Vitamina C Intravenosa: Uma Cura Esquecida Contra Doenças Virais, Incluindo Coronavírus

Desde as décadas de 1940 e 1950, estudos vêm destacando as notáveis propriedades de cura da vitamina C contra várias doenças.

Vitamina C Intravenosa: Uma Cura Esquecida Contra Doenças Virais

Desde as décadas de 1940 e 1950, estudos vêm destacando as notáveis propriedades de cura da vitamina C, impulsionadas pelo trabalho pioneiro do Dr. Frederick R. Klenner. Médico e pesquisador, Klenner utilizou megadoses de vitamina C intravenosa (direto na veia), na forma de ácido ascórbico, para tratar uma variedade de doenças virais.

O Dr. Klenner ficou famoso por sua abordagem ousada e inovadora no tratamento de doenças virais. Ele começou a tratar a poliomielite com doses massivas de vitamina C, alcançando resultados impressionantes em um curto espaço de tempo. Relatou também sucesso no tratamento de doenças como herpes zoster, difteria, pneumonia viral, gripe e muito mais.

Em 1948, o Dr. Frederick R. Klenner começou a tratar a poliomielite com doses de 1.000 a 2.000 mg de ácido ascórbico - administradas a cada duas a quatro horas nas primeiras 24 horas, depois a cada 4 a 6 horas nas 48 horas seguintes.

E, os resultados foram impressionantes, o Dr. Frederick R. Klenner relatou que todos os pacientes estavam "clinicamente bem" após 72 horas.

Como a vitamina C não é produzida no organismo, ela deve ser obtida através de dieta ou suplementação adequada de alta qualidade. E deficit podem ter consequências terríveis. A falta de vitamina C faz com que as artérias se tornem frágeis e se rompam - um problema que o corpo tenta reparar com depósitos de colesterol. Infelizmente, essa tentativa de resgate pode sair pela culatra, com as artérias entupidas pela placa aterosclerótica. O resultado? Um risco aumentado de ataque cardíaco e derrame.


Voltando para nossos dias atuais, uma das causas mais comuns de morte por influenza, coronavírus e outras infecções respiratórias semelhantes são uma tempestade de citocinas, também conhecida como hipercitocinemia, é uma resposta imunológica excessiva que pode causar danos ao corpo humano, que é basicamente uma resposta inflamatória tão grave que acaba prejudicando o corpo a ponto de causar ferimentos graves ou morte.

A vitamina C pode ajudar a atenuar esta resposta de citocinas descontrolada, mantendo-a um limiar mais baixo, mais seguro para a cura em vez de novas lesões. No entanto, como lemos logo acima, o Dr. Frederick R. Klenner já tem a resposta para uma cura contra o coronavírus COVID-19 e outras doenças semelhantes.

Os ensaios clínicos com tratamentos intravenosos de vitamina C contra o coronavírus começaram na China e também em hospitais de Nova York também foram iniciados com sucesso na era pandêmica (No Brasil uma médica foi punida por usar essa técnica Aqui),- Voltando para o Tratamento na China, foram liderados por pesquisadores como o Dr. Richard Cheng.

Apesar do interesse renovado de alguns pesquisadores, como o Dr. Harri Hemilä, bioquímico, médico e epidemiologista, a falta de atenção para com a vitamina C ainda persiste dentro da ciência médica. Hemilä, ao longo de mais de 20 anos, tem analisado estudos sobre os efeitos da vitamina C, incluindo sua eficácia contra o resfriado comum e, mais recentemente, contra a Covid-19.

Em um artigo de revisão publicado na revista Life, Hemilä destaca o preconceito persistente contra a vitamina C na medicina convencional. Ele argumenta que muitos estudos subestimam ou distorcem os benefícios da vitamina C, resultando em conclusões equivocadas sobre sua eficácia no tratamento de infecções, incluindo a Covid-19.

Um exemplo citado por Hemilä é o estudo COVID-A a Z, no qual os autores concluem erroneamente que a vitamina C é ineficaz contra a Covid-19, apesar de evidências em contrário. Ele destaca que preconceitos e desinformação são obstáculos significativos para a aceitação generalizada do potencial terapêutico da vitamina C.

A vitamina C vai muito além desses principais befécios para a saúde geral:


  • Fortalecimento do Sistema Imunológico: A vitamina C é essencial para o funcionamento adequado do sistema imunológico, ajudando o corpo a combater infecções e doenças.
  • Antioxidante Poderoso: Como um antioxidante, a vitamina C ajuda a proteger as células do corpo contra danos causados pelos radicais livres, reduzindo o risco de doenças crônicas e o envelhecimento precoce.
  • Promoção da Saúde da Pele: A vitamina C é importante para a produção de colágeno, uma proteína essencial para a saúde da pele. Ela ajuda a manter a pele firme, saudável e com uma aparência jovem.
  • Cicatrização de Feridas: A vitamina C desempenha um papel crucial na cicatrização de feridas, ajudando o corpo a formar novo tecido e a reparar lesões na pele.
  • Saúde Cardiovascular: Estudos sugerem que a vitamina C pode ajudar a reduzir o risco de doenças cardiovasculares, diminuindo a pressão arterial e melhorando a função dos vasos sanguíneos.
  • Redução do Estresse Oxidativo: A vitamina C pode ajudar a reduzir o estresse oxidativo no corpo, protegendo contra danos celulares e inflamação.
  • Absorção de Ferro: A vitamina C aumenta a absorção de ferro não-heme, a forma de ferro encontrada em alimentos de origem vegetal, ajudando a prevenir a deficiência de ferro e a anemia.
  • Saúde Ocular: Alguns estudos sugerem que a vitamina C pode ajudar a reduzir o risco de doenças oculares relacionadas à idade, como catarata e degeneração macular.
  • Redução dos Sintomas de Resfriado Comum: Embora não previna o resfriado comum, a vitamina C pode reduzir a duração e a gravidade dos sintomas, ajudando a acelerar a recuperação.
  • Melhora da Saúde Mental: A vitamina C está associada a uma função cognitiva melhorada e pode ajudar a reduzir o risco de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer e demência.

Esses são apenas alguns dos muitos benefícios da vitamina C para a saúde. É importante garantir a ingestão adequada desse nutriente essencial por meio de uma dieta equilibrada ou suplementação, especialmente para colher todos os seus benefícios.

Diante desse cenário, é essencial que a comunidade médica reavalie sua abordagem em relação à vitamina C e reconheça seu papel fundamental no fortalecimento do sistema imunológico e regulação e no combate a doenças virais. A vitamina C não é apenas um nutriente, mas também uma poderosa ferramenta terapêutica que merece ser investigada e utilizada de forma eficaz para o benefício da saúde pública.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Sugestão de suplemento

Postar um comentário

0 Comentários

Fechar Menu