Comer amendoim pode prevenir inflamação, depressão e doenças cardiovasculares

O amendoim também pode ajudar a perder peso, já que é rico em fibras que ajudam a aumentar a sensação de saciedade e a diminuir a fome


Comer amendoim pode prevenir inflamação, depressão e doenças cardiovasculares

O amendoim é uma oleaginosa que pode trazer vários benefícios para a saúde, como ajudar a diminuir a inflamação no corpo, prevenir doenças cardiovasculares, combater a anemia, prevenir o envelhecimento prematuro e melhorar o humor, já que é rico em compostos antioxidantes, além de ter boas quantidades de nutrientes, como as vitaminas do complexo B, vitamina E, aminoácidos e gorduras saudáveis.

O amendoim também pode ajudar a perder peso, já que é rico em fibras que ajudam a aumentar a sensação de saciedade e a diminuir a fome, além de ter propriedades termogênicas. No entanto, por ter muitas calorias, deve ser consumido com moderação e ser incluído em uma alimentação equilibrada e saudável.

Esse alimento pode ser utilizado em várias receitas, como saladas, sobremesas, lanches, bolos e chocolates, além de também pode ser encontrado na forma de manteiga de amendoim, por exemplo, podendo ser facilmente encontrado nos supermercados.

Estudo recente realizado na Espanha descobriu que consumo regular de amendoim na nossa dieta alimentar está associado a vários benefícios à saúde, incluindo a melhora no humor. Ainda de acordo com a pesquisa, que pessoas que consomem com frequência este grão apresentam até 17% menos chance de desenvolver depressão.

Os efeitos antiinflamatórios e antioxidantes do amendoim, assim como a riqueza em aminoácidos como arginina, glutamina, serina e triptofano, segundo trabalho divulgado pela Universidade de Castilla-La Mancha, podem desempenhar um papel fundamental na prevenção dessa doença mental.

Por que amendoim pode combater a depressão?


No decorrer do estudo, os pesquisadores analisaram os hábitos alimentares de uma amostra de 13,5 mil indivíduos, com idades entre 37 e 73 anos, moradores no Reino Unido. Nenhum desses indivíduos tinha diagnóstico de depressão no início do estudo. Após cinco anos, 1,1 mil casos de depressão foram identificados – seja por diagnóstico médico, seja pelo uso de antidepressivo.

Os resultados, publicados na revista Clinical Nutrition em julho de 2023, comprovaram que um consumo moderado de amendoim estava associado a uma redução de 17% no risco de apresentar depressão. O consumo moderado equivale a 30g por dia.

Bruno Bizzozero-Peroni, líder da pesquisa, sugere que “ensaios clínicos de longa duração deverão avaliar se o consumo de amendoim é uma estratégia eficaz para prevenir a depressão em adultos”.

Outros benefícios


O amendoim é uma rica fonte de colesterol bom (HDL), vitaminas E, complexo B, e minerais essenciais como cobre, manganês, molibdênio, fósforo, magnésio, zinco, ferro e potássio. Tais nutrientes são fundamentais para o bom funcionamento do organismo. Portanto, o seu consumo traz inúmeros benefícios à saúde.

Isso reitera o importante papel de uma dieta equilibrada e rica em nutrientes no combate a doenças mentais como a depressão e na promoção do bem-estar. Lembrando que qualquer mudança na dieta alimentar deve ser feita de acordo com a orientação de um profissional da área de saúde.

Como consumir


O amendoim pode ser consumido fresco ou torrado, ao natural ou em forma de pasta, triturando-o no liquidificador ou processador até ficar cremoso. Veja como fazer a pasta de amendoim em casa.

Além disso, essa oleaginosa também pode ser usada no preparo do chá de amendoim, uma bebida cremosa típica de algumas regiões do Brasil, que pode ser consumida no café da manhã ou nos lanches, por exemplo. Conheça mais sobre o chá de amendoim.

Para poder aproveitar os benefícios do amendoim, é recomendado consumir cerca de 28 gramas por dia, o que equivale a 20 a 25 unidades. Entretanto, essas quantidades podem variar de acordo com a idade, o sexo, o estado de saúde e as necessidades nutricionais de cada pessoa.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Uma pequena pausa antes de continuar


Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.