Pedra nos Rins: Quais alimentos aumentam risco de desenvolver pedra nos rins?, Estudo revela

Veja o que pode elevar em 39% o risco de pedras nos rins, segundo um estudo revelador sobre saúde renal

Pedra nos Rins: Quais alimentos aumentam risco de desenvolver pedra nos rins?

Pedra nos rins, ou cálculos renais, é uma condição dolorosa que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Essas massas endurecidas podem se formar no interior do rim e se mover pelo sistema urinário, causando uma série de sintomas desconfortáveis, incluindo dor intensa no fundo das costas, náuseas, vômitos, entre outros.

Tradicionalmente, fatores como uma dieta rica em sódio, proteínas, potássio, fósforo ou cálcio, além de alterações no funcionamento do rim, baixo consumo de líquidos e predisposição genética têm sido associados ao desenvolvimento de pedras nos rins. No entanto, um estudo recente veio adicionar mais uma preocupação à lista: o consumo de açúcares adicionados.

O Estudo Revelador


O estudo traz à tona a correlação entre o alto consumo de açúcares adicionados – presentes em grande quantidade em refrigerantes, doces, bolos, e outros alimentos processados – com um aumento no risco de desenvolvimento de cálculos renais.

Publicado na revista científica Frontiers in Nutrition, o estudo analisou cerca de 28 mil adultos americanos e encontrou uma correlação significativa entre o alto consumo de açúcares adicionados e o aumento do risco de desenvolvimento de cálculos renais. 

Mais especificamente, os resultados indicam que os maiores consumidores desses açúcares têm um risco 39% maior de desenvolver pedras nos rins.

O Que São Açúcares Adicionados?


Açúcares adicionados são aqueles incorporados aos alimentos ou bebidas durante o processo de fabricação ou preparo, diferentemente dos açúcares naturalmente presentes em frutas e laticínios. Eles estão presentes em uma ampla variedade de produtos, desde doces e refrigerantes até molhos de salada e pães.

Implicações na Saúde Renal


Embora a correlação entre o consumo de açúcares adicionados e a formação de cálculos renais tenha sido identificada, o estudo destaca a necessidade de mais pesquisas para entender melhor essa relação. Questões como os tipos específicos de cálculos renais que podem surgir e a quantidade ideal de redução no consumo de açúcares adicionados ainda precisam ser exploradas.

Prevenção e Escolhas Conscientes


Apesar das questões em aberto, o estudo enfatiza a importância de repensar nossas escolhas alimentares diárias em prol da saúde renal. Com uma estimativa de que 10% da população brasileira sofra com cálculos renais, a prevenção torna-se ainda mais crucial.

Reduzir o consumo de alimentos com açúcares adicionados pode não apenas melhorar a qualidade de vida, mas também prevenir condições de saúde adversas no futuro.

Em suma, a pesquisa destaca a necessidade de uma abordagem consciente em relação à nossa dieta e estilo de vida, lembrando-nos de que pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença na saúde a longo prazo.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Siga-nos: | | e | Nos Apoie: Doar

OBTENHA aqui o Extrato de Própolis Verde com essa combinação: Vitamina B, E, C, D3, A, Selênio e Zinco. Aumente suas defesas naturais! Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui. Fortalece o sistema imunológico, Poderosa ação antioxidante (antienvelhecimento), Atua contra o processo de inflamação do organismo - anti-inflamatório, Combate problemas de saúde ocasionados nas vias respiratórias e Tem poderosa ação antifúngica, antibiótica, acelerando a cicatrização
Fechar Menu
Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco, Imunidade e Proteção, Fortalvit, 60 Cápsulas

VER

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR