Adquira agora o e-book CULTIVANDO HORTA ORGÂNICA e  apenda tudo sobre o cultivo de hortas, do básico ao avançado,  desde o plantio até a colheita.
Vacinação

Vacinados estão imunocomprometidos, lota os hospitais, alta mortalidade: quanto mais vacinação mais casos e mortes

Vacinação: Vacinados estão imunocomprometidos, lota os hospitais, alta mortalidade: quanto mais vacinação mais casos e mortes... As pessoas que receberam essas bioarmas silenciosas de morte lenta estão despertando, mas pode ser tarde demais.

Fabio Allves
Compartilhe:
Vacinados estão imunocomprometidos, lota os hospitais, alta mortalidade e a raiva de serem enganadas: quanto mais vacinação mais casos e mortes

Aqueles que estão sendo enganados pela grande mídia e autoridades de saúde - que tomaram as injeções experimentais do chamado novo coronavírus Covid-19, não desenvolveram nenhuma imunidade verdadeira, de fato, desenvolveram efeitos colaterais mortais, de fato, estão  imunocomprometidas, mais suscetíveis a novas doenças que está levando para uma pandemia de doenças nos vacinados em todo o mundo.

No entanto, as pessoas que receberam essas bioarmas silenciosas de morte lenta estão despertando. Mas ainda há esperança para esses, usando tratamentos que a grande mídia podre demonizou, como a ivermectina e hidroxicloroquina, tratamento precoce ainda pode salvar alguns vacinados conforme informa o Dr. Nelson Modesto.

A consciência de terem sido usados e enganados pela mídia e autoridades sob o controle da cabala globalista com seu mantra: “seja vacinado, confie na ciência da TV e não dê ouvidos aos renomados especialistas independentes", está agora revelando suas manobras genocidas. 

As “autoridades” inflacionaram o número de mortos por Covid e estão ocultando as mortes causadas por essas bioarmas vendidas e propagadas como cura. Na verdade, estão de forma descarada tentando imputar a culpa de genocídio deles aos não vacinados dos problemas das vacinas da morte que promoveram.

Quanto mais vacinação, maiores são os casos e mortalidades 


O estudo de Harvard mostrou que a vacinação piora as coisas no que diz respeito aos casos. Este novo estudo alemão mostra que quanto mais você vacina, mais pessoas morrem. Não é uma surpresa para mim. De fato, no comecinho deste ano, publiquei um artigo dizendo exatamente o mesmo, intitulado: Quanto maior o número de vacinados, maior é o número de infectados e óbitos... Os totalmente vacinados estão se infectando novamente, demonstrando mais uma vez que as vacinas não funcionam como prometido.

Outro exemplo mais óbvios vem de Israel, uma das nações mais vacinadas do mundo. No mês de agosto deste ano,  o Dr. Kobi Haviv, o diretor médico do principal centro de tratamento respiratório de Israel, disse que os vacinados respondem por 85-90% de todas as novas hospitalizações e 95% dos casos “graves” no Centro Médico Herzog em Jerusalém. Em Israel houve uma explosão de casos de Covid após a terceira rodada de vacinação.

Pode confiar na “ciência” da mídia podre, das autoridades gananciosas e nos gigantes farmacêuticos, eles só querem te exigir mais "tiros de misericórdia" e lucrar pelo caos. Em breve inúmeros "jornalistas", como já estão milhares de pessoas,  vão sofre do mesmo veneno que lançaram sobre as massas.

De acordo com as autoridades de saúde, a maioria dos israelenses foi totalmente vacinada, incluindo 85% dos que são elegíveis. Dos estimados 9,3 milhões de cidadãos, 5,8 milhões receberam pelo menos uma injeção e 5,4 milhões estão totalmente vacinados. 

Ele explica como um paciente infectado espalha o vírus para “um grande número de pessoas” e que isso não acontece apenas “aqui ou ali”, mas com frequência. Veja também: Vacinação Covid-19 em massa irá liberar um vírus incontrolável, alerta cientista ao mundo

Apesar de a maioria deles ter tomado a vacina, o país viu um rápido aumento nos casos que resultou em mais resultados de exames positivos diários do que no mesmo dia do ano passado. O “Ministério da Saúde” de Israel usou os dados para justificar o aumento das restrições para seus passaportes de vacinas autoritárias.

Depois da votação de emergência, os cidadãos agora são obrigados a fornecer prova de vacinação, um teste positivo ou prova de que se recuperaram recentemente do vírus para participar da maioria das atividades internas e externas. Isso inclui academias, restaurantes e parques. Sinagogas e casas de culto foram originalmente incluídas nas restrições expandidas, mas foram retiradas no último minuto. Veja também: Aqui estão os dados de mortalidades: quanto mais vacinados, mais hospitalizações e mortes conforme os países considerados "campeões" na vacinação Covid

 O governo corrupto promoveu a vacinação forçada para aumentar o número de hospitalizações e mortes, e assim facilitar a imposição de uma ditadura sanitária para controlar as massas. 

O plano dos globalistas sempre foram esses, causar mortalidade em massa e colapsar as nações


O plano da cabala bancária maçônica globalista era criar um clima de ódio e divisão social muito semelhante ao de março de 2020. O plano era colocar os vacinados contra os não vacinados, uma das táticas do culto covidiano para os 10 estágios do genocídio. Em vez disso, estamos testemunhando o fenômeno inverso. Aqueles que receberam a vacina estão percebendo que aqueles que se recusaram a ser usados ​​como animais de laboratório estavam certos.

A estratégia “dividir para conquistar” que está por trás das ditaduras totalitárias é um fracasso complexo. A cada dia que passa, protestos explodem em todo o mundo contra a ditadura sanitária globalista. A cada dia que passa, o tempo disponível para esta classe política de traidores e subversivos que recebem milhões em SUBORNO/PROPINA do FMI, cartel farmacêutico de Bill Gates e da Maçonaria internacional está sendo encurtado.

Quando você perde a força policial e militar, perde sua “autoridade” para governar. A elite globalista usa os policiais e militares (pagos com dinheiro do povo) para forçar o próprio povo a serem obedientes. Mas policiais e militares também tem família, e ambos estão na lista de extermínio da elite globalista.

As massas estão começando a se libertar da falsa “ciência”. Não é surpreendente que a mídia não ponha fim à falsa narrativa pandêmica e que descreva as “vacinas” como “milagrosas”. Eles são pagos diretamente pelo homem que mais se beneficia com esta operação terrorista: Bill Gates. Documentos provam que o “bilionário das vacinas” financiou veículos da grande mídia ao redor do mundo com US $ 319 Milhões.

Entre os beneficiários estão o Financial Times, CNN, Der Spiegel, Le Monde e El Pais. Todo o aparato da mídia internacional que importa está na folha de pagamento de Bill Gates. Não há jornalistas no regime de mídia. Existem apenas prostitutas pagas por Bill Gates.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Veja mais sobre: , , , , , , , ,
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Apoie o nosso trabalho com uma | DOAÇÃO |
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas, questionando as raízes que constitui aparentemente nossa realidade, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tenho como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.

MAIS RECENTES