Coletividade Evolutiva , A "vacinação" é o maior mal da história da humanidade, com expectativa de vida reduzida , Ciência , Coronavírus , Covid-19 , Pandemias , saúde ,

A "vacinação" é o maior mal da história da humanidade, com expectativa de vida reduzida

Este é um Holocausto global, e não há como negá-lo; portanto, não podemos deixar que "nossa imprensa livre"


A "vacinação" é o maior mal da história da humanidade, com expectativa de vida reduzida

De acordo com Mark Crispin Miller, que fez uma copilação de estudos sobre a expectativa de vida após a "vacinação" contra o coronavírus de Wuhan (COVID-19), revela que está desempenhando um papel enorme na diminuição da expectativa de vida em todo o mundo, além de está afetando a fertilidade humana.

Este é um Holocausto global, e não há como negá-lo; portanto, não podemos deixar que "nossa imprensa livre", OU nossos governos, ignorem, menosprezem ou distorçam essas evidências esmagadoras, diz Mark Crispin Miller, Professor de Mídia, Cultura e Comunicação na NYU. Fundador do News from Underground. Autor de vários livros.

Pelo segundo ano consecutivo, a expectativa de vida de homens e mulheres nos Estados Unidos caiu, chegando a apenas 76 anos. E a culpa é grande das vacinas. No Japão, por exemplo, muitos idosos vivem até os 80 anos, o que aparentemente também é o caso no Reino Unido. 

A notícia é um pouco melhor para as mulheres nos Estados Unidos, que agora vivem em média até os 79 anos. Os homens, por outro lado, devem agora viver apenas até cerca dos 73 anos, sendo esta a maior diferença entre homens e mulheres desde 1997.

Embora não seja novidade para as mulheres, em média, viver mais do que os homens, o fato de que ambos os sexos não devem mais chegar aos 80 anos nos EUA é digno de nota considerando a expectativa de vida dos idosos em outros países.

Estudos recentes apontam outros fatores, incluindo a epidemia de opioides, problemas de saúde mental e doenças metabólicas crônicas, como estando também na vanguarda da diminuição das taxas de expectativa de vida dos Estados Unidos.

 A Pfizer sabe há muito, muito tempo que suas injeções de COVID estão matando pessoas, mas há muito dinheiro a ser feito e genocídio a ser feito. As vacinas em geral vêm desgastando a genética humana há algum tempo, com as vacinas COVID sendo a gota d'água que quebrou as costas do camelo para muitos idosos.

É um holocausto global de vacinas que começou há décadas e está atingindo um crescendo à medida que a Big Pharma se lança no setor de mRNA de reprogramação genética. As vacinas COVID da Pfizer-BioNTech e da Moderna foram as injeções inaugurais, e muitas outras estão por vir.

Também digno de nota nas médias de expectativa de vida cada vez menores dos EUA é o sistema médico ocidental altamente corrupto, que se concentra no gerenciamento de sintomas com medicamentos e vacinas em vez de prevenção, que é como outros países com taxas de expectativa de vida mais altas fazem isso.

"Temos um sistema de saúde muito avançado no tratamento de doenças e doenças avançadas", diz o Dr. Brandon Yan, MD, autor de um novo estudo sobre o assunto. "Mas, na maioria das vezes... não é muito bom quando se trata de cuidados preventivos."

Os negros americanos estão ainda piores, em média, quando se trata de expectativa de vida. A pessoa negra média, homem ou mulher, vive apenas até pouco mais de 70 anos. Para os homens negros, a média é ainda menor, de apenas 61 anos.

"Sabemos que a disparidade na linha de base entre homens e mulheres é muito maior para americanos negros do que para americanos brancos, por exemplo. E a interação entre gênero e raça é uma área importante para estudos mais aprofundados."

Em todo o mundo, do Reino Unido à Europa, passando pela Ásia e além, os dados continuam a fluir mostrando que as taxas de expectativa de vida realmente deram um salto desde o lançamento da pandemia vacinal.

Doenças crônicas também estão fora dos planos desde o lançamento das vacinas, já que distúrbios sanguíneos, doenças de ouvido, problemas urinários e de próstata e cânceres "turbo" se espalham como um incêndio. Valeu mesmo a pena para um suposto "vírus" com basicamente 0,00% de taxa de mortalidade?

"Esta é uma batalha espiritual", escreveu um comentarista sobre os horrores que agora estão sendo testemunhados devido à operação vacinal em massa. "É uma batalha pelo futuro da humanidade."

O que vai acontecer com todas as pessoas que contraíram a Covid? Saiba mais em ChemicalViolence.com.

Obtenha o Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco para melhor Imunidade e Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui


Siga-nos: | | e | Inscreva-se na nossa | Nos Apoie: Doar
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Fechar Menu
Entre em nosso Telegram

Entre para nosso canal do Telegram

ENTRAR

Nos siga no X (Twitter)

Compartilhamos nossos artigos e outras informações

SEGUIR

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR