Máscara causa danos em crianças: 68% dos pais relatam problemas psicológicos e físicos alarmantes em um estudo inédito

- Coletividade Evolutiva

Máscara causa danos em crianças: 68% dos pais relatam problemas psicológicos e físicos alarmantes em um estudo inédito

Um estudo alemão envolvendo mais de 25.000 crianças revela que os principais impactos negativos na saúde física, psicológica e comportamental das crianças podem ser muito mais difundidos do que relatado na grande mídia e por funcionários do governo - afetando aproximadamente 68% e provocando 24 problemas de saúde diferentes, de acordo com as observações apresentadas pelos pais. 

É importa observar também, que relatos semelhantes estão ocorrendo, e precisa observar o impacto do "risco ou benefício", - apesar do estudo abaixo não mencionar que isso pode estar se refletindo em adultos e idosos também. Além disso, podemos observar que estudos anteriores provaram cientificamente que máscaras e respiradores não funcionam para prevenir doenças respiratórias semelhantes à influenza ou doenças respiratórias que se acredita serem transmitidas por gotículas e  partículas de aerossóis como é o caso do coronavírus Covid-19. No entanto, seu uso pode acabar prejudicando a saúde.

O estudo preocupante conduzido na Alemanha foi postado online como um preprint apesar de sua solida evidência com mais de 25 mil crianças (ainda não foi revisado por pares) intitulado, " Corona children studies" Co-Ki ": Primeiros resultados de um registro em toda a Alemanha sobre cobertura de boca e nariz (máscara) em crianças , ”Descrevendo os resultados de 17.854 relatórios enviados por pais sobre queixas ou deficiências de saúde experimentadas como resultado do uso de máscaras por seus 25.930 crianças.

O estudo foi projetado para explorar as narrativas acumuladas relatadas por pais, educadores e médicos sobre o aumento de problemas e queixas de saúde em crianças e adolescentes usando máscaras, bem como fornecer o primeiro registro online conhecido onde pais, médicos, professores e outros podem inserir suas observações em primeira mão. O registro e o questionário podem ser encontrados online em www.co-ki-masken.de da Alemanha.

Os autores do estudo declararam:

“Não existem estudos independentes de fabricantes sobre o uso de máscaras para crianças e adolescentes certificados como produtos médicos para segurança do trabalho em aplicações profissionais. Além disso, devido aos materiais desconhecidos usados, não há descobertas sobre os potenciais efeitos protetores ou efeitos colaterais das "máscaras do dia-a-dia", geralmente feitas em casa, usadas pela maioria das crianças. Tendo em vista as medidas em andamento para conter a pandemia COVID-19 e, em particular, as diversas obrigações de crianças e adolescentes de usarem máscaras na escola por um longo período de tempo, há uma necessidade urgente de pesquisa. ”

No dia 20 de outubro de 2020, 363 médicos foram solicitados a fazer cadastros e informar pais e professores da existência do cadastro.

Os dados registrados no registro incluíam informações sobre a função do registrante, dados demográficos, doenças anteriores, situação e tempo de uso da máscara, tipo de máscara, existência de reclamações da criança sobre deficiência por meio da máscara, sintomas, problemas comportamentais, e a atitude pessoal do entrevistado em relação às medidas de proteção corona do governo.

Em média, as crianças usavam máscaras por 270 minutos por dia, com deficiências sendo relatadas quase na mesma taxa pelas crianças (67,7%) e pelos pais (66,1%).

Os resultados do estudo foram resumidos da seguinte forma:

“Em 26.10.2020, o registro já havia sido usado por 20.353 pessoas. Nesta publicação, relatamos os resultados dos pais, que inseriram dados sobre um total de 25.930 crianças. O tempo médio de uso da máscara foi de 270 minutos por dia. Prejuízos causados ​​pelo uso da máscara foram relatados por 68% dos pais. Estes incluíram irritabilidade (60%), dor de cabeça (53%), dificuldade de concentração (50%), menos felicidade (49%), relutância em ir para a escola / jardim de infância (44%), mal-estar (42%) aprendizagem prejudicada (38%) ) e sonolência ou fadiga (37%). "

As queixas das crianças foram relatadas em 24 sintomas distintos, como segue:



Leia mais em: Greenmedinfo.com/
Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade

Tags:[Coletividade Evolutiva] Coronavírus | Covid-19 | descobrindo | medicina | saúde | Saúde e medicina | Sociedade
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Por favor, considere apoiar o nosso site.

Você pode nos ajudar e ajudar você mesmo, comprando o E-book (Cultivando Horta Orgânica)- Nessa "pandemia" um colapso está chegando, principalmente de alimentos, - Cultive seus próprios alimentos em casa enquanto há tempo, mesmo sendo iniciante produza alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos e fique preparado para o colapso...COMPRAR AGORA!