"Passaporte de imunização": coagir, restringir, discriminar e criminalizar o direito de ir e vir

Vacinação: "Passaporte de imunização": coagir, restringir, discriminar e criminalizar o direito de ir e vir ... Cria o Passaporte Nacional de Imunização e Segurança Sanitária (PSS), contendo informações sobre vacinação, testagem e recuperação de doenças

Fabio Allves
Compartilhe:
"Passaporte de imunização": coagir, restringir, discriminar e criminalizar o direito de ir e vir

A Iniciativa do Senador Carlos Portinho (PL/RJ) para criar o chamado Passaporte Nacional de Imunização e Segurança Sanitária (PSS), parece agora que será o meio de coagir, restringir e criminalizar o direito de ir e vir da sociedade, será um tipo de discriminação de saúde. Supostamente estão avançando com planos para implantar um "sistema de verificação de vacina" para empresas privadas e, "locais públicos", escolas e transporte público para verificar se tais cidadãos tomaram a picada venenosa contra o coronavírus Covid- 19, qual resultado deu sua testagem, qual sua recuperação de doenças infecciosas para poder dar uma bandeira VERDE de passe, ou uma bandeira VERMELHA de restringido.

Esse "passaporte sanitário" é apenas mais um degrau que está seguindo a agenda globalista do eugenista Bill Gates para logo mais pular para o próximo degrau de exigências de um chip injetável  ou uma marca que possa ser escaneado como prova de injeção, permitindo que uma pessoa compre ou venda como "normal". Veja: Bill Gates exige vacinação global com marca de certificado digital de imunidade

"Passaporte sanitário", poderá ser um substituto do uso de máscaras e das coerções policiais ao mostrar esse documento digital, contendo suas informações se você é uma pessoa vacinada, testada ou recuperada de doenças infectocontagiosas. No entanto, o que a grande mídia não fala é, que esse "passaporte sanitário" poderá deixar muitos sem suas liberdades ao se recusarem um teste Covid-19 e as vacinas experimentais, podendo restringir todos que não querem a picada venenosa experimental a frequentar locais públicos, trabalhos, escolas, supermercados, parques, praias etc. Em outras palavras, torná-lo um indigente em meio a sociedade, um "criminoso da saúde pública", pois não está em dia com as exigências dos tiranos.

Entre outros pontos, o texto prevê que o passaporte possa ser utilizado para autorizar a entrada (ou RESTRINGIR) em locais e eventos públicos, para a utilização de meios de transporte coletivos, o ingresso em hotéis, cruzeiros, parques e reservas naturais. O documento seria implementado por meio de uma plataforma digital, operada pela União em coordenação com entes federativos e com os serviços privados de saúde credenciados. No site, também será possível emitir o Certificado de Nacional de Vacinação; o Certificado de Vacinação Internacional e Testagem; o Certificado de Testagem e o Certificado de Recuperação de Doença Infectocontagiosa.(Fonte)

Você poderá ser restringido até de viver


Mesmo que eles afirmem que as informações médicas vão permanecer privadas, o que nunca realmente é, as empresas poderão exigir um comprovante de vacinação antes que os clientes possam fazer compras, igualmente feirantes, ambulantes, autônomos entre outros. Portando, podendo restringir, coagir, discriminar aqueles que se opõe a esse experimento em massa chamado de imunização contra a Covid-19.

As máscaras são inúteis e prejudiciais, assim como as "vacinas", mas alguns senadores por alguma razão, estão fazendo o possível para tentar forçá-las às pessoas com uma ponta de uma arma, para fazer todos caírem na injeção experimental, mesmo que algumas pessoas não podem tomá-las.

Esses senadores, não generalizando, realmente estão empenhados em implementar esse programa do tipo “passaporte de comprovação de vacina por favor” em todos os Estados brasileiros, muitos já estão planejando falsificar cartões de vacinação ou outra papelada para continuar a poder comer sem ter que primeiro tomar seu veneno "vacina Covid-19" de redução de expectativa de vida.

Esse Covid-19 que pode ser prevenido é tratável e colocado como um terror pela grande mídia fascista está sendo usado para justificar medidas autoritárias que estão sendo colocadas sobre a população, no qual dizem em combater o coronavírus, no entanto, estão combatendo as liberdades a democracia e as pessoas de todas as formas e não o vírus em si, a não ser, que eles consideram as pessoas o vírus dessa Terra... O cerco está se fechando. -- SE ALGUÉM TEM OU SABE DE ALGUMA PETIÇÃO NOS ENVIE!

Coletividade Evolutiva , "Passaporte de imunização": coagir, restringir, discriminar e criminalizar o direito de ir e vir , Bill gates , Brasil , Ciência , Coronavírus , Covid-19 , descobrindo , Governo , Sociedade , Sociedade e governo , Tecnologia , Vacina , Vacinação ,

Explore mais sobre:

Compartilhe:
RELATAR ERROS:
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.