TEATRO PLANEJADO: Guerra na Ucrânia projetada para distrair as pessoas das mortes vacinais de COVID

“Esse é um pensamento assustador para digerir. Mas pense nisso. A guerra é conhecida como 'teatro' nos livros de história e dicionários.


JOGOS MENTAIS: Guerra na Ucrânia projetada para distrair as pessoas das mortes vacinais de COVID

Agora que a maioria das pessoas está “totalmente vacinadas do COVID”, e agora que os danos à saúde à médio e longo prazo estão realmente começando a se manifestar, chega Vladimir Putin para invadir a Ucrânia, provocando uma campanha global de indignação que está desviando todo o despertar que muitas pessoas estavam começar a ver, as grandes Farmacêuticas criminosas e seu experimento vacinal em massa.

Mas os olhos de todos devem estar na gigante farmacêutica agora e nas pessoas que empurram seus produtos experimentais para todos em nome da luta contra um “vírus”. Crianças, adultos em todos os lugares estão morrendo com essas coisas, além disso, novas "doenças misteriosas" estão surgindo e a grande mídia não está falando nada sobre isso,

Embora seja certamente uma situação trágica pensar que as pessoas podem está morrendo na Ucrânia e em outros lugares, o fato é que muito mais pessoas estão morrendo com as injeções “seguras e eficazes” que nossos próprios governantes têm forçando nas pessoas há mais de um ano.

O Blog COVID dá um alerta para isso. Na verdade, este verdadeiro canal de notícias está fazendo ondas ao dissecar o novo capítulo de guerra da plandemia e seu propósito.

“O mundo inteiro é um palco”, disseram os editores do Blog COVID .

“Esse é um pensamento assustador para digerir. Mas pense nisso. A guerra é conhecida como 'teatro' nos livros de história e dicionários. Os programas de televisão são chamados de 'programas'. A maioria das leis nos Estados Unidos são chamadas de 'atos'”.

E se o conflito Rússia-Ucrânia for um evento projetado para encobrir o experimento vacinal COVID MACABRO e inaugurar uma nova ordem mundial?


Muito do que está sendo relatado sobre a Ucrânia agora é completamente falso, ao que parece. Imagens, vídeos, supostos relatórios “no terreno”: muito disso é propaganda projetada tanto para enganar quanto para distrair.

O que os poderosos não querem que você se concentre é no grande número de mortes , principalmente entre os jovens, que está ocorrendo graças às injeções mortais que causa morte e doenças que disseminam feito praga de vacinado para não vacinado.

“A invasão russa da Ucrânia é real. Pessoas jovens e velhas morrendo repentinamente de mRNA e injeções de DNA de vetor viral são reais. A propaganda e a manipulação da mídia convencional são reais”, relatou o Blog COVID .

“O objetivo deste último é normalizar e enterrar essas mortes em massa devido às injeções. Além disso, a grande mídia agora está começando a relatar algo sobre o qual escrevemos pela primeira vez no mês passado – que a Moderna possui a patente do SARS-CoV-2. A guerra é a única maneira de desviar e distrair totalmente da verdade.”

Não se deixe enganar por esta última campanha de propaganda. Fique atento e continue fazendo sua lição de casa. Continue incentivando seus amigos e familiares não vacinados a permanecerem com seu sistema imune natural e seus DNA intacto.

Agora sabemos que as injeções de RNA mensageiro (mRNA) da Pfizer (e provavelmente da Moderna também) entram no fígado e reprogramam permanentemente o DNA humano . Todos nos disseram que isso era impossível, mas aqui estamos. 

“O que está acontecendo na Ucrânia é a maneira antiquada de os poderes matarem e manipularem pessoas em massa”, alertou o Blog COVID .

“Pfizer, Moderna, etc. são os novos garotos do quarteirão, matando as massas lenta, silenciosa e voluntariamente. O que está acontecendo na Ucrânia vem acontecendo há 100 anos com todas as justas da 'União Soviética'. Orações para todos no mundo com tudo o que está acontecendo. Mas você pode querer orar especificamente por sua família, amigos e vizinhos vacinados, pois eles podem ser os próximos.”

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.