Coletividade Evolutiva , Agenda globalista na UE: Milhares de fazendas holandesas sendo forçadas fechar para cumprir regras ambientais fascistas , Ciência , Ivermectina , Meio ambiente , Mundo , Notícias alternativas ,

Agenda globalista na UE: Milhares de fazendas holandesas sendo forçadas fechar para cumprir regras ambientais fascistas

A guerra holandesa contra os agricultores faz parte da mesma agenda Governança ambiental e social que está sendo promovida pelos globalistas


Agenda globalista na UE: Milhares de fazendas holandesas sendo forçadas fechar para cumprir as novas regras ambientais

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da“ Agenda 2030” das Nações Unidas e os parceiros da ONU no Fórum Econômico Mundial (WEF) estão diretamente relacionados ao crescente ataque regulatório aos produtores agrícolas da Holanda e dos Estados Unidos ao Sri Lanka e além... assim como o "Lula molusco" está diretamente ligado aos globalistas na agenda contra o agro brasileiro — chamou o agro de fascista.

De acordo com documentos da ONU, a propriedade privada da terra está na mira à medida que a produção global de alimentos e a economia global são modificadas para cumprir as metas globais de sustentabilidade. A União Européia (UE) controlada pelos globalistas já está exigindo que os estados-nação membros, incluindo a Holanda, interrompam a agricultura para cumprir as regras ambientais baseadas na farsa conhecida como “mudança climática”.

Cerca de 3.000 fazendas localizadas em áreas “ambientalmente sensíveis” na Holanda estão agora programadas para serem apreendidas e fechadas, segundo nos disseram – isso é mais do que as 600 fazendas que foram anunciadas em outubro como alvos de eliminação devido à “poluição” por nitrogênio.

Após um verão de protestos de agricultores que viram tratores atravessarem a paisagem holandesa como uma demonstração de oposição à agenda “verde” da UE, o governo holandês ainda está avançando com planos de reduzir as emissões de nitrogênio no país em pelo menos 50% até o ano de 2030.

A ministra do nitrogênio, Christianne van der Wal, anunciou recentemente que o governo holandês realizará uma “compra obrigatória” das maiores fazendas emissoras de nitrogênio do país. Os agricultores que possuem a terra receberão ofertas “bem acima” do valor real de suas propriedades.

Van der Wal acrescentou em comunicado que “não há oferta melhor por vir” do que as que seu governo planeja oferecer. Em outras palavras, os agricultores podem aceitar o acordo e obter alguma coisa, ou rejeitá-lo e possivelmente receber muito pouco ou nada enquanto perdem seus meios de subsistência.

A guerra holandesa contra os agricultores faz parte da mesma agenda Governança ambiental e social que está sendo promovida pelos globalistas


O desfecho dessa derrubada da agricultura holandesa faz parte de um plano globalista de emissões de carbono “líquido zero”, que visa remover o carbono, um elemento natural necessário para a vida, dos quatro cantos do planeta.

Com isso virá o despovoamento em massa, é claro, já que o carbono e o nitrogênio são blocos básicos de construção da vida. O globalismo, em essência, é anti-vida e busca roubar, matar e destruir tudo o que é natural e bom.

“A guerra da Holanda contra os agricultores para perseguir sua agenda Governança ambiental e social serve como um alerta severo”, diz Will Hild, diretor executivo do grupo Consumers' Research.

“Os americanos devem estar vigilantes contra os esforços de governos e grandes empresas de Wall Street, como a BlackRock, que impõem essas mesmas metas perigosas de emissões líquidas de carbono zero aqui nos EUA. É difícil exagerar a imprudência de minar os agricultores durante a maior crise alimentar global em décadas. Isso provavelmente exacerbará a inflação dos preços dos alimentos que já estamos experimentando”.

Há um pequeno lado positivo em tudo isso, pois um partido político chamado BoerBurgerBeweging (BBB), apoiado pelo movimento Farmer-Citizen na Holanda, atualmente ocupa o quarto lugar nas pesquisas antes da eleição do ano que vem.

É possível que o BBB continue subindo na classificação à medida que os cidadãos holandeses aprenderem mais sobre o que as políticas “verdes” da UE farão. Uma vez que se torne mais amplamente conhecido que a fome em massa é o resultado final de tais políticas, a popularidade do BBB pode aumentar, resultando potencialmente em uma vitória no próximo ano.

Segundo relatos, o objetivo número um do BBB será reformar a “lei do nitrogênio” do país, que erroneamente vê esse elemento natural como um “poluente” que precisa ser erradicado.

O produtor agrícola número um do mundo atualmente são os Estados Unidos, seguidos pela Holanda em segundo lugar. Grande parte da Europa Ocidental depende da Holanda para vegetais. Na verdade, mais da metade de toda a terra holandesa é usada para agricultura, e há 24.000 acres de plantações também crescendo em estufas por todo o país.

“E assim começa”, escreveu um comentarista. “Procure que o resto das fazendas europeias sigam o mesmo caminho. Os EUA não estão muito atrás. Os fazendeiros holandeses deveriam unir as armas e se unir para uma luta feia. Não há outro caminho." - Fonte: naturalnews 

Obtenha o Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco para melhor Imunidade e Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui


Siga-nos: | | e | Inscreva-se na nossa | Nos Apoie: Doar
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Fechar Menu
Entre em nosso Telegram

Entre para nosso canal do Telegram

ENTRAR

Nos siga no X (Twitter)

Compartilhamos nossos artigos e outras informações

SEGUIR

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR