Fórum Econômico Mundial busca escravizar toda a humanidade dando o GRANDE RESET GLOBAL

Compartilhar
Fórum Econômico Mundial busca escravizar toda a humanidade dando o GRANDE RESET GLOBAL

Os globalistas estão dando um grande reset (Reinicialização) em todo o mundo, no qual eles estão literalmente usando todos os esforços para destruir todo o sistema democratizado para o renascimento do sistema tecnocrata totalitário onde liberdade e privacidade é coisa do passado, será literalmente a escravização humana.

Para fazer isso, entretanto, os globalistas devem primeiro desacreditar, e então substituir, nosso princípio fundamental do capitalismo, o único modelo econômico do mundo que tem sido extremamente bem-sucedido para a maioria das pessoas que vivem sob ele.

E é claro, como outros estão, os globalistas vão explorar a pandemia COVID-19 para conseguir o que querem.

A pandemia do COVID-19 apresenta uma oportunidade para um “novo tipo de capitalismo” , a “grande reinicialização” das economias, políticas e sociedades globais, de acordo com o fundador e presidente executivo do Fórum Econômico Mundial, Klaus Schwab.

Em um artigo publicado recentemente pelo Fórum Econômico Mundial, o impaciente Klaus Schwab afirma que o neoliberalismo está morto e com ele as noções tradicionais de capitalismo econômico.

Em seu lugar está um conjunto de “ Stakeholder Capitalism Metrics ” (Métricas de capitalismo de partes interessadas) que o Fórum Econômico Mundial diz que permite ao mundo progredir sob um conjunto de regras abrangentes elaboradas por ele, com “justiça social” um componente chave deste admirável mundo novo.(Fonte)

Vamos esclarecer algumas coisas: esses globalistas multimilionários e multibilionários (como Klaus Schwab) não dão a mínima para você-sabe-o que é "justiça social". Como o coronavírus, essa é apenas mais uma ferramenta que eles podem explorar para cumprir sua agenda de remoção de dinheiro de papel, roubar sua privacidade, monitorar suas transações financeiras ou bloquear caso não cumpra com os mandatos do governo, como, por exemplo, vacinação para COVID-19, que no final será suicídio induzido.

Por outro lado, essas pessoas nunca vão abrir mão de sua própria riqueza, mas seu sistema econômico - socialismo ou pior, marxismo ou comunismo - exigirá que o resto de nós entreguemos qualquer riqueza que acumulamos para eles para que possam redistribuí-la às para eles mesmos, de modo que no final somos todos igualmente pobres (as exceções são, é claro, os ricos globalistas elitistas que controlam o mundo através de bancos tecnologias e corporações.

Nenhum evento desde o fim da Segunda Guerra Mundial teve um impacto global tão profundo quanto a falácia de COVID-19. A criação de medo da pandemia induzida pelos meios de comunicação convencionais, e bloqueios das autoridades do Governo, e as nações aceitando ordens de organizações claramente corrompidas, ONU, OMS, desencadeou uma crise econômica e de saúde pública em uma escala nunca vista em gerações e exacerbou problemas sistêmicos em todos os aspectos da sociedade.

“A única resposta aceitável a tal crise é buscar uma 'Grande Reinicialização' de nossas economias, políticas e sociedades. Na verdade, este é um momento para reavaliar as vacas sagradas do sistema pré-pandêmico, mas também para defender alguns valores arraigados. A tarefa que enfrentamos é preservar as conquistas dos últimos 75 anos de forma mais sustentável”, afimou Klaus.

O que, por favor, diga, é 'sustentável para quem?'

Isso seria capitalismo.

Claro, claro, existem algumas pessoas realmente ricas no mundo. Mas, sem dúvida, a maioria deles são ótimas pessoas que trouxeram grandes ideias para o mercado e, com isso, ofereceram bens e serviços que tornaram nossas vidas melhores porque atenderam a uma necessidade.

Além disso, em uma sociedade capitalista, a próxima melhor coisa é literalmente esperar para ser inventado, construído e comercializado, criando assim mais riqueza, empregos e oportunidades para mais pessoas, não joga-las no setor das pessoas obsoletas como estão fazendo agora, dando conotação a máquinas como humanas, e seres humanos como maquinas descartáveis, isso vemos na mídia convencional o tempo todo, máquinas são boas, humanos são lentos e ruins.

Em uma economia socialista / marxista, não há riqueza, exceto para os que estão no topo. Não há oportunidades porque não há incentivo - nenhuma recompensa - para investir, construir e comercializar 'a próxima melhor coisa', o que a será apenas a velha década entre barões e escravos.

Quando você ouvir globalistas como Klaus Schwab, Bill Gates entre outros oligarcas pedindo a substituição do sistema econômico, de saúde, e social mais copiado e bem-sucedido do mundo usando frases como “justiça social” e termos da moda como “igualdade”, saiba que não é realmente o que eles querem dizer, apenas são dissimulações para agradarem os ouvidos do público, mas no ponto, semifinal a armadilha será sua única vista de quando era livre.

Eles só querem poder. E eles querem que nós simplesmente demos a eles e a decisão de mudar tudo isso é agora, e está nas mãos do povo, povo esse que se despertar o antes do agora é tarde!
Compartilhar
Ajude-nos abrindo uma publicidade - Cique aqui
Ajude-nos abrindo uma publicidade - Cique aqui
Continue lendo após publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se inscrever acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Siga nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram