Essas toxinas são encontradas em "vacinas" convencionais e novas

Ele se refere a 58 "vacinas" atualmente em uso contra uma série de patógenos


Essas toxinas são encontradas em "vacinas" convencionais e novas
Essas toxinas são encontradas em "vacinas" convencionais e novas - Report24

No site do CDC dos EUA você pode encontrar uma lista dos ingredientes das chamadas "vacinas". Todas essas substâncias são bem conhecidas dos críticos, mas muitas vezes são minimizadas pelo lobby farmacêutico ou enquadradas na direção de "teorias da conspiração" e "fake news" por meio da desinformação. 

[Em outros casos, as alegações das autoridades de saúde, dizem que são níveis de toxinas controladas e que não são o suficiente para prejudicar a saúde. Mas com a quantidade de injeções que são injetadas esse é o ponto... e o acumulo acontece.] Entre as substâncias estão fosfato de alumínio, fomaldeído, propiolactona, timerosal e similares, mas também células cancerígenas e bactérias E. coli. Danos nos nervos, câncer, infertilidade e morte são alguns dos possíveis efeitos colaterais indesejados.

A lista do CDC pode ser encontrada aqui na forma de um documento PDF. [Você pode ver aqui também um artigo que publicamos ] Ele se refere a 58 "vacinas" atualmente em uso contra uma série de patógenos – da febre amarela à gripe. Todos eles contêm ingredientes extraordinariamente questionáveis que são realmente tóxicos ou mesmo cancerígenos. Alguns deles são destinados a aumentar a vida útil ou evitar a contaminação, enquanto outros permanecem no soro da vacina porque a filtragem não é completa após vários processos de fabricação.


Por exemplo, muitas vezes relatamos as deficiências na filtragem das "vacinas" contra a Covid-19, que levam à permanência de resíduos orgânicos na vacina, que são capazes de alterar o DNA do corpo humano a longo prazo. Mas as "vacinas" contra a Covid-19 não são os únicos sprays que têm conteúdo questionável. Na maioria dos casos, estamos falando de substâncias adicionadas intencionalmente – além disso, há contaminantes comprovados em estudos como abrasão de máquinas, veja: Estudo comprova: Micropartículas perigosas em todas as vacinas examinadas.

Aqui está uma seleção das substâncias que estão nos soros da vacina:


Formaldeído/Formalina – Veneno sistêmico altamente tóxico e cancerígeno (Wikipedia).
Betapropiolactona – Química tóxica e cancerígena. Pode causar morte/dano permanente em exposição muito curta a pequenas quantidades. Químico corrosivo (Wikipedia).
Brometo de hexadecil trimetilamônio – Pode causar danos ao fígado, sistema cardiovascular, e sistema nervoso central. Pode ter efeitos sobre a capacidade reprodutiva e defeitos congênitos (Wikipedia).
Hidróxido de alumínio, fosfato de alumínio e sais de alumínio – neurotoxina. Há um risco de inflamação a longo prazo / inchaço do cérebro, distúrbios neurológicos, doenças autoimunes, doença de Alzheimer, demência e autismo. Entra no cérebro, onde persiste indefinidamente.
Timerosal (mercúrio) – neurotoxina. Causa dano celular, reduz a atividade de oxidação-redução, degeneração celular e morte celular. Ligado a distúrbios neurológicos, Alzheimer, demência e autismo (Wikipedia).
Polisorbato 80 e 20 – penetra na barreira hematoencefálica e transporta alumínio, timerosal e vírus.
Glutaraldeído – Produto químico tóxico usado como desinfetante para dispositivos médicos sensíveis ao calor (Wikipedia).
Soro fetal bovino – obtido de fetos bovinos (fetos de vaca) retirados de vacas prenhes antes do abate.
Células de fibroblastos diploides humanos – células de fetos humanos abortados. O DNA estrangeiro tem a capacidade de interagir com o nosso.
Células de rim de macaco vervet africano – podem transmitir o vírus SV40, causador do câncer, que já infectou cerca de 30 milhões de americanos.
Acetona – Pode causar danos nos rins, fígado, e nervos.
E.coli – bactérias fecais que desempenham um papel no processo de fabricação.
DNA de circovírus suíno tipo 1 Culturas de células pulmonares embrionárias
humanas de fetos abortados

Esta lista foi compilada pela Expose-News e é baseada na lista do CDC vinculada acima. Há também referência a este documento, que descreve o papel que o sangue bovino desempenhou na produção de vacinas contra a coqueluche – que nunca poderiam ser completamente filtradas do soro. 

Uma descrição mais detalhada dos ingredientes da vacina pode ser encontrada em inglês no https://vaccine.guide/vaccine-ingredients/. Especialmente como resultado da crise do Corona, é altamente recomendável pensar cuidadosamente sobre qualquer vacinação. 

O mundo também está à beira de a OMS assumir o poder sobre os sistemas de saúde – que pode então decretar centralmente quais vacinas todas as pessoas no mundo têm que suportar à força. Artigo original em Report24
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.