Os 9 principais sinais de que os brasileiros vivem em um estado opressor

Os 9 principais sinais de que os brasileiros vivem em um estado opressor

Quem desistiria da essencial Liberdade, para comprar um pouco de segurança temporária, não merece liberdade nem segurança." - Benjamin Franklin

Há quem pense que as pessoas acreditam que certos tipos de mudança são necessários para a sobrevivência moderna deste país. Neste tempo de possibilidades ilimitadas e imprevistas, essa afirmação é inevitavelmente verdadeira. No entanto, essa incerteza é usada para impor restrições desnecessárias ao povo. Essas restrições colocaram as pessoas em um caminho perigoso, retirando-a lentamente daquilo que antes era a única ambição daqueles que se propunham a libertar os oprimidos: a liberdade.

Aqui estão 9 sinais de que o Brasil é agora um Estado Policial.


1. Existem câmeras em todos os lugares


Você não pode ir a lugar algum hoje sem que o estado de Big Brother de vigilância te filme. Desde os semáforos até o caixa eletrônico, cada movimento que você faz é observado e documentado em banco de dados. Não sei você, mas não me lembro de votar para ter essas infiltrações na nossa privacidade. Elas simplesmente apareceram, sobre a demanda de supostamente para nos proteger e dar segurança, no entanto, não é bem assim que funcionam. No que diz respeito à regulamentação, não há. Nosso governo pode acessar esses feeds de informações sobre você a qualquer momento, por qualquer motivo, desde que seja uma questão de segurança nacional. O que tenho certeza de que sempre é.

2. Denunciantes sendo selecionados


A Guerra em querer moldar o pensamento da sociedade estar em andamento, algo, como os "verificadores de fatos"/ ou "policia do pensamento", pensando pela sociedade, e policiando o que pensar, e no que acreditar, como si as pessoas fossem inertes a pensar por si só. Isso realmente está levando a sociedade se voltar apenas no que diz os políticos e a grande mídia, que são pagos por corporações e políticos para falar o que lhes convém, assim moldar, e condicionar a opinião pública.

Assim como o Egito e a Arábia Saudita, que entraram em ação com leis de censura sobre o pretexto de evitar o terrorismo, assim está acontecendo aqui no Brasil, sobre o discurso de ódio e de combate a "notícias falsas", está sendo usado para silenciar todo tipo de opinião, principalmente aqueles que se opõem à agenda globalista, política e de cronogramas de vacinação em massa. Existem pessoas, como Edward Snowden , que estão lutando pelos direitos dos outros à custa de si mesmo, sendo traídas como traidoras quando, na realidade, são os verdadeiros patriotas de hoje.

3. Seu voto não importa mais


Apesar de todas as evidências de que essas máquinas são construídas para serem adulteradas, as máquinas de votação por tela sensível ao toque continuam a ser usadas, pois, essa violação óbvia de segurança é propositalmente ignorada. Durante anos, os pesquisadores se manifestaram sobre as muitas falhas incorporadas nessas máquinas. Eles encontraram maneiras de rejeitar as cédulas, trocar votos ou, por exemplo: aceitar 50.000 votos de uma delegacia com apenas 100 eleitores. Pergunte a si mesmo se o seu voto ainda conta.

4. As notícias apenas dizem o que elas querem que você ouça


Não é segredo que a grande mídia não é mais, uma imprensa imparcial que era antes. Infelizmente, isso é algo que nós, espertos o suficiente pode perceber, outros acabam aceitando. Há aqueles que, sem pensar, permitem que suas decisões sejam tomadas por eles, seja qual for a história unilateral que escolherem acreditar, mas eles já estão perdidos. Quando é preciso confiar nos meios de comunicação alternativos do mundo para procurar a verdade por trás das mentiras, torna-se óbvio que nossa nação é muito diferente da maneira como eles querem que a vejamos.

5. A perda da liberdade de expressão


A última coisa que o governo quer é que aqueles de nós vejamos o que está por vir. Eles trabalharam muito e muito duro para manipular secretamente a população em geral, sentindo que precisavam de mais proteção, o que, por padrão, significa uma perda das liberdades cotidianas. Então, vemos pessoas como Adam Charles Kokesh um ativista anti-guerra estadunidense, autor do livro Freedom! Um veterano condecorado da Guerra do Iraque, Adam passou a depreciar a guerra e defender a resistência não-violenta ao poder (que, segundo a admissão, tem métodos extremos) sendo preso pela polícia e encarando pena de prisão, ainda assim, se ainda sentimos que a Declaração de Direitos tem mais algum significado verdadeiro, ele não violou nenhuma lei.

A questão aqui é se uma pessoa expressa sua opinião contrária a narrativa do estabelecimento sistêmico, e pessoas o aderiram, e compartilham nas redes, logo é rotulado de notícias falsas, e assim é ridicularizado e penalizado pelo Estado, e em casos mais extremos até preso, por expressar não uma notícia, mas uma opinião, no qual aparentemente a liberdade de expressão permite. Como tenho dito, a liberdade de expressão está sendo substituída, pela frase notícias falsas, para desacreditar informações que, na verdade, possuem seu grau de relevância e sabedoria, no qual, contrariam o que políticos e a elite governante não quer que as pessoas saibam, infelizmente. Recomendado para você: A liberdade de expressão acabou?: Então seremos criminalizados por falar a verdade

6. O governo monitorando seu telefone e localização


Acho que esse tópico nem precisa ser explicado, mas continuarei para aqueles que vivem embaixo da matrix encontre a luz. Não se engane o Governo brasileiro, já decretou uma ferramenta gigantesca, para espionar todos os cidadãos Brasileiros inocentes, ou não. Além disso, recentemente foi declarado monitoramento de todos os celulares dos brasileiros por conta do coronavírus COVID-19. Mesmo que isso possa parecer uma surpresa para a maioria de vocês, é algo que estar acontecendo o tempo todo, o Google, por exemplo, está silenciosamente registrando tudo o que fazemos, das conversas que temos pelo telefone, de textos, vídeos, áudios, que enviamos e criamos através dos celulares, computadores, até mesmo câmeras de vigilâncias, TVs inteligentes, e muito mais. Como se isso não bastasse, eles estão acompanhando nossos movimentos e registrando todos os lugares que visitamos

7. Uma guerra sem fim


Uma grande bandeira vermelha é a Guerra ao Terror ou a Guerra às Drogas. São guerras com objetivos ambíguos que nunca podem ser totalmente alcançados. Sempre haverá outro passo ou outra ameaça. Essas guerras perpétuas nunca terminarão, nem deveriam. Eles foram fabricados para justificar supostas medidas temporárias, como: gastos maciços do governo, espionagem de cidadãos, suspensão de liberdades civis e expansão militar maciça.

8. Perdas de direitos "temporárias"


O Ato Patriota, da mesma maneira que as guerras mencionadas acima, nunca foi para ser temporário, como nos disseram. É exatamente assim que quase todas as regras totalitárias da história começaram. É-nos dito que uma medida extrema é necessária para a proteção, ou qualquer que seja a razão, por exemplo: medidas emergências em nome de combater uma pandemia: e isso pode significar uma perda de certas liberdades (também indefinidas) que serão aparentemente temporárias. Coloque-o apenas até que a ameaça termine. Agora, muitos anos depois, a chamada Lei do Patriota é mais forte do que nunca, assimilada em todos os aspectos da ação governamental.

9. Campos de Prisão


As subsidiárias da Halliburton receberam quase US $ 400 milhões para construir centros de detenção nos Estados Unidos, com o objetivo de “novos programas” não especificados. Não há outra explicação para os centros de detenção - eles são construídos para deter. No Brasil, existem vários, mas além dos tais, possuem campos de detenção disfarçados de campos de futebol nas maiores capitais brasileiras. No entanto, esses campos, podem ser usados em caso extremo, ou no caso de uma pandemia severa à ser vacinados, ou quarentena forçada.
.
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram

Talvez você goste