Adquira agora o e-book CULTIVANDO HORTA ORGÂNICA e  apenda tudo sobre o cultivo de hortas, do básico ao avançado,  desde o plantio até a colheita.
Últimas-notícias

Revista Exame relaciona vacina com Aids e altera matéria após Bolsonaro citar estudo

Últimas-notícias: Revista Exame relaciona vacina com Aids e altera matéria após Bolsonaro citar estudo... A revista alterou matéria após fala de Bolsonaro ser classificada como "fake news"

Fabio Allves
Compartilhe:
Revista Exame relaciona vacina com Aids e altera matéria após Bolsonaro citar estudo
Atualizado *
Um artigo do portal da Forbes de outubro de 2020, também correlacionou as vacinas da Covid com a HIV, intitulado: Notícia de outubro de 2020: pesquisadores alertam que algumas vacinas contra a Covid-19 podem aumentar o risco de infecção por HIV. *No entanto, a Forbes pouco depois deste artigo publicado, modificou seu artigo original (veja o print abaixo). Que absurdo o que está acontecendo! Com Fernando Conrado: A verdade é alterada ao seu bel-prazer- Vídeo.

A revista exame também publicou a matéria semelhante a da Forbes, no entanto, recentemente alterou a matéria após o representante do povo e do governo em sua Live de Quinta-feira da semana passada, citar dados que sugere que as injeções podem está desencadeando a degradação imunológica, algo que pode refletir a longo prazo em uma Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS). Algo inédito, é como as Big Thech censuraram e estão mandando mais que o próprio representante do Povo e do governo brasileiro.

De acordo com a mídia independente, Brasil Sem Medo, a Exame publicou em outubro de 2020 um estudo da revista The Lancet, o mesmo citado pelo portal Forbes, indicando que a tecnologia empregada na produção das vacinas contra a covid-19 poderia aumentar o risco de infecção do vírus HIV. A Revista alterou matéria após fala do representante ser classificada como "fake news". Matéria completa no BSM.

O que faz pensar, é em como aumentar o risco de HIV, se todos já corremos um alto risco de suscetibilidade ao ter contato  estreito com um líquido corporal que contenha o vírus ou células infectadas com o vírus (como sangue, sêmen ou líquidos vaginais)? Em outras palavras, o que eles estão alertando, é que algumas vacinas possivelmente podem desenvolver o HIV, ou seja, a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDs).

Veja o print que tiramos antes da Forbes modificar seu artigo!

O HIV é o vírus da Imunodeficiência Humana é um lentivírus que está na origem da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDs), uma condição em seres humanos na qual a deterioração progressiva do sistema imunitário propicia o desenvolvimento doenças de infeções oportunistas e canceres potencialmente mortais.

A Síndrome de Imunodeficiência Adquirida (AIDS) é conhecido por destruir ou prejudica as células do sistema imunológico e, progressivamente, a capacidade do organismo para combater infecções e certos tipos de câncer. Veja nosso artigo atualizado.

As muitas mortes desencadeadas por injeções Covid "colocadas na conta de variantes fictícias"


De acordo a mídia Theparadise.ng,  a Dra. Sherry Tenpenny previu com precisão que, de maio a agosto, milhares de mortes causadas pelas vacinas seriam falsamente atribuídas às variantes falsas. A Dra. Carrie Medej está agora falando abertamente contra os perigos da vacina por meio da nanotecnologia e dos elementos transhumanistas de como a IA por meio de nanopartículas em vacinas está se fundindo com ex-humanos geneticamente modificados OGM.

O veterano denunciante da vacina, Dr. Joseph Mercola, expõe a "redefinição médica" na redefinição da Nova Ordem Mundial, proclamada agora como o Grande Reset de Klaus Schwab. O cardiologista, internista e epidemiologista internacional renomado Dr. Peter McCullough tem causado grandes ondas, no final de agosto de 2021 afirmando que os vacinados carregam 251 vezes a carga viral do que os não vacinados. Dr. McCullough também promove imunidade natural e drogas benignas HCQ e Ivermectina em vez de vacinas prejudiciais, apenas declarando:

Estamos no meio de uma grande catástrofe biológica.


Até mesmo o inventor da tecnologia de vacinas de mRNA e DNA, Dr. Robert Malone , MD, critica as vacinas de mRNA da Covid-19 como bioeticamente irresponsáveis ​​e altamente perigosas:

Precisamos confrontar os dados [e] não tentar encobrir coisas ou esconder riscos.
O canadense Dr. Charles Hoffe ficou horrorizado ao saber que 62% de seus pacientes, principalmente das Primeiras Nações, sofreram danos permanentes com coágulo sanguíneo após receberem a vacina.

Esta semana, o médico, Dr. Vladimir Zelenko, afirmou em uma entrevista:

Se seguirmos o conselho de alguns dos 'líderes globais', como disse Bill Gates no ano passado, '7 bilhões de pessoas precisam ser vacinadas', então a taxa de mortalidade será de mais de 2 bilhões de pessoas. Então acorde! Esta é a Terceira Guerra Mundial.

Os médicos citados acima são apenas um punhado de inúmeros médicos heroicos que foram a público expondo suas preocupações e indignação.

O especialista em patentes e direitos intelectuais, Dr. David Martin, desconstrói a etiologia criminal da pandemia Covid-19, enquanto o ex-vice-presidente da Pfizer, cientista-chefe, Dr. Michael Yeadon , repetidamente fez seus terríveis avisos:

O design baseado em genes faz com que seu corpo fabrique proteína de pico de vírus, e sabemos, e sabemos há anos, que a proteína de pico de vírus desencadeia coágulos sanguíneos. Esse é um problema fundamental. Leia mais em: https://theparadise.ng/
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Veja mais sobre: , , , , , ,
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Apoie o nosso trabalho com uma | DOAÇÃO |
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas, questionando as raízes que constitui aparentemente nossa realidade, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tenho como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.

MAIS RECENTES