FDA agora está recuando: a difamação da ivermectina foi apenas uma “recomendação” para não tomá-la

Os advogados que representam o FDA tentaram fingir que o FDA nunca restringiu a ivermectina


FDA agora está recuando: a difamação da ivermectina foi apenas uma “recomendação” para não tomá-la

A equivalente agência do Brasil, Anvisa, Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) está tentando remove a sua culpa na história da pandemia, alegando que nunca disse aos americanos para não tomar ivermectina para o coronavírus (Covid-19). Porque disso agora? As verdades sobre tratamentos e pandemia estão vindo atona cada vez mais e, eles são os responsáveis por toda a trama maliciosa da pandemia por cometer crimes contra a humanidade. 
Um conluio global de criminosos para favorecer indústrias farmacêuticas e suas vacinas mortais, é claro.

A FDA insiste que fez apenas uma “recomendação” para que as pessoas não tomassem o medicamento antiparasitário genérico, que foi aprovado pela primeira vez pela FDA para uso humano em 1996. A Ivermectina também é considerada pela Organização Mundial da Saúde [OMS] como um “medicamento essencial”. Além disso, informamos que: o uso global da ivermectina acabaria com a pandemia de COVID-19. Também informamos diversas vezes que a ivermectina é comprovadamente mais eficaz que as vacinas Covid. Veja aqui

Semelhantemente: A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aqui do Brasil, que estava aparentemente preocupada com a saúde dos cidadãos brasileiros, também restringiu o tratamento aos cidadãos brasileiros: decidiu em uma portaria publicada no Diário Oficial da União em 2020, que a ivermectina e outros, só poderia ser obtido com receita médica enquanto durar a pandemia de Covid-19. 

FDA: Tentando reescrever a história


Em uma audiência de 1º de novembro, os advogados que representam o FDA tentaram fingir que o FDA nunca restringiu a ivermectina, tornando-a quase impossível de obter. Não, em vez disso, o FDA apenas disse: “pare” se você quiser, de acordo com a equipe jurídica da agência federal.

“As declarações citadas não eram diretivas”, afirma Isaac Belfer, um dos advogados do FDA. “Não eram obrigatórios. Eram recomendações. Eles disseram o que os partidos deveriam fazer.”

“Disseram, por exemplo, porque não se deve tomar ivermectina para tratar a COVID-19. Eles não disseram que você não pode fazer isso, você não deve fazer isso. Eles não disseram que é proibido ou ilegal. Eles também não disseram que os médicos não podem prescrever ivermectina”. “Eles usam linguagem informal, isso é verdade. É conversacional, mas não obrigatório.”

Os médicos querem que o FDA seja responsabilizado por interferir nas prescrições de ivermectina


Diga tudo isso aos médicos em todo o país que foram ameaçados de ter suas licenças médicas revogadas por prescrever ivermectina, ou aos pacientes que tiveram problemas para receber remessas de ivermectina pelo correio porque o FDA / semelhantemente a Anvisa do Brasil, estava conspirando para interceptar remessas.

A essência do caso tem a ver com três médicos que estão processando o FDA por interferir em sua capacidade de prescrever ivermectina e outros medicamentos aos pacientes. Para muitos, a ivermectina foi um salva-vidas, e esses médicos estavam apenas prescrevendo o que achavam melhor para seus pacientes.

Em 2021, o FDA criou uma página inteira chamada “Por que você não deve usar a ivermectina para tratar ou prevenir o COVID-19” que muitos conselhos de saúde locais e estaduais usavam para perseguir médicos que ousavam prescrevê-lo de qualquer maneira. Este é o cerne do processo. 
O processo acusa o FDA de interferir na prática médica dos médicos, incluindo várias violações da Lei Federal de Alimentos, Medicamentos e Cosméticos.

O conluio global e principalmente e grande mídia/ imprensa podres também publicavam de forma infame declarações de zombaria dos usuários de ivermectina, dizendo-lhes que “Você não é um cavalo. Você não é uma vaca. Sério, pessoal. Pare com isso. Isso era para ser engraçado, a implicação é que a ivermectina é apenas “pasta de cavalo”. Embora a droga esteja disponível em lojas de rações locais para uso em animais, ela também é aprovada pela FDA para humanos – e tem sido assim por quase 30 anos.

A verdade é que a ivermectina é amplamente utilizada em todo o mundo em humanos para tratar parasitas – e funciona bem, mostram estudos. 

A ivermectina já está mais que provado pela ciência, médicos, e quem faz o uso, que previne, trata e cura da COVID-19, promovendo uma eficácia acima de 83% superior a vacinas que não existe prova científica de longo prazo sobre seus possíveis efeitos negativos, no entanto, essas informações estão sendo manipuladas pelos meios de comunicação de massa, ignoradas por agências reguladoras e políticos, pagos pelos gigantes farmacêuticas para distanciar o público dessa verdade inconveniente. 
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico



Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.