Toma lhe veneno Brasil: Governo vai liberar agrotóxicos que não for analisado em até 60 dias

Toma lhe veneno Brasil: Governo vai liberar agrotóxicos que não for analisado em até 60 dias

De acordo com o portal Estadão - O governo decidiu aprovar a entrada de novos agrotóxicos no País, caso esses produtos não sejam analisados pelo próprio poder público no prazo de até 60 dias.

A decisão foi publicada nesta quinta-feira, 27, no Diário Oficial da União pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Pelo texto da portaria 43, que tem a data de 21 de fevereiro, fica liberada a “aprovação tácita” de agrotóxicos nos casos em que o próprio ministério, por meio de sua Secretaria de Defesa Agropecuária, descumprir o prazo de 60 dias para análise do pedido.





O governo argumenta que a aprovação dos agrotóxicos não exime fabricantes da necessidade de submeter seus produtos a análises dos ministérios da Saúde e Meio Ambiente. Em janeiro, o Ibama declarou ao Estado que iria vetar o licenciamento tácito a processos ligados à liberação de novos agrotóxicos.

O portaria do Mapa entra em vigor em 1 de abril. A licença automática é tema extremamente polêmico entre especialistas do meio ambiente.


Quer remover os agrotóxicos dos alimentos - assista


Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Coletividade Evolutiva

Coletividade Evolutiva
O Coletividade Evolutiva, esta ligado ao dever e justiça de informar a sociedade de forma que ajudarão a viver melhor, enxergar através das cortinas que nos limitam o pensamento, quebrando assim as velhas formas de pensar. Examinamos o que percebemos como os problemas mais importantes em nossa sociedade atual, discutimos possíveis soluções e alternativas que podem nos ajudar a reconstruir nossa sociedade.Publicamos informações que nos desafiam o pensamento e os nossos preconceitos. | Telegram

Talvez você goste