CDC: 74,2 milhões de pessoas que vivem nos EUA nunca foram “vacinadas” para COVID

Relatório do CDC admite que 74,2 milhões de pessoas nos EUA não tomaram uma única dose da vacina Covid-19, e outros 157 milhões recusaram uma 2ª...

CDC: 74,2 milhões de pessoas que vivem nos EUA nunca foram “vacinadas” para COVID

O último relatório dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA revela que uma grande campanha de marketing enganoso e operação psicológica para convencer as pessoas a se vacinarem falharam, por que cerca de  74,2 milhões de pessoas que vivem nos Estados Unidos decidiram simplesmente dizer não às drogas experimentais de modificação genética de mRNA. Outros 157 milhões, sabemos agora, receberam a primeira “dose” de uma série de dois tiros, mas se recusaram a receber o segundo ou terceiro.

Ou estes parcialmente espetados sofreram um evento adverso que os levou a recusar qualquer desses venenos de cobra dessas "vacinas" subsequentes, 2ª ou 3ª dose, ou de repente despertaram para a realidade após a primeira dose que de fato a coisa toda é uma farsa mortal.

Fomos rotineiramente enganados pelo lobby da vacina que ninguém que fosse injetado jamais “pegaria COVID” e tudo acabaria, mais adiante ouvíamos mais mentiras como:  
Se você for vacinado, não será hospitalizado, não ficará na UTI e não morrerá. A realidade, no entanto, é que há muito mais “casos” novos da gripe chinesa entre pessoas que foram infectadas pela injeção venenosa do que entre pessoas que deixaram seu sistema imunológico natural intacto.

Todas essas agências ditas de saúde, reguladoras e políticos mentiram o tempo todo sobre a vacinação e seus efeitos a longo prazo, sempre dizendo ser segura e eficaz, são todos cúmplices da gigante indústria farmacêutica, eles estão cheios de ganâncias e conflitos de interesses em continuar a mentira para lucrar com o sofrimento dos mortos e feridos pelas injeções de veneno.

Totalmente vacinados tem duas vezes mais chances de morrer de covid em comparação com não vacinado - por que a covid que está matando é a própria vacina espalhando a doença.



Os roteiros pró-vacina são colocados à sua frente como os não vacinados são os culpados da pandemia, algo sem sentido, como um vacinado está protegido precisa ficar longe de uma doença que eles se protegeram com uma vacina dita segura e eficaz? Demonstrando que tudo o que esses gananciosos pró-vacina e seu regime são anti-verdade.

Por exemplo: A maioria dos 43 casos de COVID-19 causados ​​pela variante Ômicron identificados nos Estados Unidos no ano passado ocorreu em pessoas que foram totalmente vacinadas e um terço deles recebeu uma dose de reforço, de acordo com um relatório dos EUA  do CDC. Os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) disseram que dos 43 casos atribuídos à variante Ômicron, 34 pessoas foram totalmente vacinadas. Quatorze deles também receberam um reforço.

“Aproximadamente 183 milhões de pessoas nos EUA agora estão se recusando a participar do maior experimento do mundo real já realizado, mesmo que seu presidente 'eleito' tenha dito a eles que era seu dever patriótico se vacinar porque ele afirmou falsamente que os vacinados não espalham Covid. -19”, informa o Daily Exposé (Reino Unido).

Enquanto isso, dados oficiais publicados pelo governo do Canadá revelam que as pessoas com injeção tripla têm agora quatro vezes mais chances do que os não vacinados de se infectarem com a gripe Chinesa e duas vezes mais chances de serem hospitalizadas com ela.

Essas mesmas pessoas com injeção tripla também têm duas vezes mais chances de morrer de COVID em comparação com suas contrapartes não vacinadas.

Uma explicação para isso é a doença aprimorada associada à vacina, também conhecida como aprimoramento dependente de anticorpos, ou ADE. Outra é que as pessoas estão contraindo AIDS (síndrome da imunodeficiência adquirida) das injeções.

Cerca de dois anos atrás, Luc Montagnier, ganhador do Prêmio Nobel conhecido por descobrir o vírus do HIV, alertou que vacinar pessoas no meio de uma pandemia “é um erro inaceitável”. Estamos vendo agora as consequências de um mundo que rejeitou o aviso de Montagnier.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Sugestão de suplemento

Postar um comentário

0 Comentários

Fechar Menu