Plantas para varanda: quais as melhores, como cultivar em vasos e mais!

saúde: Plantas para varanda: quais as melhores, como cultivar em vasos e mais!... Neste artigo, apresentamos as melhores plantas para cultivar em varandas. Veja suas características e como cuidar de cada uma delas.

Colaboradores
Compartilhe:

Neste artigo, apresentamos as melhores plantas para cultivar em varandas. Veja suas características e como cuidar de cada uma delas.

Plantas para varanda: quais escolher?


A varanda é um espaço intermediário entre o exterior com o interior da residência, ficando à vista para qualquer pessoa que observa uma casa ou apartamento da rua, e portanto, um dos motivos para ela ser a área onde as pessoas costumam adornar com muitas plantas e móveis decorativos.

Algumas plantas pendentes com longos caimentos assemelham-se a belas cascatas esverdeadas, formando uma cortina natural de ornamentação muito charmosa. Outras, em grandes vasos, crescem como pequenas arvoretas e indicam um lugar de repouso. Se você também se encanta com a diversidade e exuberância das plantas, mas não sabe qual ficaria melhor na varanda da sua casa, continue conosco e veja as melhores plantas para começar a decorar sua residência, além dos cuidados básicos que você deve ter com elas. Confira!

Plantas para varanda


É verdade que existe uma infinidade de plantas, e nem sempre escolher uma ou algumas delas é um trabalho fácil. Saber qual a mais bonita, em qual vaso usar e onde colocar pode ser uma tremenda dor de cabeça para os jardineiros não muito experientes. Pensando nisso, separamos 11 dicas de espécies de plantas para você cultivar na varanda da sua casa. Veja a seguir!

Espada de São Jorge


A Espada de São Jorge é uma planta repleta de energia e significados, muitos deles atrelados ao seu formato alongado e triangular, e nomes que remetem à proteção do lar. Ela também é uma das melhores opções para quem ainda está na dúvida de qual planta começar, ainda mais se você não tem muita experiência em jardinagem. Seu cultivo é simples e fácil, sem exigências que possam tomar muito do seu tempo.

Todavia, nem por isso deixam de ser muito bonitas, pelo contrário, sua versatilidade e o design de suas folhas permitem que a Espada de São Jorge adorne muito bem os mais variados locais da sua varanda, seja em grandes vasos no chão, no parapeito ou até mesmo suspenso, essa planta certamente acrescentará muito mais beleza à sua residência.

Dasilírio


Se você busca por algo mais exótico, o Dasilírio é a planta ideal e muito rústica, que se desenvolve a partir de um tronco repleto de inúmeras folhas - de 100 a 300 por ramo - e tem ganhado fama nos últimos tempos, principalmente pela diversificação que ela acrescenta ao ambiente e por suas poucas exigências de manutenção. Dasilírio é nativo dos desertos do México, uma planta perfeita para os lugares mais ensolarados e sem muita exposição ao vento.

Essa é mais uma planta de fácil cultivo, muito resistente aos mais variados climas, suportando temperaturas desde os 50° até -6° C, além de se desenvolver naturalmente nos períodos de seca. Sem dúvidas, essa planta atrai atenção também pela sua versatilidade, podendo ser cultivada tanto em terrenos ou até mesmo em vasos e jardineiras, acrescentando uma beleza incomum ao cenário.

Hera


A versatilidade, fácil cultivo e sua beleza adaptativa fazem da Hera uma excelente opção para ter na varanda da sua casa. Ela é uma trepadeira que acrescenta um charme natural ao crescer agarrada em outras plantas ou objetos da decoração, mas se você preferir, ela também forma uma bela cascata, quando cultivada como planta pendente.

A Hera se desenvolve sob a luz direta do sol ou meia sombra, e quanto mais iluminação ela recebe, mais claras ficam suas folhas. Tirando isso, essa planta possui poucas necessidades de cuidados e facilmente se adapta aos mais diversos ambientes.

Jade


Popularmente conhecida como “árvore-da-amizade” e também “árvore-da-vida”, a Jade é uma bela suculenta de folhas densas de fácil cultivo, está também entre as plantas preferidas daqueles que estão iniciando a prática do cultivo. Suas belas flores, róseas ou brancas, desabrocham durante a primavera e se destacam nas varandas dos lares.

Sua aparência, no mínimo peculiar, é muito vistosa: seu caule lembra pequenos troncos de árvores com enormes folhas densas que surgem de suas ramificações. Quando cultivadas em vasos grandes, suas hastes crescem consideravelmente, assim como seus ramos, tendo a aparência de uma floresta em miniatura.

Aspargo pluma


A folhagem do Aspargo pluma é o seu maior atrativo. Em formato de espinhos, suas folhas surgem nos diversos ramos que surgem sob a sua “pluma”. Suas flores, embora não sejam tão atrativas quanto à folhagem, possuem uma beleza de grande valor ornamental.

Além de muito bonita e exótica, o Aspargo Pluma também é de fácil cultivo, indicada principalmente para lugares quentes, diretamente ao sol ou a meia sombra, porém apresentando ainda uma boa resistência ao frio.

A soma desses fatores faz dela uma ótima opção, não apenas para quem está aprendendo a arte do cultivo, mas também para aqueles que desejam decorar com mais variedades os diversos ambientes da sua casa.

Lantana


Com as suas belas flores, multicoloridas e similares às pequenas trombetas, a Lantana é também conhecida como planta arco-íris. Esse é um gênero de fácil cultivo para todas as suas espécies, essa variedade de plantas permite que você tenha flores arbustivas ou até mesmo em plantas pendentes.

Se você deseja ter a varanda florida durante o ano inteiro, a Lantana é a escolha ideal. Suas flores podem desabrochar durante todo o ano, surgindo sob inúmeras ramificações que formam um pequeno buquê com cores que podem variar entre tonalidades avermelhadas, alaranjadas e róseas, conforme o amadurecimento de cada uma.

Samambaias


Essa é uma das queridinhas dos brasileiros, tanto no cultivo doméstico quanto para os paisagistas, e se você ainda não cogitou ter uma Samambaia em sua varanda, vale deixá-la em suas opções. Ela é uma planta pendente muito popular pelo seu belo caimento, com inúmeros ramos repletos de belas folhas esverdeadas.

O caimento das Samambaias é incrível, quando jovens remetem a uma linda cabeleira crespa esverdeada, já na fase adulta, essa cabeleira cai em torno de seu vaso, de maneira a quase encobri-lo por completo e formando a famosa cascata inconfundível.

Antúrio


Com mais de 600 espécies, o gênero Anthurium, mais conhecido como Antúrio, é muito popular nas residências brasileiras. Ter uma dessas plantas em casa é sinal de hospitalidade e bem-estar, perfeita para dar as boas-vindas às visitas da sua varanda.

Seu destaque provém principalmente da sua inflorescência terminal, onde uma grandiosa bráctea vermelha em formato de coração se destaca. Isso mesmo, aquela não é sua flor. Sua floração se dá em sua espádice, uma haste amarela, que salta do centro da bráctea com inúmeros pontinhos salientes, esses sim, são suas flores.

Bambu da sorte


Uma planta de fácil cultivo e com design único, o Bambu da sorte é uma planta muito bonita que pode ser cultivada no solo ou diretamente na água. Amplamente utilizada nas práticas de feng shui, ela é cercada por significados, tradições e lendas que remetem à purificação da energia dos ambientes, riquezas e prosperidade.

De fato, esta planta não é um bambu, mas um membro da família das Ruscaceae. Embora cuidar de um Bambu da sorte seja simples, sem demandar muitos cuidados, o cultivo desta planta deve ser realizado à meia sombra, devido à sua sensibilidade aos raios solares, então, procure um local fresco e bem sombreado em sua varanda para poder cuidar dela.

Peperômia


As plantas pendentes fornecem um belo ponto de destaque em qualquer decoração, e além das Samambaias, a Peperômia também vem ganhando destaque e se tornando popular. Com inúmeras variações, essa planta chama atenção pelo seu belo e volumoso caimento, repleto de uma folhagem verde com marcas e traços esbranquiçados cortando suas folhas em formato de pequenos corações.

A Peperômia é outra planta de fácil cultivo, um dos motivos, além de sua beleza, de atrair tantos entusiastas e amantes da jardinagem. Ela é uma planta de meia-luz, ou seja, idealmente, é melhor cultivá-la em local que não tenha incidência direta de luz solar por longos períodos.

Orquídea


Cobiçada por muitos, a orquídea é uma família de plantas que possuem dezenas de milhares de espécies, todas únicas e lindas. Jardinistas e cultores do mundo todo admiram suas flores.

Elas são plantas sensíveis, e necessitam de alguns cuidados que outras plantas talvez não tenham, por isso, é bom fazer uma análise sobre a espécie que mais se adequa à sua residência. Alguns tipos de orquídeas mais comuns e fáceis de serem cultivadas são:

 

  • Orquídea bambu ou Arundina;

  • Renanthera coccinea;

  • Bletia catenulata;

  • o gênero Cymbidium possui muitas espécies de cultivo mais fácil;

  • Epidendrum sp é outro gênero contemplado por espécies de cultivo relativamente mais simples.

 

Cuidados com as plantas para varanda


Adornar sua varanda com plantas é uma das melhores maneiras de acrescentar charme com um toque naturalista à sua casa, mas todas as plantas precisam de alguns cuidados básicos, mesmo aqueles de cultivo simples e fácil. Confira a seguir os cuidados essenciais que você deve ter com as plantas na sua varanda!

Quais vasos escolher


A escolha do vaso é um fator muito importante. Embora algumas plantas possam crescer diretamente na água, como o Bambu da sorte que já mencionamos neste artigo, a maioria delas possuem raízes que podem apodrecer quando encharcadas. Veja algumas dicas para escolher o seu vaso:

 

  • Opte por vasos com muitos furos em sua base, são eles que impedirão o acúmulo de água na terra, permitindo uma boa eficiência na drenagem do solo; 

  • Escolha vasos grandes, quando possível, para que sua planta possa crescer sem ter sua raiz comprimida, limitando o seu desenvolvimento; 

  • Existem alguns vasos de fibra de coco, similar ao xaxim, que também são uma boa opção para o cultivo de plantas em varandas por agregarem ainda mais nutrientes ao substrato e auxiliar na drenagem do solo.


Espaço da varanda


Uma boa prática ao cultivar suas plantas na varanda é dividir ela conforme a ocorrência de sol durante o dia. Nas áreas com maior incidência de luz solar, procure deixar as plantas que se desenvolvem melhor em ambientes quentes e secos, como a Espada de São Jorge e o Dasilírio.

Já nos lugares que recebem pouco sol, deixe para as plantas de meia sombra, como a Samambaia e a Peperômia. Analise também o porte das plantas que você pretende cultivar e o espaço disponível em sua varanda.

Manutenção e poda das plantas


Por mais que muitas das plantas que citamos não tenham tantas necessidades de manutenção, é importante se atentar aos fatores essenciais que permitem a sobrevivência delas. Esteja atento à umidade do solo, pois assim como não se deve encharcá-lo, não se pode deixar o substrato secar, algumas são plantas desérticas e conservam o bom desenvolvimento mesmo durante períodos de seca, mas a maioria delas, não, então certifique-se quanto a isso.

Muitas plantas possuem o crescimento muito acentuado, em especial as trepadeiras e plantas pendentes, caso não queira que sua varanda se torne uma mini floresta, é essencial a realização da poda de tempos em tempos. Essa é uma prática rotineira para os cultores, não apenas para limitar o crescimento e propagação de algumas espécies, mas também para o controle de doenças e pragas.

Chuva


Esteja atento aos locais mais propensos a receber chuva, pois os vasos costumam não drenar tão bem a água proveniente de longas temporadas de chuva, e isso é muito prejudicial para a maioria das plantas, pois suas raízes podem encharcar e apodrecer ou desenvolver fungos. Por isso, o melhor é deixar apenas as plantas que necessitam de irrigação abundante nessas áreas.

Decore a sua varanda com plantas!


Escolher uma planta para decorar sua varanda nem sempre será uma tarefa fácil, mas seguindo as dicas que passamos neste artigo, você estará muito mais apto e saberá qual ficará melhor em cada ambiente da sua casa.

Seja com plantas pendentes que se destacam pelo seu belo caimento, as florais que dão cor e vida aos mais diversos lares, ou as exóticas de grande valor ornamental pela sua exuberância incomum, saiba que você pode cultivar os mais variados tipos com seus devidos cuidados e atenções.

Agora que você já sabe as melhores plantas e os cuidados essenciais que deve ter, não perca mais tempo e decore a sua varanda com essas lindas plantas!


Conteúdo publicado do Portal Vida Livre (https://portalvidalivre.com/). O ferecemos conteúdos relacionados a atividades  outdoor e estilo de vida aos nossos leitores e publicamos vários artigos diariamente voltados aos temas de jardinagem, pesca e turismo por exemplo...

Explore mais sobre:

Compartilhe:
RELATAR ERROS:
Colaboradores

Autor: Colaboradores

São artigos enviados para publicação, artigos de parceiros ou escritores convidados que contribuem com o Coletividade Evolutiva com informações de qualidade sobre os diversos tópicos que cobrimos neste blog. (Seja um Colaborador)