Coletividade Evolutiva , Estão contaminadas: Congresso foi alertado sobre fragmentos de DNA na vacina Pfizer-BioNTech COVID-19 , Coronavírus , Covid-19 , Vacina , Vacinação ,

Estão contaminadas: Congresso foi alertado sobre fragmentos de DNA na vacina Pfizer-BioNTech COVID-19

A vacina pode estar contaminada e precisa ser removida do mercado imediatamente, inclusive do programa de vacinação infantil do Brasil


Estão contaminadas: Congresso foi alertado sobre fragmentos de DNA na vacina Pfizer-BioNTech contra COVID-19

O Dr. Robert Malone, que ajudou a inventar a tecnologia de RNA mensageiro (mRNA) que as empresas usaram para criar a substância tecnológica de mRNA-terapia genética, chamada erroneamente de vacina, estava entre as testemunhas que depuseram em uma audiência em Washington convocada pela deputada Marjorie Taylor Greene (Republicano – Ga.).

A vacina pode está contaminada com fragmentos e precisa ser removida do mercado imediatamente, inclusive do programa de vacinação infantil do Brasil, pois está com uma sequência/ fragmentos [que não deveria está nessa substância mRNA chamada de vacina ] de DNA chamada Vírus Simiano 40 (SV40) [conhecido como promotor de câncer ] que não foi divulgada pelo menos para alguns reguladores. A sequência deixa para trás DNA residual que poderia causar problemas ou até mesmo promover certos tipos de câncer.

É importante ressaltar que a presença do Polyomavirus Simian Virus 40 (SV40), que é uma sequência de DNA ligada a macacos conhecida por causar câncer quando foi usada em vacinas antigas contra a poliomielite, foi confirmada pelo sistema de saúde do Canada como presente na vacina COVID da Pfizer, um fato que não foi divulgado pela fabricante da vacina às autoridades.

Portanto, se as autoridades brasileiras não removerem essa terapia genética tecnológica experimental mRNA - não é uma vacina para impor como imunizante no sistema de vacinação infantil, além disso, não é segura nem eficaz, isso é crime - veremos uma explosão de infanticídio, e o sangue de milhares de inocentes estará nas mãos das autoridades e dos pais.

A sequência deixa para trás DNA residual que poderia causar problemas...“Isso é um risco comprovado de genotoxicidade”, afirmou o Dr. Malone na audiência, segundo o Epoch Times Brasil

Existe a possibilidade de que os fragmentos estejam causando os tipos incomuns de câncer [chamado agora de câncer turbo, uma forma de câncer agressivo e de rápida progressão, resistente aos tratamentos convencionais ] que apareceram após a implementação das vacinas, acrescentou ele posteriormente.

“Eu especulo que o que podemos descobrir é que o risco de câncer aqui pode ser parcialmente atribuído a essas contaminações de DNA; isso seria consistente com a literatura revisada por pares”, disse o Dr. Malone. “E, a propósito, esses fragmentos de DNA também podem ser mostrados como contribuintes para anomalias genéticas em fetos, que é uma das causas mais proeminentes de aborto prematuro.”

A Dra. Kimberly Biss, uma obstetra-ginecologista, disse na audiência que também estava preocupada com o impacto das vacinas em crianças não nascidas, dada a elevação das taxas de aborto espontâneo entre suas pacientes.

O Dr. Malone afirmou anteriormente que a inclusão da sequência significa que a vacina é adulterada e deve ser retirada do mercado pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA, na sigla em inglês). A FDA disse ao The Epoch Times que “nenhuma preocupação com a segurança relacionada à sequência ou quantidade de DNA residual foi identificada” e que o regulador não iria recolher a vacina.

Não está claro se a FDA conduziu algum teste para respaldar sua posição. A FDA se recusou a responder a muitas perguntas sobre a sequência, incluindo quando soube disso e de quem.

Tanto a Health Canada quanto a Agência Europeia de Medicamentos afirmaram que a Pfizer e a BioNTech não destacaram a inclusão da sequência ao enviar a documentação.

“As regras são que você não tira conclusões sem dados”, disse o Dr. Malone. “Normalmente, historicamente, é necessário realizar rigorosos ensaios de genotoxicidade e mutagênese insercional”, mas não há evidências de que a FDA tenha realizado esses testes ou ordenado que as empresas os realizassem.

A Pfizer e a BioNTech não responderam aos pedidos de comentários.


O Dr. Malone apontou em seu blog que em uma patente da Moderna, a empresa afirmou que injetar DNA diretamente em hospedeiros vivos traz “problemas potenciais, incluindo a possibilidade de mutagênese insercional, que poderia levar à ativação de oncogenes ou à inibição de genes supressores de tumores”.

Alguns outros médicos externos disseram estar preocupados que os fragmentos deixados para trás possam desencadear problemas.

A deputada Marjorie Taylor Greene (R-Ga.) Fala aos repórteres em Washington em 12 de outubro de 2023. (Madalina Vasiliu/The Epoch Times)

“O DNA plasmídico é um risco baixo, mas não zero, de mutagênese insercional de células-tronco normais”, escreveu Phillip Buckhaults, professor da Faculdade de Farmácia da Universidade da Carolina do Sul, no X, anteriormente conhecido como Twitter, nesta semana.

“Transfetei bilhões de células com fragmentos de DNA durante minha carreira e tenho um senso intuitivo informado (com base em dados e experiência) sobre os riscos de câncer in vivo causados pela contaminação de DNA em baixos níveis nesses produtos”, escreveu ele. “Suspeito que o risco seja semelhante ao fumo e câncer de pulmão ou à exposição excessiva ao sol e melanoma. O risco é preocupante o suficiente para estudar e minimizar.”

Buckhaults é um dos cientistas que testou frascos da vacina e detectou o DNA.

Esses testes realizados por cientistas independentes levaram a Health Canada a confirmar a presença da sequência, informou a agência ao The Epoch Times.

Legisladores se manifestam


O deputado Warren Davidson (R-Ohio) durante a audiência disse que conversou com eleitores que desabaram em lágrimas porque foram obrigados a se vacinar para manter seus empregos. “Eles foram compelidos a tomar essa vacina. E estavam muito preocupados com os efeitos”, disse ele, antes de perguntar ao Dr. Malone se a vacina deixa para trás “um marcador persistente”.

O Dr. Malone observou que testes encontraram o mRNA modificado permanecendo no corpo por semanas ou até meses e disse que, devido à falta de testes pelos reguladores, “não sabemos precisamente quanto tempo esses produtos permanecem em seu corpo”.

Davidson disse que acha que o que aconteceu durante a pandemia mostra como a Câmara dos Representantes deveria formar um comitê focado em cuidados de saúde.

O deputado Matt Gaetz (R-Fla.) disse estar preocupado com a ideia de que muitas pessoas que foram prejudicadas pelas vacinas COVID-19 podem não saber que foram prejudicadas por problemas como coágulos sanguíneos que podem ter outras causas.

O deputado Thomas Massie (R-Ky.) lamentou como dois altos funcionários da FDA, Marion Gruber e o Dr. Philip Krause, deixaram a agência durante a pandemia devido à aprovação apressada da vacina Pfizer-BioNTech pela FDA.

“O evento desencadeador – e conversei com ambos – foi quando foram forçados a aprovar algo usando métodos de natureza política, raciocínio de natureza política, em vez de científica”, disse Massie. Se esses especialistas permanecessem no cargo, “teríamos percebido algumas dessas coisas”, disse ele.

Greene disse que vê a necessidade de responsabilidade e transparência quando se trata das vacinas. “Isso, na minha opinião, é a pior coisa que já aconteceu em nosso país desde que nasci, e o papel do governo não pode ser negado”, disse ela ao encerrar a audiência. “E compartilho todos os seus sentimentos, assim como a maioria dos americanos que estão indignados e irritados e continuam a ficar irritados com o fato de ninguém nunca ter sido responsabilizado.”

Ela disse que realizará audiências adicionais no futuro e vê o apoio crescendo entre os colegas. - Referência: Epoch Times Brasil

Obtenha o Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco para melhor Imunidade e Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui


Siga-nos: | | e | Inscreva-se na nossa | Nos Apoie: Doar
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Fechar Menu
Entre em nosso Telegram

Entre para nosso canal do Telegram

ENTRAR

Nos siga no X (Twitter)

Compartilhamos nossos artigos e outras informações

SEGUIR

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR