eles são curados pela nutrição.. 

Qualquer doença não pode ser evitada por uma droga, só pode ser evitada evitando o veneno. Mas, se um tratamento não é aprovado pelo FDA, então não é um " medicamento oficial ". A aprovação pelo FDA geralmente não tem nada a ver com as propriedades curativas de qualquer tratamento - mas sem aprovação, você não pode fazer uma “declaração de vendas” de que o tratamento é eficaz que realmente cura.
Publicidade


Notícia Em: / / / /

Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais