Adquira agora o e-book CULTIVANDO HORTA ORGÂNICA e  apenda tudo sobre o cultivo de hortas, do básico ao avançado,  desde o plantio até a colheita.
Vacinação

CENSURA E CRIANÇAS EM PERIGO: O Dr. McCullough processa a revista Elsevier por CENSURAR estudo destacando os perigos de "vacinação" Covid em crianças

Vacinação: CENSURA E CRIANÇAS EM PERIGO: O Dr. McCullough processa a revista Elsevier por CENSURAR estudo destacando os perigos de "vacinação" Covid em crianças... “Este é um ato aberto de censura”, explicou ele. “Vamos abrir um processo em grande escala contra a Elsevier , e será por quebra de contrato.”

Fabio Allves
Compartilhe:
CENSURA E CRIANÇAS EM PERIGO: O Dr. McCullough processa a revista Elsevier por se recusar a publicar estudo destacando os riscos de "vacinação" Covid em crianças

O especialista em coronavírus, Dr. Peter McCullough, está processando a Elsevier por se recusar a publicar um novo estudo mostrando que as vacinas da Covid são especialmente perigosas para crianças.

Durante um episódio recente do The John-Henry Westen Show , o Dr. McCullough explicou que a Elsevier publicou originalmente o estudo em questão, mas rapidamente o eliminou depois que a agência reguladora americana Food and Drug Administration (FDA) convergiu para discutir a autorização da substância experimental para uso de "emergência" em crianças de 5 a 11 anos.

“Este é um ato aberto de censura”, explicou ele. “Vamos abrir um processo em grande escala contra a Elsevier , e será por quebra de contrato.”

O Dr. McCullough quer saber por que a Elsevier decidiu ocultar essa importante pesquisa do público e da comunidade científica. Todos nós já sabemos a resposta, porém: é porque a ciência real refuta a alegada “segurança” e “eficácia” dessas injeções experimentais.

“O achado mais notável é que essa inflamação do coração da miocardite que ocorre normalmente na segunda injeção após a Pfizer ou Moderna, é explosiva e ocorre poucos dias após a segunda injeção”, diz o Dr. McCullough.

Ciência censurada não é ciência real


A Elsevier abrange uma família inteira de periódicos médicos, só para ficar claro. É um dos maiores e provavelmente mais influentes quando se trata de direcionar a medicina moderna. O fato de Elsevier excluir a ciência simplesmente porque ela desafia a na
rrativa oficial da pandemia orquestrada pelo medo só serve para mostrar que ela está comprometida como a agenda globalistas assim como o resto.


Nesse caso, foi a publicação da Elsevier Current Problems in Cardiology que apagou o estudo “polêmico”. E o Dr. McCullough é uma das poucas pessoas, senão a única, que é corajosa o suficiente para dizer algo sobre isso.

Afinal de contas, o Dr. McCullough falou abertamente sobre o engano pandêmico . Em julho, ele sugeriu que mais de 50.000 americanos já haviam morrido por causa das injeções.

Vários denunciantes, incluindo dois dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, disseram ao Dr. McCullough que o número real de mortes causadas pelas vacinas da Covid é substancialmente maior do que o que está sendo relatado.

O Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS) é conhecido por subestimar grosseiramente o verdadeiro número de ferimentos e mortes associados não apenas às vacinas contra a Covid, mas todas as “vacinas” promovidas pelo CDC.

Se a Elsevier fosse uma publicação honesta, sua equipe editorial não teria escrúpulos em publicar estudos que contrariam o status quo. Em vez disso, a Elsevier está optando por censurar a verdade e publicar apenas estudos que apoiem ​​a versão de narrativas falsas sobre vacinas seguras e eficazes.

Como você deve se lembrar, o Dr. McCullough continua sendo um forte defensor do tratamento de intervenção precoce para as chamadas infecções “Covid”. Ele defendeu a hidroxicloroquina (HCQ) e a ivermectina, ambas na lista negra de empresas como a Elsevier .

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Veja mais sobre: , , , , , ,
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Apoie o nosso trabalho com uma | DOAÇÃO |
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas, questionando as raízes que constitui aparentemente nossa realidade, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tenho como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.

MAIS RECENTES