"Conluio global" das VACINAS COVID: proíbe tratamento precoce para causar tanto dano quanto possível

Vacinação: "Conluio global" das VACINAS COVID: proíbe tratamento precoce para causar tanto dano quanto possível... A campanha de vacinação COVID 'ficará para a história como a maior catástrofe de segurança de produtos biológicos médicos na história da humanidade

Fabio Allves
Compartilhe:
A campanha de vacinação COVID 'ficará para a história como a maior catástrofe de segurança de produtos biológicos médicos na história da humanidade

Aqueles que trabalharam na linha de frente da chamada “pandemia” durante todo o ano passado indicaram desde o início o tratamento precoce que estava salvando vidas e diminuindo as hospitalizações até que um conluio global demonizou esse tratamento eficaz e seguro. Cientistas e médicos que reconhecem o tratamento precoce diz que é de extrema importância esse tratamento com hidroxicloroquina (HCQ) e ivermectina como soluções terapêuticas contra a Covid.

O estado médico corrupto, no entanto, estava e ainda está o tempo todo envolvido em um esquema de "conluio global" com as grandes indústrias farmacêuticas para envolver o público com vacinas experimentais tanto quanto possível e, que tem causado mais danos que os supostos benefícios.

Talvez um dos maiores crimes contra a humanidade em toda esta pandemia planejada seja a recusa por parte das autoridades de saúde em vigor em emitir orientações sobre o tratamento precoce. Em vez disso, eles fizeram todo o possível para suprimir os remédios que comprovadamente funcionam, sejam corticosteróides, hidroxicloroquina (HCQ) com zinco, ivermectina e vitamina D.

Ministério da saúde recusa a reconhecer a eficácia do tratamento precoce


O Ministério da Saúde aceitou se submeter ao documento enviado à CPI da Covid no Senado Federal, que os medicamentos do chamado Kit Covid são ineficazes contra o coronavírus. Segundo as informações, por pedido do senador Humberto Costa (PT-PE), duas notas técnicas foram entregues para a pasta da Comissão.

Diz no documento que o portal Carta Expressa teve acesso diz:

“Alguns medicamentos foram testados e não mostraram benefícios clínicos na população de pacientes hospitalizados, não devendo ser utilizados, sendo eles: hidroxicloroquina ou cloroquina, azitromicina, lopinavir/ritonavir, colchicina e plasma convalescentes. A ivermectina e a associação de casirivimabe + imdevimabe não possuem evidência que justifiquem seu uso em pacientes hospitalizados, não devendo ser utilizados nessa população”, diz o texto da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), responsável por assessorar o Ministério da Saúde quanto à incorporação de tecnologias pelo Sistema Único de Saúde (SUS)

Parece que a intensa censura e supressão de tratamentos precoces foi uma estratégia para promover tanto medo, sofrimento, hospitalização e morte quanto possível, a fim de preparar a população para aceitar um novo gênero de tecnologias de transferência de genes em escala de massa para dentro dos seus corpos e, os matando lentamente no processo dito Covid.

Dr. Peter McCollough diz que 85% das mortes poderem ser evitadas com o tratamento precoce


De acordo com o renomado Dr. Peter McCullough, 85% das mortes por COVID poderiam ter sido evitadas se os protocolos de tratamento precoce tivessem sido amplamente implementados em vez de censurados. Estudos anteriores mostraram que com níveis adequados de vitamina D poderia ter evitado até 90% das mortes por covid

Dr. McCullough possui credenciais acadêmicas impecáveis. Ele é interno, cardiologista, epidemiologista e professor titular de medicina no Texas A&M College of Medicine em Dallas. Ele também tem mestrado em saúde pública e é conhecido por ser um dos cinco pesquisadores médicos mais publicados nos Estados Unidos e é editor de duas revistas médicas.

O Dr. McCullough diz:

A campanha de vacinação COVID 'ficará para a história como a maior catástrofe de segurança de produtos médicos biológicos na história da humanidade, de longe. Não há nada perto ... Você pode imaginar quantas cabeças rolarão quando esta coisa finalmente chegar ao seu fim, ' Dr. Peter McCullough.

O esforço esmagador para obter uma “agulha em cada braço” é tal que as autoridades de saúde nem mesmo reconhecem o fato de que aqueles que se recuperaram da COVID-19 e muitos grupos não têm possibilidade de se beneficiar da vacina, incluindo indivíduos mais jovens, crianças, mulheres grávidas. , mulheres com potencial para engravidar e aquelas com imunodeficiências. 

Parece que aquilo em que vimos Bill Gates falar em alto e bom som, e era considerado conspiração pela grande mídia podre se tornou realidade, uma redução populacional por meio de vacinas está em pleno curso para finalmente alcançar os objetivos de uma nova ordem mundial tecnocrata totalitária.

Coletividade Evolutiva , "Conluio global" das VACINAS COVID: proíbe tratamento precoce para causar tanto dano quanto possível , apocalipse , Brasil , Ciência , Coronavírus , Covid-19 , Governo , Nova ordem mundial , saúde , Sociedade , Vacina , Vacinação ,

Explore mais sobre:

Compartilhe:
RELATAR ERROS:
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.