Ninguém parece querer nos ouvir mas continuaremos: se prepare para passar fome, desemprego e o colapso social

Compartilhar - estamos no |Telegram
Ninguém parece querer nos ouvir mas continuaremos: se prepare para passar fome, desemprego e o colapso social

Milhares de pessoas já estão passando fome e morrendo do mesmo. Mas muitos não importam, porque acham que não serão atingidos por essa pandemia de fome, mas calma, entenda que as restrições das autoridades do governo está causando uma crise de colapso sem precedentes. Nesse bloqueio milhares já estão no desemprego passando fome, pequenas empresas e comércios estão quebrando, ou seja, o que significa que pessoas de classe média estão caindo para a linha de pobreza, e os da linha de pobreza estão entrando para a linha de extrema pobreza e assim por diante. É um efeito cascata, é aquele velho provérbio, aquele que é rico cada vez fica mais rico, aquele que é pobre cada vez fica mais pobre.

Alertamos que as medidas restritivas das autoridades do governo de paralisar a roda da manufatura do país, em prol de tentar conter a suposta pandemia de Covid-19 causa a crise econômica, alimentar e social, levando milhares fecharem suas portas e quebras de pequenas empresas, que consequentemente estão levando o aumento do desemprego, pobreza e finalmente a fome, que agora parece está prestes a matar mais que o suposto vírus em si. A fome está se torando uma pandemia global.

Também alertamos antes sobre o auxílio emergencial, no qual falamos que seria apenas um meio de desqualificar a população dos seus empregos, e deixamos a pergunta no ar: até quando duraria para o governo declarar falência, e quando pensar em voltar aos empregos e empresas, encontra-las fechadas para sempre, o que será feito para sobreviver? Bom! Agora o próprio presidente Jair Bolsonaro é quem está respondendo para os brasileiros. Bolsonaro disse nesta sexta-feira que o auxílio emergencial "não é para sempre" porque, embora seja "pouco para quem recebe", é "caro demais para a União".

O discurso é no momento em que o governo e o Congresso tentam encontrar uma solução para financiar o Renda Cidadã, programa social bolsonarista, a partir de janeiro, quando não haverá mais o auxílio.

"O auxílio emergencial não é para sempre, tenho isso na cabeça. Até porque é caro demais para a União. É pouco até para quem recebe, eu reconheço. Mas é caro demais para a União." Disse Bolsonaro

"Acredito eu que, com medidas outras que foram tomadas ao longo desses seis meses, sete meses que começou a pandemia, brevemente estaremos de volta à normalidade”, disse Bolsonaro. "Nós juntos vamos sair muito melhor dessa para uma outra muito, mas muito melhor."

Você realmente acha que algo vai melhorar? Acredito que a resposta esperançosa de muitos é que sim. Bom, opinião de cada um, é a cada um com a sua. Mas baseando nos fatos e acontecimentos globais, o reset global, afundará esse sistema, para renascer um novo, e para que se faça algo novo, tudo tem que ser destruído, o que significa que tudo será completamente afundado nas cinzas. O mesmo para criar ordem em certo aspecto da sociedade, precisa-se que aja caos, para que se manifeste a ordem.


O David Beasley , diretor executivo do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) braço da Organização das Nações Unidas, já soaram o alerta que o número de pessoas passando fome aumentará 80 por cento antes do final de 2020. O resultado disso, diz ele, representará uma "fome de proporções bíblicas".

“Obviamente as tensões sociais crescerão, a migração aumentará, os conflitos aumentarão e a fome provavelmente afetará aqueles que não experimentaram isso antes”,
Agora vou deixar outra pergunta no ar e esperar o tempo dar a resposta para cada um que leu este artigo até aqui: qual será sua escolha? Exigir das autoridades que reabram os comércios, os que ainda pelo menos restam e enfrentar um vírus tratável ou esperar  a pandemia da fome bater na sua porta e agora enfrentar duas pandemias ao mesmo tempo? Uma dica? Sair das grandes capitais e procurar um estilo de vida mais simples e autossustentável nesse momento é uma boa opção para quem quer escapar da calamidade que está prestes a ser desencadeada.

Não deixe de seguir nossas redes, principalmente no Telegram onde podemos atualizar sem censura.
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se inscrever acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Siga nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Compartilhar

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram