7 Razões pela qual a Ivermectina é uma droga eficaz no combate ao câncer

Diferente de muitas terapias convencionais contra o câncer, a ivermectina mata as células cancerígenas, aumentando a resposta imunológica.

7 Razões pela Qual a Ivermectina é uma "Droga Poderosa" no Combate ao Câncer

A ivermectina, reconhecida como uma das mais impactantes na saúde humana após a penicilina, tem ganhado destaque não apenas por seu papel no combate à COVID-19, mas também como uma potencial "droga poderosa" contra o câncer. - isso se as indústrias farmacêuticas não correram para mudar sua formulação, uma droga barata e eficaz é uma ameaça para os interesses farmacêuticos.

Os primeiros relatos das propriedades anticancerígenas da ivermectina surgiram em 1995. Dois pesquisadores franceses descobriram que a ivermectina – um medicamento antiparasitário ganhador do Prêmio Nobel – poderia reverter a resistência de tumores a múltiplas drogas. 

A droga tem como alvo as células-tronco tumorais – um causador de tumores e recaídas cancerígenas – e promove a morte do câncer. A ivermectina também potencializa os efeitos da quimioterapia e radioterapia. Tem um amplo impacto no sistema imunológico, aumentando a defesa imunológica contra cânceres.

Também inibe os ciclos das células cancerosas, ajudando a prevenir a formação de novas células cancerígenas. A droga promove a morte de células cancerígenas, induzindo estresse mitocondrial e impede a sobrevivência do câncer, impedindo que novos vasos sanguíneos, que transportam energia e combustível para os cânceres [geralmente açúcar], se formem perto das células cancerígenas.


Aqui estão sete razões convincentes que sustentam essa afirmação:


1. Diversos Efeitos Anticâncer


Segundo o Dr. Alfonso Dueñas-González, oncologista e pesquisador sênior, a ivermectina afeta pelo menos nove alvos de câncer bem definidos. Essa ampla gama de efeitos a torna uma candidata promissora no tratamento da doença.

2. Aumenta os Efeitos da Quimioterapia e da Radioterapia


Além de direcionar as células-tronco tumorais e promover a morte das células cancerígenas, a ivermectina tem demonstrado aumentar os efeitos da quimioterapia e da radioterapia. Essa sinergia com tratamentos convencionais pode melhorar significativamente os resultados no combate ao câncer.

3. Inibe os Ciclos Celulares Cancerígenos


A ivermectina atua inibindo os ciclos das células cancerígenas e induzindo o estresse mitocondrial, levando à morte dessas células. Esse mecanismo é crucial para prevenir a proliferação do câncer e impedir seu avanço.

4. Previne a Formação de Novos Vasos Sanguíneos


Ao inibir a formação de novos vasos sanguíneos próximos às células cancerígenas, a ivermectina priva essas células do suprimento de nutrientes essenciais, dificultando seu crescimento e disseminação.

5. Sinergiza com a Imunoterapia


Estudos indicam que a ivermectina pode sinergizar com a imunoterapia, aumentando a resposta imunológica do corpo no combate ao câncer. Essa combinação pode potencializar os efeitos dos tratamentos imunoterápicos e melhorar os resultados para os pacientes.

6. Tem como Alvo as Células-Tronco Cancerígenas


Ao concentrar-se nas células-tronco cancerígenas, a ivermectina ataca a raiz da resiliência e da capacidade de recorrência do câncer. Essas células são frequentemente responsáveis pelo reaparecimento da doença após o tratamento inicial.

7. Estudo de Caso: Rick Alderson


O caso de Rick Alderson, um paciente com câncer terminal de cólon metastatizado para o fígado, é um exemplo marcante do potencial da ivermectina no combate ao câncer. Após iniciar o tratamento com ivermectina, Alderson viu uma redução significativa na carga tumoral e viveu além do prognóstico inicial, atribuído ao uso dessa droga em conjunto com a quimioterapia.

Essas evidências destacam o papel promissor da ivermectina como uma potencial "droga poderosa" no tratamento do câncer. No entanto, mais pesquisas são necessárias para validar esses achados e explorar todo o potencial terapêutico desse medicamento.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Sugestão de suplemento

Postar um comentário

0 Comentários

Fechar Menu