Adquira agora o e-book CULTIVANDO HORTA ORGÂNICA e  apenda tudo sobre o cultivo de hortas, do básico ao avançado,  desde o plantio até a colheita.
Últimas-notícias

Após vacinação Covid, Brasil explode na epidemia de AVC, infartos e outras causas como "MISTÉRIO", mas não se preocupe, as injeções são "seguras e eficazes", mas só é preciso mais rodadas para ser eficaz

Últimas-notícias: Após vacinação Covid, Brasil explode na epidemia de AVC, infartos e outras causas como "MISTÉRIO", mas não se preocupe, as injeções são "seguras e eficazes", mas só é preciso mais rodadas para ser eficaz... Covid-19 deixa de ser principal causa de mortes no Brasil em outubro

Fabio Allves
Compartilhe:
Após vacinação Covid, Brasil explode na epidemia de AVC, infartos e outras causas como "MISTÉRIO", mas não se preocupe, as injeções são "seguras e eficazes", mas só é preciso mais rodadas para ser eficaz

Em uma tentativa desesperada de direcionar as mortes induzidas pelas injeções, a grande mídia raspou pelo que parece, apenas a superfície do aiceberg da pandemia de vacinados que estão morrendo de causas diretas e indiretas dessas substâncias experimentais.

Já sabemos que as injeções da Covid, tem causado e causa uma série de efeitos adversos e colaterais já bem documentados. Portanto, não temos mais uma pandemia de vírus Covid, temos uma pandemia global de vacinados sofrendo eventos adversos e colaterais das injeções em curto, médio e a longo prazo, que vão de miocardite, pericardite, coágulos sanguíneos, trombose, câncer, imunocomprometidos, doenças auto-imunes, disfunções neurológicas e muito mais.

Covid deixa de ser principal causa de mortes no Brasil... (mas só até após as festividades do ano)


Segundo a grande mídia, a vacinação no Brasil tem avançado e mais 127 milhões de brasileiros já estão completamente vacinadas, o que representa 59,73% da população.

Segundo a mídia, diz que é por essa razão que a Covid diminuiu, deixando de ser a principal causa de mortes, e as doenças esquecidas até então, misteriosamente reapareceram de forma maciça superando a Covid;

Com isso, a covid-19 deixou de ser a principal causa de morte no país desde a segunda quinzena de outubro. É o que apontam dados dos cartórios de registro civil obtidos no portal da transparência da Arpen Brasil (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais).

Com isso, as doenças cardiovasculares voltaram a ocupar o topo na lista das causas de morte dos brasileiros, sendo a principal delas o Acidente Vascular Cerebral (AVC), mas também patologias como hipertensão e infarto agudo do miocárdio (e outras inespecificas). Isso não ocorria desde o fim de abril de 2020.

Veja as principais causas de óbitos ligadas a doenças cardiovasculares no Brasil entre 16 e 31 de outubro de 2021:

  • Septicemia: 6.697 registros;
  • Pneumonia: 6.358 registros;
  • Acidente Vascular Cerebral (AVC): 4.231 registros;
  • Infarto: 4.185 registros;
  • Causas cardiovasculares inespecíficas: 4.120 registros;
  • Covid-19: 3.608 registros;
  • Insuficiência respiratória: 3.180;
  • Causa indeterminada: 299 registros;
  • Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG): 237.

O gráfico da Arpen também conta com registros de óbitos relacionados a outras causas — que não têm ligação com doenças. Entre os dias 16 e 31 de outubro de 2021, foram registradas 19.172 mortes sem relação com enfermidades.

Após carnaval e festividades do ano, a mídia provavelmente irá explodir a sua TV novamente com a narrativa terrorista de COVID, para voltar tudo de novo e moldar a sua subserviência aos tiranos


O mais recente boletim da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), divulgado nesta semana, aponta que o país enfrenta um período de estabilidade da covid-19 em um patamar baixo.

Carnaval está as portas, então, agora eles vão usar a narrativa de estabilidade, para após o carnaval, explodir a narrativa de Covid e voltar tudo de novo para impor mais restrições rigorosas às liberdades da população. Esperem para ver.

Igualmente milhões de turistas estão chegando, e onde há grandes aglomerações de pessoas, é onde está o grande perigo também 一 desde antes da suposta pandemia Covid, todos os anos, o carnaval batiza milhares de viroses que deixam lotados os postos de saúde, após os sete dias oficiais de folia. (Não é uma ótima ferramente de expandir infecções pelo mundo afora? Principalmente dos vacinados para os não vacinados — Não foi sempre assim com o HIV, e outras?)

Agora, você provavelmente já ouviu as notícias dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA de que as “vacinas” do coronavírus Covid-19 são um fracasso total, no qual, o CDC afirma que pessoas totalmente vacinadas são possíveis transmissores da doença. E uma coisa que muitas pessoas realmente querem saber é o que os “totalmente vacinados” pensam sobre isso.

Afinal, foi dito aos vacinados que tomar a vacina iria “parar a propagação”, resultando em um “novo normal” sem máscaras faciais, isolamento social e a recuperação da crise econômica. Acontece que o oposto é verdadeiro, já que os injetados foram declarados como “super-propagadores”.

Infelizmente, muitos serão enganados novamente e culparão os não vacinados por seus problemas de saúde que as injeções deviam protegê-las, à medida que a grande mídia espalha novas mentiras dizendo como o motivo pelo qual as pessoas vacinadas estão adoecendo é porque outras pessoas optaram por não ser vacinadas, e assim, mantendo a enganação e impondo esse veneno à força nas massas.
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Veja mais sobre: , , , , , ,
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Apoie o nosso trabalho com uma | DOAÇÃO |
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas, questionando as raízes que constitui aparentemente nossa realidade, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tenho como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.

MAIS RECENTES