Crise e inflação: primeiro o colapso, depois o controle total?

Os governos estão acumulando cada vez mais dívidas e a economia está em direção a um iminente colapso.


Crise e inflação: primeiro o colapso, depois o controle total?

Os governos estão acumulando cada vez mais dívidas e a economia está em direção a um iminente colapso. Estamos deliberadamente caminhando para o colapso econômico e financeiro global para que os globalistas possam impor seu dinheiro digital do banco central às pessoas, obtendo assim, total controle sobre as finanças e à vida das pessoas.

Um Pacto Digital Global com Identificação Digital vinculada a conta bancaria/ moeda digital / certificado de saúde digital já está a caminho de ser implementado. Portanto, reduzir esse sistema existente a escombros, você está preparando o terreno para a introdução da moeda digital do banco central (CBDC). Uma sociedade sem dinheiro em que as pessoas estarão completamente expostas aos caprichos de administradores democraticamente ilegítimos.

Os controladores serão aqueles que lhe dirão o que você pode ou não comprar com seu dinheiro.


Basicamente, tudo está indo de acordo com o planejado. Porque a história ensina que os sistemas existentes não podem ser alterados com reformas. Em vez disso, os últimos séculos em todo o mundo mostraram que os regimes dominantes devem primeiro ser completamente destruídos e esmagados antes que algo novo possa ser construído sobre suas ruínas. 

E essa parece ser inteiramente a intenção das potências globalistas, que – também como resultado da infiltração de fantoches do Fórum Econômico Mundial WEF e Bilderbergers – se espalharam na política e nas organizações internacionais. Portanto, o Grande Reset, ou a Grande Redefinição é parte da agenda, destruir/ colapsar países para impor a redefinição nos moldes da agenda da conetividade e digitalização.

Uma vez que as pessoas perderam a fé no "dinheiro fiduciário" desvalorizado pela hiperinflação, é fácil tornar o dinheiro digital do banco central palatável para elas. As pessoas são simplesmente deixadas na pobreza e na miséria por um ou dois anos, depois pegam as carteiras digitais, incluindo uma renda básica garantida pelo Estado, que será a armadilha da escravização. 

Isso também cria cidadãos bem-comportados e obedientes. Aqueles que hoje dependem de benefícios sociais do Estado também terão receio de violar as condições relevantes e, assim, sofrer perdas financeiras. Este também será o caso no caso da dependência da Moeda Digital do Banco Central (CBDC). Porque pessoas "desobedientes" podem ser punidas simplesmente pressionando um botão ou clique do mouse.

A moeda digital será Programável significa que o dinheiro pode ser programado para ser gasto por um indivíduo, ou bloqueado, ou expirado, ou feito para ser usado em certos bens ou serviços – ou pode ser totalmente retido, eliminado, dependendo quão bem você se comporta, de acordo com os padrões da elite dominante do culto à morte.

Você não precisa ser um "profeta da crise" para reconhecer tendências correspondentes. Embora seja claro que o sistema existente tem muitas falhas e deficiências, ele não entrará simplesmente em colapso. Provavelmente se lembram da crise econômica e financeira de 2008/2009, que depois levou à crise da dívida e do euro de 2010. 

Hoje, a dívida pública está mais alta do que nunca (também como resultado de todos os "pacotes Corona" e subsídios para lidar com a crise energética). Mas a Grécia e suas dívidas ainda não estão nas manchetes. Nem os de Itália, Espanha e Portugal, que também atravessam enormes dificuldades financeiras. Por quê? O Banco Central Europeu (BCE) continua a manter tudo a funcionar de alguma forma. Ainda.

Mas, em algum momento, isso não funcionará mais, pois as disparidades em toda a zona do euro simplesmente se tornarão grandes demais e o ato de equilíbrio do BCE não funcionará mais. Em seguida, as principais autoridades monetárias de Frankfurt terão que decidir qual pílula amarga engolir. 

E, em caso de dúvida, o caminho que termina em hiperinflação, reforma cambial e introdução de dinheiro digital do banco central é simplesmente tomado. Algo que também é endossado pelo Fórum Econômico Mundial (WEF). Ou, como disse abertamente o professor Eswar Prasad em uma reunião do WEF em junho: 

"Pode-se potencialmente [...] mundo mais sombrio, onde o governo decide que [a CBDC] pode ser usada para comprar algumas coisas, mas não para outras coisas que considera menos desejáveis, como munição, drogas, pornografia ou algo assim." Ou mesmo apenas uma compra limitada de carne, gasolina ou outras coisas "prejudiciais ao clima"...

Outro aspecto que Prasad abordou é uma versão moderna do "dinheiro de encolhimento" que pode ser introduzida. "Quando você pensa sobre os benefícios do dinheiro digital, há enormes benefícios potenciais", disse ele na reunião, acrescentando: "Não se trata apenas de formas digitais de moedas digitais, mas também de programabilidade – unidades de dinheiro do banco central com datas de validade". 

Basicamente, o entesouramento deve ser evitado para que o dinheiro digital circule o mais rápido possível – e ninguém vem com a ideia de poupar para investimentos maiores, por exemplo. Isso sem falar na rastreabilidade das transações, para que as autoridades possam entender facilmente o que (e para quem) você gasta seu dinheiro.

Referência: Report24
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Fechar Menu