A Ivermectina combate Covid-19 em 75% (supera vacinas) revela mais 30 estudos no mundo

Sociedade: A Ivermectina combate Covid-19 em 75% (supera vacinas) revela mais 30 estudos no mundo - Ivermectina reduz as infecções por Covid em cerca de 75 por cento superando as vacinas perigosas.

Fabio Allves
A Ivermectina combate Covid-19 em 75%  (supera vacinas) revela mais 30 estudos no mundo

Novo estudo revisado por pares, revela que a ivermectina reduz as infecções por Covid em cerca de 75 por cento superando as vacinas perigosas que tem induzido mais infecção do que proteção. 
Mais de 30 estudos em todo o mundo descobriram que a ivermectina causa 'melhorias repetidas, consistentes e de grande magnitude nos resultados clínicos' em todos os estágios da doença. Mas claro, como sempre as evidências serão sucumbidas e ignoradas para manter o público em bolhar de pandemônio.

A ivermectina, um medicamento barato, usado no tratamento de vários tipos de infestações por parasitas, tem sido usado por centenas de milhões de pacientes nos últimos 30 anos contra parasitas, no entanto, segundo centenas de estudos, tem mostrado seu valor no combate ao coronavírus da China, reduzindo as infecções, hospitalizações e mortes por Covid em cerca de 75 por cento.

Já a hidroxicloroquina outro medicamento barato que estava salvando vidas, com o uso precoce pode-se reduzir as hospitalizações por Covid-19 em 84%, segundo estudos. Já houve mais 230 estudos médicos internacionais que encontraram uma taxa de sucesso de 67% usando hidroxicloroquina para o tratamento de Covid.
 Isso significa que já poderíamos ter acabado com pandemia usando essa combinação precocemente. 

 Isso deixa claro que muitas autoridades, agências e órgãos reguladores estão ignorando-os - não querem salvar vidas, logo proibiram o uso desses medicamentos, e promovendo vacinas experimentais criadas em menos de 1 ano, no qual tem devastado com efeitos adversos sérios e induzido a morte de milhões.

A Ivermectina pode reduzir as mortes por Covid-19 em 75 por cento


O estudo revisado por pares, está há ser publicado no jornal americano Frontiers of Pharmacology (ou pelo menos vão tentar a publicação, já que estão sucumbindo evidências de tratamentos eficazes que não seja vacinas),- os autores, diz que as evidências são tão fortes que a Ivermectina deve se tornar uma terapia padrão em todos os lugares, acelerando assim a recuperação global.

O co-autor do estudo, Professor Paul Marik, diretor de emergência e cuidados pulmonares da Eastern Virginia Medical School, nos Estados Unidos, disse:

'Os dados são impressionantes - estamos em uma pandemia, e esta é uma maneira incrivelmente eficaz de combatê-la. Se usarmos ivermectina amplamente, nossas sociedades podem retomar suas "normalidades"

Um estudo anterior do professor Andrew Hill, da Universidade de Liverpool, também concluiu que a ivermectina reduz as taxas de mortalidade em cerca de três quartos.

A Dra. Tess Lawrie, diretora da Consultoria de Medicina Baseada em Evidências em Bath, convocou uma cúpula online de especialistas internacionais no último fim de semana para discutir os novos dados. Ela incluiu evidências de que o uso disseminado de ivermectina em partes da Índia e da América do Sul levou a uma grande redução de infecções e mortes. Recomendado: Países que utilizam hidroxicloroquina tem menos mortes por Covid, revela estudo

Ontem, a Dra. Lawrie apresentou um relatório de 97 páginas à Organização Mundial da Saúde, instando-a imediatamente a recomendar ivermectina para tratar Covid, algo, que a OMS  tem ignorado completamente e provendo as vacinas de Bill Gates, seu maior financiador.

O medicamento, tomado na forma de comprimido ou colírio, é licenciado na Grã-Bretanha apenas como tratamento para parasitas. A Agência Reguladora de Medicamentos e Saúde do Reino Unido disse estar ciente do estudo global sobre o uso de ivermectina para tratar Covid-19 e que suas evidências seriam revisadas.

Médicos, pesquisadores honestos e éticos de todo o mundo, tem sido silenciados por promover esses tratamentos evidentemente mais eficazes do que as supostas vacinas "seguras" promovidas pela grande mídia, autoridades, agências e organizações, e provavelmente essas novas provas serão difamadas, manipuladas para desacredita o público,-  para manter a fé apenas em vacinas perigosas e o genocídio induzido por vacinas experimentais atualmente em uso em todo o mundo e que foram criadas em menos de 1 ano.

Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade

Compartilhe : A Ivermectina combate Covid-19 em 75% (supera vacinas) revela mais 30 estudos no mundo

MARCADORES [Coletividade Evolutiva] Bill gates | Coronavírus | Covid-19 | descobrindo | Governo | Hidroxicloroquina | Ivermectina | saúde | Saúde e medicina | Sociedade


Autor: Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.