Google e Organizações Globais: Novo Sistema de Censura e Controle de Informação

O Poder das Big Tech: Como o Google e Outros Gigantes Tecnológicos Usam a Censura para Manipular a Informação


Google e Organizações Globais: Novo Sistema de Censura e Controle de Informação
A crescente influência das grandes empresas de tecnologia, especialmente o Google, tem levantado preocupações sobre o impacto delas na liberdade de expressão e na disseminação de informações. Em colaboração com organizações como a ONU e o Fórum Econômico Mundial (WEF)  e mais recente com governos, essas empresas têm implementado esquemas de censura que visam suprimir vozes dissidentes e controlar a narrativa global, especialmente em períodos críticos, como eleições e outras pautas da agenda globalista.

O Google, por meio de sua iniciativa Google News Initiative (GNI) e o Laboratório de Notícias do Google, lançou uma nova ferramenta chamada "Fact Check Tools" com o objetivo declarado de "melhorar a qualidade da informação". No entanto, sabemos que o verdadeiro objetivo dessa ferramenta é eliminar a dissidência em qualquer tópico que o Google selecione. 

chefe do Google News Lab, LaToya Drake, tem sido uma defensora fervorosa dessa abordagem, pressionando "verificadores de fatos" e jornalistas a utilizarem as ferramentas digitais do Google para verificar a "autenticidade e precisão" das notícias - que, na verdade, monitorar vozes dissidentes e verdades incomodas das agendas globais para ocultar, suprimir e censurar do público.

Áreas de Foco da Censura do Google


Existem quatro áreas principais onde o Google tem concentrado seus esforços de censura:

  • Estatísticas da Covid-19: Durante a pandemia, o Google trabalhou para suprimir qualquer informação que questionasse a narrativa oficial sobre o coronavírus e as vacinas - e ainda o faz.
  • Banco Mundial: O controle da informação sobre essa entidade global é crucial para evitar que verdades desconfortáveis venham à tona - como, por exemplo, a escravidão digital com as chamadas moedas digitais dos bancos centrais...
  • Estatísticas Criminais: Informações sobre crimes, especialmente aquelas que destacam estatísticas raciais, são rigorosamente monitoradas e muitas vezes censuradas.
  • Mudanças Climáticas, a bola da vez:  Apenas informações que se alinham com a narrativa oficial da ONU e da OMS sobre o aquecimento global são permitidas.

O esquema de censura do Google é parte de um plano mais amplo delineado no Pacto Digital Global da ONU. Esse pacto visa erradicar todas as narrativas que não sejam aprovadas pelos globalistas, sob o pretexto de combater a desinformação e promover a segurança online. António Guterres, secretário-geral da ONU, afirmou que a missão é fornecer conteúdo confiável e oportunidades para a liberdade de expressão enquanto limita o alcance da "desinformação" - aquilo que eles não querem que o público saiba.

Ameaça à Liberdade de Expressão


O uso de ferramentas como "prebunking" pelo Google, que visa impedir a disseminação de informações potencialmente virais antes mesmo que tenham a chance de se espalhar, representa uma ameaça significativa à liberdade de expressão. Essas iniciativas, ao invés de promoverem um debate aberto e saudável, suprimem vozes independentes e conservadoras, criando uma bolha de informação controlada.

Abandone o Google: Busca por Alternativas


Diante dessa realidade, é essencial que os usuários da internet busquem alternativas aos gigantes tecnológicos que praticam a censura. Motores de busca como o DuckDuckGo oferecem uma navegação mais privada e menos tendenciosa, respeitando a liberdade de expressão dos usuários. Além disso, plataformas de mídia social e fontes de notícias independentes podem fornecer uma perspectiva mais equilibrada e diversa.

A manipulação da informação pelas Big Tech, especialmente em tempos críticos como eleições e crises globais, é uma ameaça real à liberdade de expressão e à democracia. Ao colaborar com organizações globalistas para implementar esquemas de censura, o Google e outros gigantes tecnológicos estão moldando a narrativa global de acordo com seus interesses. É fundamental que busquemos alternativas e defendamos a diversidade de opiniões e informações, garantindo um espaço onde todas as vozes possam ser ouvidas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.