COLAPSO: Farmácias em Nova York ficam vazias conforme o colapso global se acelera, e apagões contínuos da rede elétrica

Sociedade e governo: COLAPSO: Farmácias em Nova York ficam vazias conforme o colapso global se acelera, e apagões contínuos da rede elétrica ... Escassez global está sendo projetada para causar apagões, prateleiras vazias e fome em massa para causar um período de extinção da humanidade

Fabio Allves
Compartilhe:
COLAPSO: Farmácias em Nova York ficam vazias conforme o colapso global se acelera, e apagões contínuos da rede elétrica

Por causa desse colapso global planejado, as pessoas do mundo estão prestes a experimentar uma extrema escassez de alimentos, fome generalizada, suprimentos médicos, acesso a tratamentos hospitalares, apagões da rede elétrica, carência de abastecimento de água, entre outros setores. Essas carências estão sendo planejadas para criar agitação civil e um levante global que será usado para justificar as repressões contra a liberdade e o livre movimento. Em outras palavras, tudo será usado contra o povo nesse grande Reset.

O que os leitores deste site já sabem - mas as massas alheias só agora estão começando a descobrir - é que as cadeias de abastecimento globais estão sendo deliberadamente interrompidas para causar grave escassez de energia, alimentos, bens de consumo, medicamentos e outros produtos.

As prateleiras de varejo nas lojas CVS, Walgreens e Duane Reade agora estão “praticamente vazias” em Nova York (EUA), revelando já o que podemos esperar nesse colapso global emergente, de acordo o Daily Mail do Reino Unido. “As prateleiras das farmácias em toda a cidade de Nova York ficaram quase vazias porque os suprimentos não estão passando em meio a um aperto global em curso”, relata o jornal, citando o colapso da cadeia de abastecimento global.

Como o UK Daily Mail avisa ainda:

Especialistas alertaram o governo para intervir ou enfrentar uma espiral crescente de inflação e desemprego, à medida que a demanda cada vez maior por bens escassos empurra seus preços para cima.

Os consumidores americanos já viram os preços de itens de uso diário subirem nos últimos meses, com economistas alertando sobre um período prolongado de inflação que aumentará o custo de vida.

Como alertamos, as autoridades do governo baseando em suposições da OMS, paralisando o país com mandatos obrigatórios em pretexto de combater a Covid-19, combateu tudo e todos menos Covid-19, no entanto, tem na realidade, causado a crise econômica, aumento no desemprego, fechamento de empresas e comércios, aumento da pobreza, fome, mortes.

Risco de apagões em 2022 no Brasil é preocupante, alerta representante de indústria de máquinas


Essa é a avaliação da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), setor que monitora o problema de perto. Em entrevista à BBC News Brasil, o presidente da associação, José Velloso, explicou que sua preocupação maior é com 2022, quando a expectativa é de que as chuvas continuem abaixo da média histórica devido ao fenômeno climático El Niña. 

A crise energética provocada pela falta de chuvas e a consequente baixa dos reservatórios das hidrelétricas deve ter como principal efeito em 2021 o aumento da conta de luz, impacto que já chegou ao bolso dos brasileiros e encarece a produção no país. Já o racionamento no fornecimento de eletricidade não deve ocorrer e o risco de apagões pontuais determinados pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) em momentos de picos de consumo é iminente.

Apesar dessas alegações, sabemos, que essas crises são deliberadamente planejadas, para elevar o aumento dos preços ou até mesmo ao desemprego e privatizações dos setores. Além disso, temos o problema com a modificação climática com a geoengenharia que estão projetando secas ou chuvas anormais, e tudo sendo jogado falsamente em mudanças climáticas provocadas pelos humanos.

Toda a rede elétrica do Líbano caiu ... e provavelmente ficará desligada por dias


Como a Sky News informou neste fim de semana, toda a rede elétrica da nação do Líbano caiu devido à falta de combustível. Como a Sky News explica:

A rede elétrica do Líbano foi totalmente fechada depois que as duas principais usinas do país ficaram sem combustível.

As usinas de Al Zahrani e Deir Ammar pararam de funcionar depois que o suprimento de diesel aparentemente acabou e a produção de energia caiu para menos de 200 megawatts.

A falta de óleo diesel está ocorrendo devido a um colapso global de transporte e logística que foi artificialmente projetado pelos bloqueios da COVID. O objetivo dos globalistas é o extermínio total da humanidade, e parte do processo para atingir esse objetivo é destruir a infraestrutura que mantém a humanidade viva (além de lançar armas biológicas projetadas e administrar deliberadamente “vacinas” contendo essas armas biológicas).

A Índia agora enfrenta apagões contínuos à medida que o colapso da cadeia de abastecimento global amplia seu alcance


Além dos apagões contínuos da China que até agora afetaram 20 das 31 províncias chinesas (e paralisaram a manufatura nessas áreas), "Um ministro na capital indiana, Nova Delhi, alertou no domingo que os apagões poderiam abalar a enorme cidade nos próximos dois dias", relatórios Zero Hedge . “Mas a capital do país não é a única a sofrer com a escassez de energia: ela se junta a dois estados indianos - Tamil Nadu e Odisha - que emitiram alerta sobre a possibilidade crescente de apagões devido à redução no fornecimento de carvão.”

De ZH:

De acordo com o Ministro de Energia de Delhi, Satyendra Jain, mais da metade das 135 usinas movidas a carvão da Índia, que fornecem cerca de 70% da eletricidade do país, viram seus estoques esgotados a níveis tão baixos que só têm o suficiente para garantir energia por três dias antes que a capital seja atingida por apagões. Normalmente, eles devem manter um estoque reserva de pelo menos um mês. Mas estes não são tempos normais.

“Se o suprimento de carvão não melhorar, haverá um apagão em Delhi em dois dias”, disse hoje o ministro da Energia da capital nacional, Satyendra Jain. “As usinas movidas a carvão que fornecem eletricidade para Delhi precisam manter um estoque mínimo de carvão de um mês, mas agora ele caiu para um dia”, disse Jain.

O South China Morning Post documentou recentemente o colapso da rede elétrica da China, explicando que "o exército chinês de pequenos e médios fabricantes (PMEs) foi duramente atingido pela crise de energia em todo o país, com cortes na produção e sufocantes condições de trabalho cobrando seu preço, enquanto o pânico na compra de matérias-primas e produtos está se tornando comum, com o temor de que os preços possam disparar. ”

As fábricas estão fechando devido à falta de energia, fazendo com que a produtividade doméstica da China despence. Do SCMP:

“Algumas fábricas estão até sendo proibidas de produzir [qualquer mercadoria] por seis dias em alguns países, após operar por apenas um dia. Parece tão ridículo, mas é verdade. ”

Uma escassez global está sendo projetada para causar apagões, prateleiras vazias e fome em massa durante o período de extinção planejado.

Este colapso planejado é parte do que você pode chamar de "COVID comunismo" tomada do mundo, onde governos desonestos dedicados ao despovoamento global estão desmantelando os mecanismos de livre mercado por meio de bloqueios de pandemia e demissões em massa de quem tem imunidade natural (e quem não tem querem tomar a chamada injeção de “vacina”, uma vez que contêm nanopartículas de proteína de pico mortal).

Explore mais sobre:

Compartilhe:
RELATAR ERROS:
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.