Médico francês diz ao mundo que hidroxicloroquina cura Covid-19 e recebe ameaças da gigante farmacêutica

Receba nosso conteúdo no | Telegram
Médico francês diz ao mundo que hidroxicloroquina cura Covid-19 e recebe ameaças da gigante farmacêutica

Durante a crise da pandemia da Covid-19 na França, um dos maiores especialistas em doenças infecciosas do mundo, O Dr. Didier Raoult desafiou as ordens do governo e da chamada organização mundial de "saúde", no qual tem guiado o mundo em direção ao abismo total... E começou a promover a hidroxicloroquina com azitromicina e Zinco, como tratamento para a Covid-19 no hospital universitário especial de Marselha. O tratamento, incluindo 500 mg de hidroxicloroquina por dez dias, teve "resultados espetaculares" contra a infecção.

Agora recentemente, o cientista francês Dr. Didier Raoult, que curou com sucesso pelo menos 80 pacientes do coronavírus Wuhan (Covid-19) com hidroxicloroquina, apresentou alegações de que a gigante farmacêutica Gilead Sciences, Inc, uma empresa de biofarmacologia americana, um "estado profundo da ganância", recentemente enviou-lhe ameaças de morte por contar ao mundo sobre está cura simples e barata para a pandemia.

Testemunhando perante o parlamento, o Dr. Raoult explicou que recebeu inúmeras ameaças de morte por causa de está curando com sucesso, seus pacientes, e que mostraram uma taxa de sucesso de 91 por cento entre mais de 1.000 pacientes do coronavírus Covid-19 que foram curados após tomar um regime de 
hidroxicloroquina combinado com o azitromicina droga antibiótica.

No momento em que começou a receber essas ameaças de morte, o Dr. Raoult disse que registrou uma queixa pública por “atos de intimidação contra um funcionário do serviço público”, o que levou a uma investigação do Judiciário francês. Mais recentemente, ele testemunhou sob juramento que a pessoa que lhe enviou essas ameaças de morte é da gigante indústria farmacêutica Gilead Sciences

“O Dr. Raoult testemunhou que, pouco depois de começar a falar da hidroxicloroquina como tratamento, em março, recebeu ameaças de morte anônimas”, explicam os relatórios. “Ele apresentou uma queixa à polícia e um inquérito foi aberto pelo judiciário francês.”
“O médico responsável pelas ameaças foi encontrado e é de um hospital universitário de Nantes”, acrescentam os mesmos relatórios. “Acontece que essa foi a pessoa que recebeu mais dinheiro de gigante farmacêutica Gilead nos últimos seis anos.” 

Ridicularizar os tratamentos baratos e eficazes são tudo como parte de uma agenda ainda mais sombria contra a humanidade


O Dr. Raoult foi extremamente franco contra o New England Journal of Medicine (NEJM) depois que publicou um falso estudo científico alegando que a hidroxicloroquina é ineficaz e perigoso. Ele clamou abertamente ao jornal por publicar uma pesquisa claramente “desleixada”, cheia de falsas alegações contra o medicamento antimalária genérico, que realmente salvar vidas de pacientes com coronavírus Covid-19.

Por ousar dizer a verdade vez após vez, o Dr. Raoult permanece na mira da grande indústria farmacêutica, que está fazendo tudo que pode para sufocar a 
hidroxicloroquina, e outras curas como vitamina C intravenosa, e manter o público na esperança de uma "vacina milagrosa", que pode ser mais uma sentença de morte com consentimento ou por obrigatoriedade lei, enquanto essa sentença não chega, o negócio é manter a pandemia viva no seio da sociedade para lhes roubar suas liberdades individuais, causar a crise econômica alimentar e social para que a agenda 2030 seja cumprida em um nascimento de um sistema governamental tecnocrata tirano, o genocídio dos mais vulneráveis permanecerá e a ideia de vacina permanecerá sendo ditada pela grande mídia manipuladora para a população, para que o grande Reset Gobal seja completamente concluído.

RECLAMAÇÃO: Gilead tem uma história sombria de "bioterrorismo", usou o Pentágono para bombardear a fábrica do concorrente


Como relata o Great Game India, “Gilead Science tem uma história sombria de alegações de bioterrorismo, incluindo o Pentágono para bombardear uma fábrica de concorrentes sob o falso pretexto de associação com a Al-Qaeda”.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) também está ligada à corrupção da Gilead, tendo desempenhado um papel na divulgação da ciência falsa não apenas sobre a hidroxicloroquina, mas sobre a plandemia em geral. Em 2009, durante o infame surto de “gripe suína” do H1N1, a OMS estava secretamente recebendo ordens de grandes empresas farmacêuticas como a Gilead, que ordenou que a OMS braço das Nações Unidas (ONU) declarasse uma falsa pandemia. Veja como se pode criar uma pandemia falsa: Como criar uma falsa pandemia

Tamiflu, um medicamento contra (influenza) produzido pela Gilead que foi agressivamente promovido durante a suposta pandemia de H1N1 , tem se mostrado repetidamente perigoso e ineficaz, apesar de ser promovido pela OMS e pelos próprios governos, que seguem as regras de uma organização corrupta não elegível.

O empresário e político americano, Donald Rumsfeld e o ex-secretário de Estado dos EUA George Schultz lucraram muito com o estoque de Tamiflu do governo durante a suposta pandemia de 2009 , arrecadando até US $ 1,5 bilhão com a fraude.

Conforme revelado pelo Great Game India , a gigante indústria farmacêutica Gilead foi diretamente responsável por influenciar a OMS em 2009 para declarar uma pandemia que, como esta atual, não existia de fato. E a empresa foi bem-sucedida em manter tudo em segredo até que comitês foram criados para expor o barulho.
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram

Talvez você goste