Declaração Mundial do Clima: Não há crise climática. Tudo é ecofacismo e propaganda falsa para impor lockdown climático

Basicamente o lockdown climático, visa interromper empresas, industrias, produção de alimentos, consumo de carne, movimentações de carros particulares


Declaração Mundial do Clima: Não há crise climática. Tudo é ecofacismo e propaganda falsa para impor lockdown climático

A ciência climática deve ser menos política, enquanto as políticas climáticas devem ser mais científicas. Em particular, os cientistas devem enfatizar que sua produção de modelagem não é o resultado de mágica: os modelos de computador são feitos pelo homem. 

O que sai é totalmente dependente do que teóricos e programadores bem renumerados colocaram com objetivos de geopolítica e dominação, impostos e privatização de bens: hipóteses, suposições, relações, parametrizações, restrições de estabilidade, etc. Infelizmente, na ciência climática convencional é uma jogada de geopolítica climática com objetivos obscuros contra a humanidade.

Acreditar no resultado de um modelo climático é acreditar no que os fabricantes do modelo ou as entidades globalistas pagaram para colocar e propagar como fato. Esse é justamente o problema da discussão climática atual, para a qual os modelos climáticos são centrais. A ciência climática degenerou em uma discussão baseada em crenças, não em uma ciência autocrítica sólida. 

Devemos libertar-nos da crença ingênua em modelos climáticos imaturos. No futuro, a pesquisa climática deve dar significativamente mais ênfase à ciência empírica.

A Declaração Mundial do Clima (CMD) reuniu uma grande variedade de cientistas competentes de todo o mundo*. O considerável conhecimento e experiência deste grupo é indispensável para alcançar uma visão equilibrada, desapaixonada e competente das alterações climáticas.

A partir de agora, o grupo vai funcionar como "Global Climate Intelligence Group". O Grupo CLINTEL dará conselhos solicitados e não solicitados sobre mudanças climáticas e transição energética para governos e empresas em todo o mundo. Não é o número de especialistas, mas a qualidade dos argumentos que conta. Clique aqui para ler a Declaração Mundial do Clima e todos os signatários.

Geoengenharia e não Mudanças Climáticas: ecofacismo


Estamos no meio de uma guerra de geoengenharia? A resposta é sim! Alertei inúmeras vezes que esse momento iria colapsar todas as outras preocupações, como economia e saúde. A geoengenharia ou engenharia do clima é uma guerra tecnológica de modificação, ou indução do clima como arma - armar as forças da natureza contra a humanidade sob o disfarce da propaganda ecofacista de que há uma crise climática causada pelo homem.

Todos nós dependemos completamente dos sistemas de suporte à vida da Terra, esses sistemas foram descarrilados e dizimados por décadas pela estrutura de poder global. Os programas globais de geoengenharia/gerenciamento de radiação solar/ hackeamento do clima não são apenas propostas, mas há muito são uma realidade catastrófica.

A mídia propaga ecofacismo esmagadoramente sobre qualquer evento pelas mudanças climáticas. Por quê? Porque os globalistas e seus fantoches do ecofacismo afirma que tudo o que é nefasto agora é causado pelas mudanças climáticas. As mortes por vacinas são por causa das mudanças climáticas. Acidentes aéreos são – mudanças climáticas. O caos em toda a cidade é causado pelas mudanças climáticas. Tudo porque a mídia propaga o ecofacismo sobre isso.

De fato, a equipe do Project Veritas obteve a verdade/ confissão do diretor técnico da CNN Charlie Chester . Revelando como a farsa da Covid está completamente desfeita e ninguém está mais interessado nela, a agenda globalista acionou o que é chamado "pânico climático". 

Ele admite que a propaganda do medo pelo ecofacismo foi acionado e que tudo agora será a propaganda de emergência climática, assim como foi a propaganda da farsa da pandemia corona para forçar lockdowns/ máscaras/colapso de pequenas empresas/liberdades civis e vacinas experimentais - ou seja, experimento em massa.

Basicamente o lockdown climático, visa interromper empresas, industrias, produção de alimentos, consumo de carne, movimentações de carros particulares, etc - semelhante à "pandemia Covid" - Isso possivelmente levará ao aumento de famintos, vidas destruídas, escassez, desemprego, quebra dos negócios e perdas de propriedades privadas, além é claro, a liberdade. Isso levantará o autoritarismo e controle global.

Não há crise climática


Uma rede global de mais de 1609 cientistas e profissionais preparou esta mensagem urgente. A ciência climática deve ser menos política, enquanto as políticas climáticas devem ser mais científicas. Os cientistas devem abordar abertamente as incertezas e os exageros em suas previsões sobre o aquecimento global, enquanto os políticos devem contar desapaixonadamente os custos reais, bem como os benefícios imaginados de suas medidas políticas.

Fatores naturais e antropogênicos causam mudanças


O arquivo geológico revela que o clima da Terra tem variado desde que o planeta existiu, com fases frias e quentes naturais. A Pequena Idade do Gelo terminou em 1850. Portanto, não é surpresa que estejamos vivendo um período de novas mudanças. 

Também não podemos ignorar o fato, que o planeta está sendo intencionalmente hackeado por tecnologias de modificação climática ou indução do clima como arma - armar as forças da natureza contra a humanidade sob o disfarce da propaganda "mudanças climáticas"/ ecofacista de que os humanos precisam parar/ lockdown climático em suas atividades se não o clima colapsará a humanidade. 

Aquecimento é muito mais lento do que o previsto


O mundo aqueceu significativamente menos do que o previsto pelo ecofacista IPCC com base em força antropogênica modelada. A lacuna entre o mundo real e o mundo modelado nos diz que estamos longe de entender as mudanças climáticas.

Política climática baseia-se em modelos inadequados


Os modelos climáticos têm muitas deficiências e não são remotamente plausíveis como ferramentas de política global. Eles explodem o efeito de gases de efeito estufa, como o CO2. Além disso, ignoram o fato de que enriquecer a atmosfera com CO2 é benéfico.

CO2 é alimento para as plantas, a base de toda a vida na Terra


CO2 não é um poluente. É essencial para toda a vida na Terra. A fotossíntese é uma bênção. Mais CO2 é benéfico para a natureza, esverdeando a Terra: CO adicional2 no ar tem promovido o crescimento da biomassa vegetal global. Também é bom para a agricultura, aumentando a produtividade das culturas em todo o mundo. Sem CO2  é = sem alimentos = sem vida vegetal = morte humana, animais e natureza.

Aquecimento global não aumentou desastres naturais


Não há evidências estatísticas de que o aquecimento global esteja intensificando furacões, inundações, secas e desastres naturais semelhantes, ou tornando-os mais frequentes. No entanto, há ampla evidência de que o CO2-as medidas de mitigação são tão prejudiciais quanto dispendiosas.

A política climática deve respeitar as realidades científicas e econômicas


Não há emergência climática. Portanto, não há motivo para pânico e alarme. Temos que resistir e lutar contra a irrealidade que querem nos impor a todo custo - CO líquido zero2 política proposta para 2050. Se surgirem melhores abordagens, e certamente surgirão, teremos tempo suficiente para refletir e nos readaptar. 

O objectivo da política global deve ser a "prosperidade para todos", fornecendo energia fiável e a preços acessíveis em todos os momentos. Numa sociedade próspera, homens e mulheres são bem educados, as taxas de natalidade são baixas e as pessoas preocupam-se com o seu ambiente.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Uma pequena pausa antes de continuar


Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.