Magnésio: Mais que Essencial para a Saúde e Prevenção de Doenças

O magnésio pode ser encontrado em vários alimentos como sementes, amendoim, aveia, banana ou leite, e sua recomendação diária de ingestão


Magnésio: Mais que Essencial para a Saúde e Prevenção de Doenças

O magnésio é um mineral que desempenha várias funções importantes no corpo, como regular a função nervosa, aliviar dores musculares, prevenir a osteoporose, aliviar a azia e controlar os níveis de açúcar no sangue.

O magnésio pode ser encontrado em vários alimentos como sementes, amendoim, aveia, banana ou leite, e sua recomendação diária de ingestão varia de acordo com a idade e o sexo, embora seja facilmente alcançada quando se tem uma alimentação balanceada e variada.

Porém, em alguns casos, pode ser necessária sua suplementação, que pode ser feita por meio de suplementos multivitamínicos ou com um único suplemento de magnésio.

No entanto, o novo estudo intitulado "3.751 sítios de ligação de magnésio foram detectados em proteínas humanas", revela que uma deficiência de magnésio pode afetar profundamente uma gama muito maior de estruturas biológicas do que se entendia anteriormente.

O proteoma, ou conjunto inteiro de proteínas expressas pelo genoma humano, contém mais de 100.000 estruturas proteicas distintas, apesar do fato de que acredita-se que existam apenas 20.300 genes codificadores de proteínas no genoma humano. 


A descoberta do "magneseoma" adiciona complexidade adicional ao quadro, indicando que a presença ou ausência de níveis adequados desse mineral básico pode alterar epigeneticamente a expressão e o comportamento das proteínas em nosso corpo, influenciando o curso tanto da saúde quanto da doença.

Deficiência de Magnésio e Doenças


A medicina e a nutrição modernas frequentemente se concentram na deficiência de cálcio, mesmo com o acúmulo de pesquisas indicando que o consumo excessivo de cálcio pode aumentar a morbidade e a mortalidade cardíaca. No entanto, as pesquisas sobre magnésio têm mostrado sua relevância em diversas condições de saúde:

1. Fibromialgia


A deficiência de magnésio é comum em pessoas diagnosticadas com fibromialgia. Estudos mostram que doses relativamente baixas de magnésio, combinadas com ácido málico na forma de malato de magnésio, melhoram a dor e a sensibilidade nessas pessoas.

2. Fibrilação Atrial


Existem vários estudos que demonstram que a suplementação de magnésio reduz a fibrilação atrial, seja por si só ou em combinação com medicamentos convencionais.

3. Diabetes Tipo 2


A deficiência de magnésio é comum em diabéticos tipo 2, com uma incidência de 13,5 a 47,7%. A suplementação de magnésio demonstrou reduzir a glicemia de jejum plasmática e aumentar o colesterol HDL em pacientes com diabetes tipo 2, além de melhorar a sensibilidade à insulina e o controle metabólico.

4. Síndrome Pré-Menstrual


A deficiência de magnésio tem sido observada em mulheres com síndrome pré-menstrual. A suplementação de magnésio alivia os sintomas pré-menstruais, como retenção de líquidos e ansiedade.

5. Doença Cardiovascular e Mortalidade


Baixas concentrações séricas de magnésio predizem mortalidade cardiovascular e por todas as causas. O magnésio pode agir como um bloqueador dos canais de cálcio, é hipotensor, antiespasmódico e antitrombótico, conferindo diversos efeitos protetores ao coração.

6. Transtornos de Enxaqueca


Níveis baixos de magnésio no sangue são comuns em pessoas com enxaqueca. A suplementação de magnésio reduz a frequência e a severidade das crises de enxaqueca.

7. Envelhecimento


A deficiência de magnésio está associada ao envelhecimento acelerado. A suplementação de magnésio demonstrou reverter alterações relacionadas à idade e estabilizar o DNA, promovendo a replicação adequada.

Melhores Fontes de Magnésio na Dieta


A melhor fonte de magnésio é através dos alimentos não OGMs e livres de agrotóxicos, especialmente aqueles ricos em clorofila, como vegetais verdes. Alimentos como farelo de arroz, algas marinhas, sementes de abóbora, cacau e nozes são ricos em magnésio. Para aqueles que precisam de doses mais elevadas, suplementos como citrato de magnésio ou glicinato de magnésio são opções eficazes.

O magnésio desempenha um papel crucial na saúde humana, influenciando diversas funções biológicas e condições de saúde. A deficiência deste mineral pode ter consequências graves, e sua suplementação pode oferecer inúmeros benefícios terapêuticos. Portanto, é fundamental considerar a importância do magnésio na dieta e na suplementação para promover a saúde e prevenir doenças.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.