O coronavírus irá se espalhar silenciosamente pelo Brasil, alerta especialistas

O coronavírus irá se espalhar silenciosamente pelo Brasil, especialistas alertam

Tenho tentado alertar as pessoas sobre o nosso atual momento com o coronavírus-covid-19, no entanto, parece que muito gente, não tem levado a situação muito a sério. O vírus já está no Brasil, e a disseminação será inevitável, assim como começou na China, de forma aparentemente lenta, e assim também sucedeu para outros países, assim também, está neste momento acontecendo, no Brasil, esse vírus não será contido, e não há cura declarada oficialmente pelo governo. Sendo assim, a busca por vacinas, mascaras cirúrgicas, tem colocado a indústria farmacêutica no topo do ranking de ações financeiras. A busca por uma vacina solucionadora da arma biológica pandêmica, é o esperado por muita gente. 

Especialista já estão afirmando que é inevitável que os três/e suspeita de um quarto, casos registrados em São Paulo e em todo o Brasil aumente com o passar dos dias. "Os países com risco de transmissão estão aumentando cada vez mais. É difícil evitar a disseminação do vírus. Não há uma medida de bloqueio desses países, então é difícil controlar o avanço do vírus", diz.o infectologista Alberto Chebabo, do Serviço de Doenças Infecciosas e Parasitárias (DIP) do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ),

"As pessoas precisam ter febre, segundo o Ministério da Saúde, para que tenha a suspeita da covid-19. Mas alguns casos são assintomáticos". 
"Então, é possível que haja quadros que não entram na definição do Ministério da Saúde que possam ser leves, mas não foram detectados e já circulam pelo Brasil. Pode haver casos não detectados tanto em São Paulo como em outros Estados brasileiros", diz Chebabo.

Para o infectologista Marcos Boulos, professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), os casos em todo o Brasil irá se tornar cada vez mais comuns, principalmente com a chegada do outono, em meados de março. "No começo, São Paulo vai ter números maiores. Com o fim do verão, a tendência é que os casos aumentem em todo o país".

Ainda não há transmissão local no Brasil neste momento, mas isso vai acabar acontecendo com a chegada de tantos casos e com tantos voos vindos de países com muitos casos, como a Itália. Mas é importante dizer que a covid-19 é uma gripe, que precisa de mais cuidados principalmente quando são pacientes idosos ou indivíduos imunodeprimidos, que são grupos que também são mais afetados pela gripe comum", declara Boulos.


O governo espera por vacinas, em vez de incentivar tomar vitaminas e ervas para aumentar o sistema de defesa do corpo


O governo Brasileiro, o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) dos EUA, tem chamado atenção para se prevenir de forma superficial, (não que não seja últil, mas há outras maneiras) ㅡ como se fosse um caso de gripe sazonal, quando apropria Organização Mundial de Saúde (OMS), declara que o coronavírus não é igual à gripe, mas tem muito mais impacto, e poder.

Segundo toda a grande mídia, e a OMS, CDC, até o momento, a única maneira de se prevenir, é lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou com uma solução de álcool em gel, manter pelo menos um metro de distância de pessoas que apresentam tosse ou espirros constantes, evitar tocar os olhos, o nariz e a boca, entre outras práticas superficiais de "prevenção". 

No entanto, nem mesmo citaram a opção de ter que usarem mascaras respiratórias, tomar suplementos vitamínicos, para fortalecer o sistema de defesa do corpo, para evitar a disseminação do coronavírus entre a população.

Há várias maneiras cientificamente comprovas de proteger-se naturalmente, contra doenças infecciosas que a grande mídia e organizações de saúde, parecem querer ignorar completamente, principalmente para conter o coronavírus, simplesmente usando uma suplementação, como vitamina C, D, ou óleo de coco todos os dias, você pode reduzir ou interromper a infeção por covid-19, gripes, entre outras doenças infecciosas, isso é fato.

A OMS agora estima que a taxa de letalidade por covid-19 é 3,4%, em pacientes que morrem pelo coronavírus — as mortes ocorreram, principalmente, entre idosos acima de 70 anos, o que significa, que as pessoas mais idosas tem o sistema imunológico debilitado, sendo assim, não tem poder de expulsar ou combater o vírus. Este índice foi recentemente revisado pela organização, que antes apontava uma taxa de letalidade de cerca de 2%, ㅡ o que ainda nos revela, que esse vírus é mutante, e se fortalece com o passar de homem para homem/ou hospedeiro para hospedeiro.
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram

Talvez você goste