A agenda climática dos globalistas tiranos imitará sua tirania COVID

Governo: A agenda climática dos globalistas tiranos imitará sua tirania COVID - Agenda climática, pretende orquestrar crise alimentar global, para justificar políticas sobre o dióxido de carbono (CO₂) e muito mais

Fabio Allves
A agenda climática dos globalistas tiranos imitará sua tirania COVID

Se você acredita ou acreditou nos bloqueios tolos que negam a ciência verdadeira e mandatos de máscaras, a destruição generalizada de empresas, dos meios de subsistência da sociedade civil e economias, o governo e a grande mídia do psicológico fascista dizendo a você quais trabalhos são "essenciais" e como você deve se conduzir em sua própria casa, você pode esperar que agora está chegando a agenda climática, que mais do nunca, irá conduzir a humanidade a uma orquestrada crise alimentar global, para justificar políticas sobre o dióxido de carbono (CO₂), combustíveis "fosseis", propriedade privada, proibir comer carne, "bloquear o Sol" e muito mais.

Por décadas, os cultistas do clima da" Nova Religião das Elites do Primeiro Mundo" tentaram usar o medo - a destruição do planeta - e uma causa falsa - salvar o planeta - para convencer o mundo a promulgar a ciência perversa. Os globalistas da elite pretendem eliminar o dióxido de carbono da atmosfera("molécula da vida para as plantas") - são equivalentes a algum "demônio vegetal" malvado que tenta eliminar o oxigênio da atmosfera, causando a asfixia em massa de toda a raça humana. Assim como a eliminação de oxigênio é um genocídio contra humanos, a eliminação do dióxido de carbono é genocídio contra plantas.

Assim como estão usando a agenda globalista para combater as pessoas em pretexto de combater a suposta "pandemia", vão usar a agenda climática para tudo culminar para uma tecnocracia totalitária


Se você puder convencer as pessoas de que elas vão morrer se não fizerem o que você diz, os que estão no poder têm grande influência. Como CS Lewis advertiu muitas décadas atrás,  amante da liberdade, “um homem faminto pensa em comida, não em liberdade”. Porém, refuto essa frase com as minhas "Um homem pode ficar faminto, por falta de sua liberdade" Hoje, algo semelhante disso seria "um homem que vive em uma pandemia pensa em permanecer saudável e vivo, não em suas liberdades".

Da mesma forma, se você acha que o planeta está condenado se não acabarmos com os combustíveis fósseis ou pararmos de comer carne, então provavelmente você está disposto a dar poder àqueles que prometem tirar essas coisas - pela força, se necessário. Afinal, se o planeta está condenado de outra forma, que força para fazer essas coisas poderiam ser injustificada?

Seja uma “emergência” de vírus ou uma “crise” climática, em uma tentativa de justificar sua agenda totalitária de escravidão de todo o mundo, nos dizem que devemos prestar atenção a seus chamados “especialistas” junto com seus modelos de computador. Na maioria das vezes, o principal papel desses “especialistas” é dar ao novo Governo Global, que já está muito disposto a invadir nossas vidas, ainda mais uma razão para fazê-lo. Isso é especialmente verdadeiro em tempos de crise, seja a crise real ou manufaturada.Isso se culmina diretamente com a agenda do Grande Reset Global, uma delas, acabar com a propriedade privada, em outras palavras, você não será dono de nada nem dos seus próprios filhos, mas será escravo de corporações poderosas.

Infelizmente, como 2020 bem demonstrou, em tais tempos, muitos de nós estamos ansiosos demais para nos tornar o que CS Lewis chamou em 1958 de “escravos voluntários do Estado de bem-estar social”. Normalmente, para que qualquer oligarquia se levante e governe com eficácia, ela precisa de algum “perigo extremo”, algo para curar, alguma necessidade desesperada que os governantes prometem cumprir. Como CS Lewis perguntou, esta não é "a oportunidade ideal para a escravidão?"

Quando uma geração vive com medo ou pavor como estamos vendo nos dias atuais, - de alguma crise iminente ou quando uma sociedade é levada a acreditar que outra pessoa pode fornecer as coisas que supostamente não pode viver sem, esta não é a oportunidade para aqueles que procuram governar e escravizar nós e nós os vermos não mais como tiranos totalitários, mais como "libertadores"?

Esses tiranos totalitários da elite globalista de hoje nos fazerem devotar ao cientificismo, e seu governo pode muito bem ser descrito como uma tecnocracia. Assim, quando esses governantes tiranos estão no poder, o lema dos tecnocratas prevalece: “só a ciência pode nos salvar agora” ou “a ciência é a saída”. Seja uma pandemia global; aquecimento global - desculpe-me, “mudança climática” - pesquisa com células-tronco; o início da vida; cuidados de saúde; crime; homossexualidade e casamento; ou mesmo controle de armas, racismo ou políticas econômicas, os tecnocratas afirmam ter as respostas.

O cientificismo quase sempre leva a uma tecnocracia. “Eu temo o governo em nome da ciência”, disse Lewis. “É assim que as tiranias entram.” Que conclusão profunda! Quantos de nós fomos enganados em nome da “ciência”? Quantos de nós se encolhem e cedem - ou “se abrigam em casa” - porque, bem, se os “cientistas” (e depois os políticos) nos dizem para fazê-lo, então devemos fazê-lo?

Infelizmente, muitos de nós se acostumam com nossas correntes. Tornamo-nos crianças, ou alunos do Estado (como “ Julia “). Continuamos a eleger líderes que perpetuam o ciclo do “estado de bem-estar”, baseados significativamente nas mentiras do cientificismo. Assim como sua agenda para combater o vírus Wuhan, a agenda climática cheira a cientificismo e tecnocracia.
Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade

Compartilhe :A agenda climática dos globalistas tiranos imitará sua tirania COVID

[Coletividade Evolutiva] apocalipse | Aquecimento global | Covid-19 | Fome no mundo | Governo

Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Por favor, considere apoiar o nosso site.

Autor: Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.