Vacinação

ACORDA BRASIL: holocausto vacinal está acontecendo, passaporte anti-liberdade, crianças em perigo e campos de quarentena

Vacinação: Alguns países europeus já estão adotando um plano de obrigar a vacinação Covid, incluindo Áustria, Grécia, Alemanha e Lituânia. Outros com c...

Fabio Allves
Compartilhe:
Nos Apoie: Doação
ACORDA BRASIL: holocausto vacinal está acontecendo,  passaporte anti-liberdade, crianças em perigo e campos de quarentena
Alguns países europeus já estão adotando um plano de obrigar a vacinação Covid, incluindo Áustria, Grécia, Alemanha e Lituânia. Outros com certeza se juntarão nos próximos dias. O que alguns estão chamando de uma reconstituição do fascismo médico dos anos 1940 e a abolição do Código de Nuremberg. 

No Brasil, a obrigatoriedade está prestes a ser imposta através da exigência do passaporte da escravatura vacinal, popularmente chamado de passaporte de vacina. Chamo de passaporte da escravatura vacinal, porque é isso que ele é, escravizar a sociedade nas exigências intermináveis de vacinações que virão nos próximos meses e anos até a conclusão do holocausto genocida por meio de vacinas infinitas que suprime o sistema imunológico e causa uma série de efeitos no coração, cérebro e muito mais.

O que está acontecendo em outros países é o reflexo do que está prestes a acontecer no Brasil. Por exemplo, os austríacos têm até fevereiro de 2022 para cumprir o programa de vacinação obrigatório lá, enquanto a Grécia já está multando residentes não vacinados todos os meses por eles permanecerem com sua saúde intacta.

Na Alemanha, foi anunciado um bloqueio nacional dos não-vacinados, com os líderes acrescentando que logo haverá políticas de vacinas obrigatórias que restringem os alemães não vacinados de participarem da sociedade, como? Através de comprovação de passaporte da vacina. Você ainda não percebeu que o combate ao vírus que eles dizem, na verdade, é combater as pessoas que eles estão tratando como vírus do planeta que precisa ser exterminado?

Se tudo correr como planejado, os alemães terão até março de 2022 para se vacinarem totalmente, ou então não terão mais lugar na sociedade alemã, possivelmente levando a motivos de prisões em campos de quarentenas forçados sem nem mesmo apresentar doença. No ponto de vista aqui do Brasil, você realmente espera que cheguemos a tal ponto de ruptura? Poque injeções infinitas quando temos tratamentos eficazes e simples que já teria acabado com essa suposta pandemia de Covid?

“Esses líderes europeus são loucos”, diz Sundance. “Não há melhor momento do que agora para a Rússia invadir a Ucrânia e para o povo americano dizer às nossas autoridades eleitas que não é da nossa conta”.

“Se voltando à era em que os crimes do governo fascista são aceitáveis ​​para o povo na Europa, então deixe-os lutar ou cair - temos nossos próprios cabos de machado, alcatrão e penas para carregar.”

Tudo o que levou para esta última rodada de loucura começar foi a introdução da variante fictícia "Ômicron" ao ser anunciada pela mídia convencional na Black Friday, o mesmo dia em que o mercado de ações fraudulento ganhou um grande tombo.

Os governos alemão e australiano já tomaram medidas tirânicas para colocar as pessoas em instalações de "isolamento" do governo que parecem semelhantes a campos de concentração, à medida que continuam a aumentar o uso de centros de quarentena forçados para impedir a vida e a liberdade das pessoas em prol de evitar a disseminação do vírus, porque precisam punir os não vacinados pela culpa da vacina lixo não proteger os vacinados. Que ridículo!

Tudo isso foi predito nas Sagradas Escrituras, só para ficar claro. Um comentarista da The Conservative Treehouse apontou Mateus 24: 2-51 como uma referência delineando tudo o que está por vir, e em breve, acontecerá.

Para os crentes que procuram uma fuga, podemos consultar passagens como Lucas 21:36 e Apocalipse 3:10 para lembretes sobre nossa bendita esperança.

“A fome é um crime de guerra”, escreveu outro comentarista no The Conservative Treehouse sobre a perspectiva de pessoas não vacinadas não poderem mais comprar comida. “Eles podem querer repensar o decreto da mercearia. Isso é inescrupuloso e não deve subsistir”.

Conforme publicamos, graças aos esforços de um grupo chamado Public Health and Medical Professionals for Transparency, temos documentos confidenciais que mostram que a Pfizer e a agência reguladora americana FDA, semelhante à decaída Anvisa do Brasil, sabem desde o início de 2021 que as vacinas de mRNA da pfizer estavam matando milhares de pessoas e causando abortos espontâneos enquanto prejudica três vezes mais mulheres do que homens.

Agora essas mesmas agências vinculadas com a agenda lucrativa da gigante farmacêutica estão visando nossas crianças inocentes para assassiná-las com injeções potencialmente mortais.  Injeções que sabemos que causa uma série de efeitos mortais em curto prazo, e a longo prazo ainda não sabemos o que virá.

Relatórios do Reino Unido sobre mortes de crianças mostram que, nas semanas desde que as vacinas COVID foi administrado nas crianças entre 12 e 15 anos, as mortes registradas aumentaram 44 por cento em relação a 2015 -2019 média para o mesmo período. Uma evidência claro do que acontecerá quando a decaída Anvisa permitir esse genocídio.

Holocausto genocida através de vacinas denunciado em 2009 pela Dra. Rima Laibow


Video abaixo da entrevista - legendada por @lukasrusso - com a Doutora Rima Laibow que foi ao ar em 2009, no programa de Jesse Ventura, onde expôs um dos itens da AGENDA globalista para  redução populacional da humanidade através de vacinas mortais.

É fato que "eles" querem baixar o número de humanos o mais rápido possível como fizeram no passado, mas que não seja "óbvio" demais para que não haja uma retomada do poder pelos humanos... isso seria péssimo para seus negócios.

Como informa a escritora Laura Botelho; entra Civilização, cai civilização... isso tem um custo chave para a manutenção da fazenda de "lulus'.... Já tivemos a revolução "terrorista" como um dos itens de desestabilização emocional para que as "doenças' possam proliferar com maior eficiência, coadjuvante com vacinação em massa...

Publicidade
Explore mais: Coronavírus , Covid-19 , Vacina , Vacinação
Compartilhe:
Nos Apoie com um donativo
Este artigo pode conter afirmações que refletem a opinião do autor
Siga Coletividade Evolutiva nas redes sociais!

RECENTES